Manhattan: mapa, o que fazer, onde ficar e onde comer

manhattan

Falar sobre Manhattan é sempre algo muito abrangente.

É possível contar a história da ilha desde o descobrimento pelos holandeses ou focar nas informações mais importantes para ajudar quem vai viajar e precisa conhecer sobre o distrito de Nova York.

No caso desse post, você vai encontrar tudo que precisa saber sobre Manhattan com dicas de bairros, o que fazer, onde ficar e onde comer. Um verdadeiro guia sobre a Big Apple.

Leia também: mapa de Nova York

 


MANHATTAN EM NOVA YORK


manhattan

Devido a sua importância, um erro comum é confundir Manhattan com a cidade de Nova York. Só que há uma grande diferença.

A começar que New York City é composta por cinco boroughs:

Manhattan
Brooklyn 
Queens
– Bronx
– Staten Island

Ou seja, a ilha de Manhattan é só um borough e nem é o maior de todos. O Queens é considerado o maior distrito de Nova York e é cinco vezes maior.

Já o Brooklyn, com mais de 2,5 milhões de pessoas é o distrito mais populoso. São mais de 1 milhão de moradores a mais do que a sua vizinha, separada apenas pela Brooklyn Bridge.

As comparações entre os boroughs podem até existir, porém não há como negar que Manhattan é o local mais importante da cidade, onde tudo acontece e visitada por todos os turistas que vão para Nova York.

Passeio guiado pelo Bronx, Queens e Brooklyn

 


Mapa de Manhattan


Basicamente, o distrito de Manhattan é dividido em três partes:

Upper Manhattan


manhattan

Face norte da ilha que engloba o Upper West Side e Upper East Side e o Harlem, além de outros bairros. É considerada uma das áreas mais residenciais de Manhattan. 

Principais pontos turísticos de Upper Manhattan:

Central Park
Museu de História Natural
The Metropolitan Museum of Art
Solomon R. Guggenheim Museum
Harlem

 


Midtown Manhattan


manhattan

Midtown é onde tudo acontece em Nova York. Na região central estão concentradas as principais atrações, hotéis, restaurantes e lugares para os visitantes conhecerem na cidade.

Principais pontos turísticos de Midtown Manhattan:

Empire State Building
Times Square
Rockefeller Center
Quinta Avenida
Herald Square
Bryant Park
Grand Central Terminal
Biblioteca Pública de Nova York
ONU | Sede das Nações Unidas
MoMa | Museu de arte moderna
Madison Square Garden
The High Line
The Vessel | Hudson Yards
Chelsea Market

 


Lower Manhattan


manhattan

Também conhecida como Downtown, a região sul de Manhattan é muito movimentada por homens e mulheres que trabalham no centro financeiro de Wall Street.

Foi nessa área que a cidade foi fundada, em 1624, e começou sua expansão para outros cantos, até se transformar na mais poderosa capital do mundo.

Principais pontos turísticos de Downtown Manhattan:

Financial District | Wall Street
Charging Bull | Touro da bolsa de valores
Museu Nacional do 11 de Setembro
One World Observatory | Prédio mais alto da cidade
The Oculus | Estação de trem e shopping center
Cruzeiro para a Estátua da Liberdade
Brooklyn Bridge | Ponte do Brooklyn
Stone Street | Primeira rua pavimentada de NY
SoHo
Chinatown

 


Tour em português para conhecer Manhattan


manhattan

Para saber mais um pouco mais sobre Manhattan, recomendo incluir no roteiro um passeio guiado em português cheio de curiosidades e histórias das principais atrações.

Ideal para quem tem pouco tempo em Nova York, o tour ajuda muito a ter uma visão geral dos pontos turísticos, sem se preocupar com deslocamento.

Todo passeio é realizado de carro, com paradas estratégicas para tirar fotos, e acompanhado por um guia credenciado em português para tirar dúvidas e tudo mais.

As saídas acontecem todas às segundas, quartas e sextas do hotel ROW NYC, localizado próximo da Times Square. O tour tem duração aproximada de 4 horas.

As reservas são realizadas em reais e parcelamento até 6 vezes sem juros.

Clique aqui para mais informações e reservas

 


Manhattan é perigoso?

manhattan

Com quase 2 milhões de habitantes, o borough de Manhattan é um dos mais seguros e também um dos mais bem vigiados da cidade de Nova York.

O turista pode utilizar o transporte público, caminhar pelas ruas, conhecer os principais pontos turísticos e aproveitar tudo que há de melhor.

Como qualquer cidade grande, alguns cuidados são importantes apenas para se resguardar de oportunistas:

– Não aceite ajuda de estranhos para comprar o bilhete do metrô;
– Se tiver dúvidas, faça a compra do METROCARD diretamente na bilheteria;
– A recomendação é a mesma nos caixas eletrônicos para sacar dinheiro;
– Nunca adquira ingressos de atrações de “vendedores” nas ruas;
– Tenha cuidado ao tirar fotos com os bonecos fantasiados da Times Square;
– Atente-se com o celular no bolso e bolsas. Os pickpockets – ladrões de carteiras – são rápidos e tem as mãos leves.

Leia também: evite furadas na Times Square

 


O QUE FAZER EM MANHATTAN


manhattan

Você sabia que mais de 800 línguas diferentes são faladas em Manhattan? 

Esse mix nacionalidades transforma a ilha em um polo cultural único no mundo. Um mundo dentro de uma cidade!

Seus museus, atrações, restaurantes e tudo mais são pontos de encontros das mais diversas nacionalidades, em um atmosfera única.

Outra curiosidade é que mais de 90% das atividades turísticas estão localizadas em Manhattan, de fácil acesso de transporte público ou até mesmo a pé. Por isso, o distrito é tão importante para Nova York.

Leia também: o que fazer em Nova York

 


Principais atrações para visitar em Manhattan


manhattan

Para um turista de primeira viagem, é recomendado reservar no mínimo de 5 a 7 dias para conhecer apenas os lugares mais visitados e, ainda assim, vai precisar retornar em outra viagem para conhecer o que deixou para trás.

A dica é preparar um roteiro dividido por dias, para aproveitar melhor o deslocamento  e visitar o máximo de lugares que conseguir, de forma mais simples e econômica.

O mapa abaixo tem as principais atrações de Manhattan.



Central Park

manhattan

O maior parque de Manhattan é o principal refúgio de moradores e turistas que encontram na imensa área verde um lugar de descanso e atividades ao ar livre.

Visita obrigatória, o Central Park é atração recomendada em qualquer época do ano.

Leia também: 20 atrações no Central Park

 


Museu de História Natural

Museu Americano de História Natural

Muito famoso pelos cenários do filme “Uma Noite no Museu”, o American Museum of National History possui um dos maiores acervos de história natural do mundo.

Destaque para a exposição de fósseis de dinossauros com exemplares únicos, além de outros pavilhões que mostram a evolução da espécies ao longo de milhares de anos.

Leia no blog: Museu de História Natural

 


The Metropolitan Museum of Art

metropolitan museum of art

Localizado ao lado do Central Park, The Met é um dos principais museus de arte do mundo. Seu acervo é gigantesco, para ficar dias lá dentro.

As exposições sobre a Egito e a Grécia são espetaculares. Fora isso, o museu é famoso pelo grande acervo de armas e armaduras da era medieval. 

Leia no blog: The Metropolitan Museum of Art

 


Harlem

harlem

O Harlem é o berço da música norte-americana, principalmente por causa do lendário Apollo Theater e seu show de calouros, o qual revelou ao mundo Aretha Franklin, Michael Jackson, Billie Holiday, Diana Ross, James Brown e outros grandes nomes da música.

Além disso, o bairro tem outras atividades importantes como igrejas com corais gospel, restaurantes tradicionais, casas de shows e muito mais.

Leia no blog: roteiro no Harlem

 


Times Square

manhattan

Parada obrigatória, a Times Square recebe mais de 300 mil turistas todos os dias. Não é por menos, é nela onde tudo acontece!

São tantas coisas para fazer em apenas um lugar que é muito fácil perder dias nos restaurantes, lojas e atrações do espaço mais iluminado de Nova York.

Leia no blog: o que fazer na Times Square

 


Musicais da Broadway

manhattan

Broadway (via larga) é a maior rua de Manhattan.

Sua extensão de 13km corta o distrito de Lower Manhattan até Upper Manhattan. Mas sua fama está concentrada entre as ruas 42th e a 51th St.

Entre essas ruas estão localizados os 40 teatros profissionais, com apresentações diárias, dos musicais mais assistidos do mundo. 

Leia no blog: melhores musicais da Broadway

Todos os anos são mais de 13 milhões de espectadores para prestigiar as grandes produções com faturamento de mais de 1,5 bilhão de dólares/ano.

Não tem jeito, incluir um musical da Broadway precisa de planejamento, visto que estão sempre lotados e os ingressos não são baratos, mas a experiência vale cada centavo do investimento.

Clique aqui para ingressos em reais e parcelado

 


Bryant Park

manhattan

Esse pequeno parque de Midtown é um verdadeiro tesouro de Manhattan. 

No verão, o gramado tem várias atividades ao ar livre, destaque para o cinema ao ar livre e totalmente gratuito.

Já no inverno, o gramado dá espaço para a única pista de patinação no gelo totalmente gratuita de Manhattan. Só precisa pagar o aluguel dos patins.

Além disso, o Bryant Park conta com uma linda fonte, monumentos importantes e diversos restaurantes. Imperdível!

Leia no blog: Bryant Park em Nova York

 


Grand Central Terminal

manhattan

Fundada em 1903, o belíssima Grand Central Terminal é ainda considerado a maior estação de trem do mundo com 44 plataformas e 67 linhas para atender todo o estado de Nova York.

Os números enormes não param por aí. Estimativas informam que mais de 67 milhões de passageiros utilizam o terminal de trem todos os anos.

Fora isso, o Grand Central é muito famoso por servir de cenários de diversos filmes. Destaque para Madagáscar, Os Vingadores, Homem Aranha e MIB – Homens de Preto e muito mais.

Por essas e outras, a estação de trem está na lista de prioridades do que fazer em Nova York.

Leia no blog: dicas do Grand Central Terminal

 


Radio City Music Hall

radio city music hall

Fundada em 1932, a casa de espetáculos, localizada ao lado do Rockefeller Center, é uma das mais tradicionais dos Estados Unidos.

Com decoração espetacular, dos tempos de ouro dos teatros americanos, além de shows importantes, o Radio City é muito famoso pela apresentação do Christmas Spectacular, musical natalino estrelado pelas dançarinas The Rockettes com apresentações diárias de novembro a final de dezembro.

Leia no blog: Radio City Music Hall em Nova York

 


Madison Square Garden

madison square garden

Casa de grandes shows e espetáculos, a arena é conhecida como “meca” do basquete, pela importância que representa para o esporte.

Visita obrigatória para assistir um evento esportivo, o Madison Square Garden tem um calendário bem movimentado de outros esportes e apresentações musicais.

Caso não tenha nenhum evento nos dias da sua viagem, recomendo fazer um tour guiado pelos bastidores para conhecer mais sobre a história, visitar os vestiários e andar por áreas exclusivas da arena.

Leia no blog: dicas sobre o Madison Square Garden

 


Empire State Building

manhattan

Todos os anos são lançados novos arranha-céus modernos e tecnológicos, mas nada tira o brilho do clássico Empire State Building.

Um dos maiores símbolos de Nova York resiste ao tempo e o seu observatório ainda é uma das atrações mais procuradas pelos turistas.

As filas costumam ser enormes, por isso recomendo programar a visita com antecedência para subir no observatório em horários alternativos, já que a atração fica aberta das 8h até as 2h da manhã.

Leia no blog: dicas sobre o Empire State Building

 


Rockefeller Center

manhattan

Localizado na Quinta Avenida, o Rockefeller Center é famoso pelas diversas atrações, lojas de grandes marcas, restaurantes tradicionais e a pista de patinação no inverno.

No verão, o mesmo local da pista recebe as instalações de um restaurante à céu aberto. Imperdível para curtir os dias mais quentes.

É quase impossível visitar Nova York sem conhecer o complexo do Rockefeller Center, um dos mais luxuosos e completos da cidade.

Leia no blog: o que fazer no Rockefeller Center

 


Top of the Rock

rockefeller center

O observatório do Top of the Rock é um dos grandes destaques do complexo do Rockefeller Center e também uma das atrações mais procuradas pelos turistas em Manhattan.

Conhecido como 30 Rockefeller Plaza, o edifício do observatório não é tão alto em comparação às demais construções vizinhas, porém sua localização é muito estratégica.

A atração tem um deque de observação 360 graus com vista para o Central Park e do outro lado vista limpa para o Empire State, One World Observatory e até a Estátua da Liberdade.

Leia no blog: dicas sobre o Top of the Rock

 


The High Line

high line park

Um dos parques mais visitados em Manhattan, foi idealizado a partir de uma antiga linha de trem abandonada e até então sem muita utilidade.

Hoje em dia, o parque suspenso The High Line é uma das atrações mais visitadas e está no roteiro das atrações imperdíveis em Nova York.

O espaço tem extensão de um pouco mais de 2km, mas é muito fácil de caminhar e aproveitar as diversas intervenções urbanas aos arredores.

Leia no blog: dicas sobre The High Line

 


Chelsea Market

manhattan

Chelsea Market é um espaço com dezenas de opções gastronômicas, construído na antiga fábrica da Nabisco, onde foi criado e produzido pela primeira vez o biscoito OREO.

Histórias à parte, o mercadão é realmente espetacular! Tem restaurantes de culinária italiana, mexicana, alemã, oriental e etc., ideal para comer bem e economizar.

Localizado no bairro do Chelsea, o food hall pode ser combinado com o passeio do parque suspenso The High Line.

Leia no blog: Chelsea Market em Nova York

 


The Vessel | Hudson Yards

the vessel

O complexo do Hudson Yards é uma das novidades em Manhattan. 

Localizado na 34th Street com a 11th Avenue, às margens do Hudson River, a construção gerou muita expectativa pelas diversas atividades.

Destaque para a atração The Vessel, escultura com escadarias para subir do jeito que preferir e, assim, explorar os diversos ângulos para fotos.

Fora isso, o Hudson Yards tem um shopping completo com grandes marcas e restaurantes. Em pouco tempo, já virou um lugar imperdível de conhecer.

Leia no blog: The Vessel no Hudson Yards

 


Soho

soho em nova york

Prédios baixos com escadas  de emergência externas, ruas de paralelepípedos e muitas coisa para fazer, essa é uma breve definição do bairro do Soho em Manhattan.

O distrito histórico é famoso pelas lojas no estilo boutique de grandes marcas e muitos restaurantes para atender todos os gostos.

Passear, comer e fazer compras pelo SoHo é um passeio imperdível.

Leia no blog: compras no bairro do SoHo

 


World Trade Center

world trade center em nova york

Após o atentado no dia 11 de setembro, os arredores do World Trade Center foi afetado gravemente, além de marcar para sempre a história de Manhattan.

Após muitos anos em construção, o complexo foi revitalizado com muitas atividades. Destaques para o Museu do 11 de Setembro, monumento Groud Zero em homenagem às vítimas dos atentados, a estação de trem The Oculus, além de diversos restaurantes e atrações para os visitantes.

Leia no blog: o que fazer no World Trade Center

 


One World Observatory

manhattan

Uma das atrações mais interessantes para fazer no World Trade Center é visitar o observatório do prédio mais alto do hemisfério norte.

Com 1.776 pés de altura, mesmo número da data da independência dos EUA, o One World é espetacular em todos os sentidos.

Destaque para a interatividade com o visitante desde a entrada até a chegada no 102 andar, onde fica o tecnológico observatório.

A atração é ideal para conhecer em qualquer época do ano, porque tem o privilégio de ser totalmente fechado por vidros e climatizada, longe do frio do inverno e do calor do verão.

Leia no blog: dicas do One World Observatory

 


Museu do 11 de Setembro

world trade center em nova york

Outro destaque do complexo do World Trade Center é o Museu do 11 de setembro, criado em homenagem às vítimas dos atentados às Torres Gêmeas.

Com acervo gigantesco de ruínas, fotos, vídeos e artigos da época, o museu mantém uma curadoria muito respeitosa das quase 3 mil vítimas que estavam nos prédios ou nos arredores durante os ataques terroristas.

A construção do museu fica exatamente embaixo das estruturas das antigas torres. Uma memória viva para lembrar e nunca esquecer do fatídico dia 11 de setembro de 2001.

Leia no blog: Museu do 11 de Setembro

 


Wall Street

wall street

Ao caminhar pela região da Wall Street é possível observar o contraste dos prédios históricos e ruas estreitas com as novas construções tecnológicas.

É no distrito financeiro que estão o Touro de Bronze, a Bolsa de Valores, a Stone Street (primeira rua pavimentada da cidade), entre outras atrações bem interessantes.

Leia no blog: o que fazer na Wall Street

 


Estátua da Liberdade

coroa da estatua da liberdade

A Estátua da Liberdade é um dos maiores símbolos dos Estados Unidos.

Localizada na pequena Liberty Island, a 20 minutos de Manhattan, o monumento é a atração mais visitada pelos turistas e com acesso apenas por meio do ferry oficial da Statue Cruises.

Com saídas do Battery Park, o passeio de barco é muito agradável e deve estar no roteiro de todos que vão visitar Nova York.

Leia no blog: dicas sobre a Estátua da Liberdade

 


CHIP T-MOBILE | INTERNET ILIMITADA

Compre o chip no Brasil com desconto de 10% e chegue nos EUA com internet ilimitada no celular. Utilize o cupom: DICASNOVAYORK
 

Como economizar nas atrações em Manhattan


manhattan

Tanta coisa para fazer, logo vem aquela preocupação de quanto gastar em uma viagem para Nova York. A boa notícia é que muitas das atividades citadas são gratuitas, ou seja, é possível conhecer sem pagar nada.

Destaques para:

– Times Square
– Grand Central Terminal
– Central Park
– Bryant Park
– The High Line
– The Vessel | Hudson Yards

Leia no blog: o que fazer de graça em NY

As demais atrações mais famosas necessitam de ingresso para visitá-las, de preferência adquiridos antecipadamente para evitar filas nas bilheterias.

As atrações pagas mais procuradas são:

– Empire State Building
– Top of the Rock
– One World Observatory
– Museu de História Natural
– Museu do 11 de Setembro
– The Metropolitan Museum of Art
– Estátua da Liberdade
– Musicais da Broadway

Com exceção dos espetáculos da Broadway, as demais atrações tem a vantagem de estarem incluídas nas atividades dos passes de atrações.

Famosos em Nova York, os passes turísticos proporcionam economia de dinheiro e tempo, visto que os ingressos combinados são mais baratos em comparação aos vendidos nas bilheterias e muitas atrações disponibilizam filas especiais para “furar filas” que costumam ser enormes.

Leia no blog: passes de atrações em Nova York

 


ONDE FICAR EM MANHATTAN


manhattan

Procurar um hotel em Nova York não é uma tarefa fácil. É o momento que mais demanda tempo e paciência para o viajantes. Não por falta de opções e sim pelos valores das diárias.

Manhattan é um dos lugares mais caros para se hospedar, mesmo assim é onde 90% dos turistas procuram hotéis, visto que a grande maioria das atrações está localizada na ilha.

A recomendação é começar a procura com 6 meses de antecedência ou logo após fechar a passagem aérea, para não ter surpresas com os valores.

Leia também: guia de bairros de Manhattan

 


Hotéis em Manhattan


manhattan

Manhattan tem mais de 75 mil quartos de hotéis para oferecer aos turistas com valor médio da diária de $170 dólares + taxas e impostos.

Dificilmente encontrará um hotel na ilha abaixo dessa média. Principalmente se a viagem está programada entre os meses de maio e dezembro, alta temporada na cidade.

Atente-se também cobrança da taxa de resort. Muitos hotéis localizados entre a Times Square e o Central Park cobram essa taxa adicional após o check-out.  O valor pode variar entre $20 a $40 dólares por noite.

Os hotéis mais recomendados em Manhattan são:

Hotel Edison
ROW NYC
RIU Plaza New York
The Hotel @ Times Square
Travel Inn Midtown Manhattan
The Hotel @Fifth Avenue
Holiday Inn Express – Times Square
Hilton Garden Inn – Times Square
Empire Hotel
Hampton Inn Madison Square Garden
Novotel Times Square
The Gallivant
Pod Times Square
Yotel New York
Crowne Plaza Times Square
Hilton Garden Inn | Central Park South
The Watson
The New Yorker, A Wyndham Hotel
Element Times Square

Leia também: hotéis mais reservados em NY

 


Vale a pena ficar em Manhattan?


manhattan

Sem dúvidas! O investimento na localização vale a pena. Ideal para quem vai viajar pela primeira vez a Nova York e pretende ficar menos do que 7 dias na cidade.

A dica é procurar uma hospedagem com antecedência, porque nos EUA funciona a lei da oferta e da procura, ou seja, quanto maior a demanda, maior o preço.

Para ajudar, os hotéis indicados na lista acima são os mais reservados, ou seja, são aqueles os quais os turistas têm mais afinidades, pelos valores das diárias, localização e conforto.

Leia também: hotéis sem taxa de resort em NY

 


ONDE COMER EM MANHATTAN


manhattan

Em Manhattan existem mais de 24 mil opções gastronômicas entre restaurantes, bares, lanchonetes e etc., isso sem contar Brooklyn, Queens, Bronx e Staten Island.

Essa quantidade de locais para comer proporciona diversas experiências com culinárias do mundo inteiro. É uma verdadeira viagem gastronômica sem sair de Nova York.

Os restaurantes mais procurados em Manhattan são:

 

5 napkin burger
Hambúrguer

Shake Shack
Five Guys
5 Napkin Burger
Spotted Pig
– Bareburger

Leia também: hambúrgueres imperdíveis de NY

 


artichoke
Pizza

Artichoke
Eataly | Flatiron
– Joe’s Pizza
– Lombardi’s Pizza
– Prince Street Pizza
– Grimaldi’s 

 


asiate
Brunch – finais de semana

– Sarabeth’s 
– Balthazar
Tavern on the Green
Asiate
– Catch

 


juniors cheesecake
Café da manhã

Junior’s Restaurant
Le Pain Quotidien
Ellen’s Stardust Diner
– Prêt a Manger
– Dean & Deluca
Au Bon Pain

Leia também: café da manhã em Nova York

 


carmine's
Restaurantes diversos

Carmine’s – culinária italiana
Tony’s Di Napoli – culinária italiana
Tavern on the Green – culinária americana / contemporânea
– Balthazar – culinária francesa
Boqueria – culinária espanhola
Raclette – culinária suíça
Kat’z Deli – tradicional sanduíche de pastrami
Fig & Olive – cozinha contemporânea
Max Brenner – especializado em chocolate | cozinha americana
Brazil Brazil 46 – culinária brasileira

Leia no blog: 10 restaurantes na Times Square

 


manhattan
Food Halls | opções variadas

The Plaza Food Hall
Urbanspace Vanderbilt
Eataly Flatiron
City Kitchen
Chelsea Market
The Pennsy Food Hall
Mercado Little Spain

Leia no blog: food halls em Nova York

 


Quanto custa comer em Manhattan?


juniors cheesecake

Manhattan é uma cidade acessível para todos os bolsos e paladares.

Pela correria do dia a dia é muito difícil parar para o café da manhã, almoço e jantar, conforme manda o figurino.

Por isso, muitas vezes a primeira refeição é a mais importante, na qual vai gastar um pouco mais para reforçar os gastos calóricos da caminhada do dia.

É possível tomar café da manhã por menos de $10 dólares ou fazer a mesma refeição por mais de $200 dólares, tudo depende do seu orçamento.

Costumo recomendar a reserva de $60 a $100 dólares por dia para refeições e também os eventuais gastos com lembrancinhas e etc. 

Também é possível gastar em média $50/dia com comida, no modo mais econômico. Para isso, inclua food halls e lugares mais acessíveis, sem necessidade de sentar à mesa ou oferecer gorjetas.

 

 


Manhattan em Nova York


manhattan

Esse post é apenas um guia rápido do que fazer em Manhattan.

Deu para perceber que mesmo assim é necessário mais do que uma viagem para conhecer tudo que Manhattan tem de atrações e atividades.

Não importa quantos dias vai ficar na cidade, a dica é planejar com antecedência e montar um roteiro dividido por dias para ajudar a economizar tempo e dinheiro. 

No blog tem muitas mais dicas e informações para ajudar.

Caso tenha alguma dúvida, deixe um comentário.

🙂


PLANEJAMENTO DE VIAGEM

INGRESSOS: entrada para as principais atrações em reais e 6 vezes sem juros.

CHIP EUA: compre no Brasil com 10% de desconto. Cupom DICASNOVAYORK

SEGURO VIAGEM: faça uma cotação e contrate o seguro com 5% de desconto.

HOSPEDAGEM: lista dos hotéis mais reservados pelos brasileiros em Nova York.


Jornalista de formação e apaixonado por esportes americanos.O Dicas Nova York é o seu espaço para compartilhar informações e experiências, para que todos conheçam a Big Apple de um jeito diferente e descontraído.

6 Comments

  • Responder outubro 30, 2019

    Camila Ximenes

    Fábio, estou de viagem marcada para NY para fevereiro de 2020. Obrigada pelo blog e principalmente por esse post! Muito detalhado e abriu minha mente quanto a localização dos pontos em manhattan!

    • Responder novembro 1, 2019

      Fabio Angheben

      Olá Camila, tudo bem?

      Que demais! Fico feliz em saber que as minhas dicas estão ajudando.

      Espero que sua viagem seja incrível e conte com o blog sempre.

      Obrigado.

  • Responder agosto 21, 2019

    Roger Carbel

    Fábio, como vai, td bem?
    Queria deixar registrado aqui meu agradecimento, pois retornei de NY semana passada sendo q toda minha viagem foi planejada através do seu site e foi td perfeito… O hotel, as atrações com o NY City Pass, o t-mobile que funcionou perfeitamente, emfim… minha viagem só foi possível por causa do seu blog e de suas dicas…
    Muito obrigado por td e sucesso!

    • Responder agosto 22, 2019

      Fabio Angheben

      Olá Roger, tudo bem?

      Que mensagem incrível! Muito obrigado por confiar nas minhas dicas.

      São retornos como o seu que dão mais motivação para continuar o blog.

      Agradeço demais por fazer do blog seu guia de viagem para Nova York.

      Conte comigo sempre.

      Obrigado.

  • Responder julho 17, 2019

    Roger Carbel

    Oi Fábio, olha eu aqui outra vez..rs. Viajo daqui a 20 dias e estou tirando todas as duvidas que ainda restam…
    Se puder me ajudar mais uma vez, agradeço. Viajarei sozinho, ficarei em Manhattan por uma semana e vou fazer pelo menos os 10 passeios mais importantes. Como vou andar muito e estarei longe do hotel, vou estar o tempo todo com uma mochila, basicamente com uma camera, um power bank (carregador de cel) e garrafinha de água dentro. Gostaria de saber se posso entrar nos principais monumentos e pontos turísticos portando a mochila (estatua da liberdade, Empire State, Rockfeller, museus, memorial 11/09 etc). Pq se não puder e não houver guarda volumes mesmo que pagos, será um empecilho pra mim. Uma outra duvida é em relação a banheiros… Pesquisando, não encontrei muitos banheiros públicos em Manhattan..(apenas um no Bryant Park e alguns no Central Park). Li que os estabelecimentos normalmente não permitem o uso do banheiro para não clientes….emfim… se tiver alguma dica tb nesse sentido, agradeço bastante.
    Obrigado e sucesso.

    • Responder julho 17, 2019

      Fabio Angheben

      Olá Roger, tudo bem?

      Sua viagem está chegando! 🙂

      Você pode andar com sua mochila, carregador, câmera e todas os itens básicos de sobrevivência para andar na cidade, sem problemas.

      Em todas as atrações sua mochila será vistoriada pelo procedimento de segurança, mas poderá entrar com ela, sem a necessidade do guarda-volumes.

      Quanto aos banheiros, existem muitas opções públicas e também pode utilizar de food halls, aqueles complexos de restaurantes, são vários espalhados pela cidade.

      As lojas da Starbucks e lanchonetes como Mc Donald’s também tem banheiro livre para utilização.

      Obrigado.

Leave a Reply