O que fazer em Nova York | Roteiro de atrações

o que fazer em nova york

O que fazer em Nova York é uma das maiores dúvidas de quem vai viajar para a Big Apple.

A cidade oferece milhares de atrações e atividades para conhecer em pouco tempo, que é quase impossível fazer tudo em apenas uma viagem.

O recomendado é começar o planejamento com meses de antecedência e, assim, conhecer quais são os principais pontos turísticos para fazer um roteiro de forma eficiente e aproveitar cada segundo da cidade que nunca dorme.

Nesse post, selecionei tudo o que fazer em Nova York, com todas informações e dicas sobre as atrações.

Leia também: hotéis mais reservados pelos brasileiros

 


O QUE FAZER EM NOVA YORK


o que fazer em nova york

A lista de atividades e atrações na Big Apple é gigantesca e pode ser dividida em:

  • Visitar os museus
  • Aproveitar os parques
  • Subir nos observatórios
  • Explorar os pontos turísticos
  • Conhecer os distritos e bairros
  • Visitar as ilhas e as praias aos arredores
  • Comer em lanchonetes e restaurantes
  • Aproveitar os eventos esportivos
  • Assistir os musicais da Broadway

Vou explicar cada item abaixo, para ajudar na programação do seu roteiro e para conhecer mais sobre o que fazer em Nova York.

Leia também: noções do mapa de Nova York

 


VISITAR OS MUSEUS


o que fazer em nova york

Nova York é uma das cidades com a maior quantidade de museus no mundo que proporciona uma verdadeira imersão cultural. No total são 83 museus e 32 deles estão localizados apenas em Manhattan.

Com exposições importantes para a história da humanidade e do mundo, visitar os museus faz parte do roteiro do que fazer em Nova York.

Os 10 museus mais indicados para visitar são:

Leia no blog: dicas para economizar nos museus

 


APROVEITAR OS PARQUES


o que fazer em nova york

Um dos centros urbanos com maior densidade demográfica do mundo, essa é Nova York, onde não há quase espaços para andar a pé, muito menos de carro, e cada vez mais vertical.

Nessas capitais do mundo, as áreas verdes são verdadeiros pulmões para deixar o ambiente mais saudável e, em Nova York não é diferente.

A cidade mantém mais de 1700 espaços que incluem parques, playgrounds, áreas de lazer e recreação para atividades de adultos e crianças.

Os parques estão sempre lotados e com muitas atividades, verdadeiros refúgios e válvulas de escape para fugir do caos do dia a dia.

parques de nova york

Entre os parques mais famosos de Nova York estão:

Essa é uma pequena amostra, porque existem muitos cantinhos especiais para descansar, praticar atividades esportivas, fazer piquenique e etc.

Leia no blog: Parques imperdíveis em Nova York

 


SUBIR NOS OBSERVATÓRIOS


o que fazer em nova york

Nova York tem mais de 6500 construções verticais, com altura acima de 35 metros, que formam o famoso skyline de Manhattan.

A cidade que não para de crescer nem um segundo, tem novos empreendimentos a cada ano, com construções gigantescas e cada vez mais altas.

O que fazer em Nova York com tantos prédios?  Curtir a vista de um observatório e aproveitar o visual único que eles proporcionam.

Em Nova York existem três observatórios mais visitados:

O One World, localizado no World Trade Center, é a construção mais alta de Nova York e assim vai permanecer, porque seus 776 pés de altura trata-se de uma homenagem a Declaração de Independência dos Estados Unidos, assinada em 04 julho de 1776.

Histórias à parte, não deixe de incluir um observatório (ou todos) na sua lista do que fazer em Nova York.

 


EXPLORAR OS PONTOS TURÍSTICOS


A cidade recebe milhões de turistas todos os anos e sabe muito bem cativar todos os tipos de públicos com centenas de lugares para visitação.

É quase impossível citar todos os pontos turísticos e o que fazer em Nova York, porém é muito fácil relacionar aqueles lugares que são figurinhas carimbadas dos turistas. Destaques para:

Leia também: principais atrações de Nova York

Desses principais pontos turísticos, alguns cobram ingresso, porém muitos deles podem ser conhecidos sem pagar nada e economizar.

Gastar muito em Nova York é outro mito que precisa cair, visto que a cidade tem muitas atividades gratuitas de acesso livre para todos os públicos, abertas o ano inteiro. Faça um planejamento com uma mescla de atrações pagas e gratuitas para aproveitar ainda mais.

Leia também: 40 atrações gratuitas em Nova York

 


CONHECER OS DISTRITOS E BAIRROS


A cidade de Nova York é dividida em cinco boroughs:

  • Manhattan
  • Brooklyn
  • Queens
  • Bronx
  • Staten Island

A grande maioria dos turistas visita apenas Manhattan, ilha onde está concentrada 90% das atrações e o que fazer em Nova York, porém tem muita coisa para fazer aos arredores da ilha.

O Brooklyn, por exemplo, é o distrito que mais cresce em número de turistas, com muitas atrações interessantes para conhecer e dedicar um dia do roteiro para explorá-las.

Leia no blog: travessia da Brooklyn Bridge

Não deixe também de visitar o bairro de Williamsburg, com muitas lojas, brechós e com a Smorgasburg, feirinha gastronômica realizada de abril a novembro.

Leia no blog: dicas sobre Williamsburg

Em Manhattan também existem diversos lugares, fora do circuito turístico da Times Square e do Central Park, que são muito interessantes para conhecer. Os meus destaques são para os bairros do Harlem | Chinatown | SoHo. Não deixe de visitá-los.

 


VISITAR AS ILHAS E PRAIAS


o que fazer em nova york

Manhattan é uma ilha cercada pelos East River e pelo Hudson River e essas características fazem do transporte fluvial, uma alternativa para locomoção.

Para os turistas são oferecidos diversos passeios de barcos, para conhecer os pontos turísticos de um outro ângulo. Imperdível!

Leia também: 10 passeios de barco em Nova York

o que fazer em nova york

Por muitas vezes, o ferry é o transporte mais eficiente – para não dizer único – para chegar em ilhas estratégicas como Staten Island, Liberty Island e Governors Island.

Para quem não conhece, a Liberty Island é onde está localizada a Estátua da Liberdade e é um dos passeios mais procurados pelos visitantes.

Leia no blog: visita à Estátua da Liberdade

Já a Governors Island é uma pequena ilha, a menos de 5 minutos de Manhattan, aberta apenas no verão e com diversas atividades durante os meses mais quentes do ano. Se você vai viajar entrar Maio e Setembro, coloque essa experiência no seu roteiro.

Leia no blog: dicas sobre a Governors Island

o que fazer em nova york

Um pedaço de terra bem famoso também é a Roosevelt Island, localizada entre Manhattan e o Queens, tem a característica de ser predominantemente residencial e muito charmosa.

O local tem recebido muitos turistas por causa da popularização do Roosevelt Island Tramway, um teleférico que dá acesso a ilha, e proporciona um passeio diferente, quase gratuito, porque o acesso é realizado por meio do bilhete do metrô (metrocard).

Leia no blog: teleférico da Roosevelt Island

Para quem gosta de areia e mar, precisa dar um pulinho nas praias do sul Brooklyn e visitar a península de Coney Island.

As praias tem fácil acesso de metrô, a menos de 1 hora de Manhattan, com diversas atrações para os turistas, inclusive o Luna Park, um dos parques mais antigos dos EUA.

Recomendo a visita de abril a outubro, quando todas as atividades estão abertas ao público e também quando as temperaturas estão mais elevadas para pegar uma praia.

Leia no blog: o que fazer em Coney Island

 


COMER NAS LANCHONETES E RESTAURANTES


Sabe aquele papo que Nova York é só hambúrguer e cachorro-quente? Não caia nessa!

A cidade é uma das capitais gastronômicas do mundo, com mais de 30 mil estabelecimentos com culinária de todos os países.

Quer comida italiana? Tem de monte! Quer experimentar comida vietnamita? Só de cabeça lembro de uns 5 restaurantes. Ou seja, não tem como comer mal em Nova York.

Claro que, as vezes, é preciso gastar um pouco mais para comer melhor, mas a diferença não é nada absurda.

Se um combo de hambúrguer e refrigerante custa $10 dólares, você encontrará um restaurante com comida de verdade por $12, tranquilamente.

O que não pode é deixar o estômago roncar para procurar algo para comer, porque quando estamos com fome o cérebro sempre vai pedir algo mais prático, ou seja, fast-food. Eu sou fã de lanchonetes, mas não passe todos os dias em Nova York com apenas um tipo de cardápio.

Importante é sempre planejar alguns restaurantes próximos da sua hospedagem e também das atrações que serão visitadas no seu roteiro, para evitar gastar dinheiro com comida ruim.

No blog tem muitas indicações de lugares para comer, os quais conheço pela cidade e faço questão de compartilhar para todos os leitores.

Leia no blog: restaurantes em Nova York

Minha dica é experimentar os restaurantes de Nova York, muitos são premiados internacionalmente pelo Guia Michelin, e tenho certeza que vai valer a pena essa experiência.

 


APROVEITAR OS EVENTOS ESPORTIVOS


A Big Apple é tão importante para os esportes que tem dois times nas principais ligas dos EUA, sem falar no privilégio de abrigar a arena mais famosa do mundo, o Madison Square Garden, onde aconteceram os principais eventos da história.

Essa representatividade nos esportes faz com que sempre tenha alguma partida em Nova York. Não importa o dia, mês ou época do ano.

Eu sou apaixonado por NBA, NFL, NHL e MLB. Por isso, recomendo a experiência de assistir um jogo de qualquer liga ao vivo. É realmente incrível e vale cada centavo.

Leia no blog: esportes em Nova York

Tudo isso não é exagero! Os Estados Unidos levam o conceito de entretenimento muito a sério, principalmente nos esportes, proporcionando muito entretenimento para os espectadores.

A cada intervalo tem dança das cheerleaders, arremesso de camisetas, shows musicais, câmera do beijo e etc. Fica até difícil levantar da cadeira para pegar uma pipoca.

Os times mais importantes de Nova York são:

NBA | Basquete

Leia no blog: basquete em Nova York

 


NFL | Futebol Americano

Leia no blog: futebol americano em Nova York

 


NHL | Hockey no gelo

Leia no blog: hockey no gelo em Nova York

 


MLB | Baseball

Leia no blog: baseball em Nova York

Faça o planejamento um evento esportivo, mas sempre com antecedência, porque os ingressos são muito procurados.

 


ASSISTIR OS MUSICAIS DA BROADWAY


Quando penso o que fazer em Nova York, logo vem à cabeça assistir um musical da Broadway.

Os espetáculos famosos mundialmente pela qualidade fazem parte das atrações mais visitadas da Big Apple.

A Broadway na verdade é apenas uma referência a rua mais longa de Manhattan, porque os 41 teatros estão localizados na região conhecida como “Theater District”, aos arredores da Times Square.

Todos os teatros que fazem parte do circuito da Broadway precisam ter mais de 500 assentos disponíveis e seguir outros critérios rigorosos para se enquadrarem no circuito. Por isso, você nunca vai assistir uma peça mais ou menos, sempre vai ser acima do esperado.

Os palcos de Nova York tem alguns musicais clássicos, em cartaz há muitos anos, sucesso de crítica e público, com ingressos concorridos em qualquer época do ano.

Leia também: melhores musicais da Broadway

Importante é sempre programar com antecedência para garantir um bom lugar no teatro e economizar nos ingressos.

A Broadway tem tanto cuidado com os visitantes internacionais que algumas peças oferecem um áudio-guia, com acompanhamento simultâneo na língua escolhida, para ajudar no entendimento.

Os principais espetáculos tem esse aparelho de tradução com áudio em português, para atender os brasileiros, uma das nacionalidades mais assíduas nos teatros de Nova York.

Leia no blog: shows da Broadway para brasileiros

 


A minha de lista de atrações chegou ao fim! Agora você já sabe o que fazer em Nova York, e não é pouca coisa.

O blog está repleto de dicas e atividades para ajudar no seu planejamento, sempre com novidades para todos os públicos.

Faça seu planejamento com antecedência e leia bastante sobre a cidade, para aproveitar ainda mais sua viagem.

Caso tenha alguma dúvida, deixe um comentário.

🙂

Jornalista de formação e apaixonado por esportes americanos. O Dicas Nova York é o seu espaço para compartilhar informações e experiências, para que todos conheçam a Big Apple de um jeito diferente e descontraído.

4 Comments

  • Responder agosto 20, 2018

    Mariana

    Minha nossa quanto mas eu leio mas encantada fico!!!! Que site!!! Que dicas!!

    • Responder agosto 20, 2018

      Fabio Angheben

      Uau Mariana, seu comentário fez minha semana ainda melhor!

      Muito bom fazer parte da sua viagem. 🙂

      Obrigado.

  • Responder agosto 10, 2018

    Ana Costa

    Olá, Fábio. Muito obrigada pelo seu blog. Estou amando ler as matérias e ver as dicas. Se for possível, gostaria de saber se, quando no valor dos ingressos das atrações são mencionados ” estudantes” isso inclui todos os estudantes estrangeiros ou somente os americanos?Obrigada,

    • Responder agosto 11, 2018

      Fabio Angheben

      Olá Ana Costa, tudo bem?

      Os ingressos são fornecidos com descontos para estudantes de escolas ou faculdades dos EUA, mediante comprovação.

      Obrigado.

Leave a Reply