Central Park: o que fazer, onde comer, mapa e dicas

central park

O Central Park é um dos parques urbanos mais famosos do mundo.

Cenário de centenas de filmes e séries, o espaço verde é um refúgio de moradores e turistas entre as centenas de edifícios no coração de Manhattan, em Nova York.

O parque oferece muitas atividades aos visitantes, em qualquer época do ano, o que faz do Central Park um dos pontos turísticos mais visitados em Nova York. 

Esse post é um verdadeiro guia sobre o Central Park com dicas do que fazer, atrações, mapas, curiosidades e muitas informações.

O que você vai encontrar nesse post:
Leia também: principais atrações de Nova York


História do Central Park


central park

Considerado o primeiro parque paisagístico dos Estados Unidos, o Central Park foi criado a partir de um projeto que custou $10 milhões de dólares, em 1850.

Frederick Law Olmsted, arquiteto responsável por transformar o terreno de 840 acres e 4 quilômetros de extensão da 59th Street a 106th Street, no parque urbano de Manhattan.

Na época, o terreno pantanoso e rochoso era lar de aproximadamente 1600 pessoas, todos despejados do local, inclusive um convento e uma escola que ocupavam o espaço.

O projeto, criado pelos ricos e poderosos da cidade, se transformou no primeiro processo de gentrificação registrado em Nova York. Desde então, algo comum na história da cidade.

A construção do parque foi um desafio muito grande para os arquitetos e engenheiros. 

Os terrenos pantanosos foram convertidos em lagos e muitas pontes foram criadas para servirem de passagem. Fora isso, as rochas impediam a construção plana de um parque.

A área foi totalmente construída e projetada quase do zero, inclusive a plantação das árvores que demoraram décadas para crescer. Hoje, o parque tem mais de 20 mil árvores.

central park

A primeira parte do parque foi aberta para o público apenas em 1857.

Em 1863, os magnatas da região compraram a área entre a 106th Street e 110th Street, na face sul do parque, localizada no bairro do Harlem para finalizar o projeto.

Por muito tempo, o parque foi apenas uma área frequentada pelos ricos moradores da região vizinha do Central Park. Somente no século XX, com o crescimento de Nova York, o oásis urbano começou a ser visitado por moradores de outras regiões da cidade.

Hoje, o Central Park é um espaço democrático frequentado por moradores e turistas, no coração de Manhattan e entre os prédios com os apartamentos mais caros do mundo.

Para quem gosta de história, recomendo visitar o Museum of the City of New York. Localizado no Upper East Side, o museu conta a história da cidade com fotos, exposições interativas e muitos documentos sobre a construção de Nova York.

O ingresso no museu custa $20. O valor da entrada é apenas sugerido, ou seja, é possível pagar o quanto quiser na bilheteria.

Leia também: museus em Nova York

 


Qual o tamanho do Central Park?


central park

O Central Park tem 4 quilômetros de comprimento e 800 metros de largura, em uma área de 840 acres, equivalente a 3,41 km².

O comprimento de 4 km não é muito para conhecer a pé. O problema é que internamente as ruas tem muitas curvas, isso aumenta a extensão e dificulta conhecê-lo na caminhada.

Além disso, o Central Park conta com dezenas de lugares para conhecer, em locais diferentes e distantes um dos outros. Melhor mesmo é consultar um mapa antes da visita.


Mapa do Central Park


É quase impossível conhecer o Central Park em apenas uma única visita.

O parque urbano é considerado um dos maiores de Nova York e, apesar de sua extensão praticamente plana, as ruas internas para pedestres não seguem uma linha reta.

O Central Park é tão grande e cheio de atividades que pode ser dividido em três partes:

– Central Park South

central park

Localizado entre as 59th Street e a 72nd Street. 

É a região mais visitada pelos turistas, devido às diversas atividades para os visitantes.

– Central Park Middle

central park

O miolo do Central Park é a maior área do parque e onde estão localizados os museus.

Os grandes lagos artificiais também se destacam. O mais visitado é o Jacqueline Kennedy Onassis Reservoir, com pista de corrida aos arredores de toda extensão do lago.

– Central Park North

central park

Localizada entre as 97th Street e a 110th Street, a face norte do Central Park é menos visitada pelos turistas e mais frequentadas pelos moradores da região.

Essa área do parque é mais preservada com lagos, jardins e até pequenas cachoeiras.

O mapa interativo abaixo foi criado pelo blog e tem as principais atrações do parque.

 

O site oficial do parque também oferece um mapa bem completo com indicações dos pontos de interesse para visitação.

 


Localização do Central Park


Localizado em Manhattan, entre os bairros do Upper West Side e Upper East Side, o Central Park tem início na 59th e término na 110th Street, no bairro do Harlem.

O espaço verde entre as centenas de arranha-céus aos arredores forma um desenho único na ilha de Manhattan. Muitas vezes, dentro do parque nem parece Nova York.

Museu Americano de História Natural

A grande maioria dos turistas programa conhecer o Museu de História Natural – na 81st Street – e, logo após a visita, descer a pé por dentro do Central Park no sentido norte-sul.

Essa é uma maneira de aproveitar o passeio pelas principais atrações do parque, localizadas na área central e finalizar no portão sul, próximo da Quinta Avenida e arredores.

Já quem pretende conhecer o parque rapidamente, pode escolher apenas as atividades do sul do parque, consideradas as mais visitadas pelos turistas.

Leia também: mapa de Nova York


CHIP T-MOBILE | INTERNET ILIMITADA

Compre o chip no Brasil com desconto de 10% e chegue nos EUA com internet ilimitada no celular. Utilize o cupom: DICASNOVAYORK
 


O que fazer no Central Park


Não faltam atividades para fazer no Central Park, em qualquer dia, mês ou estação.

Só que existem aqueles lugares imperdíveis para conhecer dentro do parque, a maioria com entrada gratuita para o público e funcionamento todos os dias do ano.

As principais atrações do Central Park são:

– The Cop Cot

central park

Localizada no início da Center Drive, altura da 60th Street, The Cop Cot é a construção mais antiga remanescente no parque e muito utilizada para celebração de casamentos.

 


– Central Park Zoo

central park

O zoológico do Central Park fica em um espaço pequeno, porém conta com 130 espécies diferentes de animais, de pinguins e leões marinhos à pássaros tropicais raros. 

Aberto diariamente das 10h às 17h.

 


– Delacorte Music Clock

central park

Relógio interativo com estátuas de bichos muito famoso pelo filme “Madagascar”, localizado próximo do Central Park Zoo. 

Das 8h às 17h, a atração gratuita toca uma música curta a cada 30 minutos e uma música mais longa nas horas cheias, com direito a interação das estátuas de bronze. 

 


– Balto Statue

central park

Balto é um cachorro que salvou crianças ao levar medicamentos e enfrentar as nevascas durante uma epidemia de difteria no Alasca. 

A estátua de bronze é uma homenagem para eternizar o pequeno herói.

 


– Central Park Carousel

central park

Indicado para as crianças, o carrossel do Central Park é um dos mais antigos dos EUA.

Muito bem conservado, o carrossel custa $3 e  funciona de abril a outubro das 10h às 18h.

De novembro a março o funcionamento depende das condições climáticas.

 


– Sheap Meadow

central park

Sheep Meadow (Pasto das Ovelhas) foi até 1934, utilizado como pasto. 

Hoje, é um grande gramado muito disputado por mais de 30 mil visitantes todos os dias, principalmente entre maio e outubro, devido o clima agradável para atividades externas.

 

– Strawberry Fields Memorial

strawberry fields

Apaixonado por Nova York, John Lennon foi um morador ilustre da Big Apple e tinha como residência o Edifício Dakota, que fica na 72nd street, mesmo local onde ex-beatle foi assassinado em dezembro de 1980.

central park

Strawberry Fields é um memorial, localizado próximo ao edifício Dakota, que conta com um belíssimo jardim e o mosaico “IMAGINE”, visitado por milhões de turistas todos os anos.

 


– The Lake

central park

O lago tranquilo era utilizado como rinque de patinação no inverno até 1950. 

Hoje, The Lake é um belíssimo espaço, muito utilizado para passeios de gôndolas.

 


– Bow Bridge

A ponte mais famosa do Central Park é o local favorito dos casais apaixonados.

Com paisagem bucólica e muito romântica, o local inspira muitos pedidos de casamentos.

 


– Bethesda Terrace and Fountain

central park

Um dos primeiros espaços do Central Park, o terraço e a fonte Bethesda é um daqueles pontos turísticos obrigatórios para visitação.

Destaque para a belíssima fonte chamada o “Anjo das Águas”, no centro do terraço.

 


– Alice in Wonderland Statue

central park

A escultura de bronze de 1959 é uma das mais bonitas do parque.

Os personagens são da obra “Alice no País das Maravilhas” do escritor Lewis Carroll.

 


– Belvedere Castle

central park

Construído em 1865, o castelo serve de observatório para curtir o parque.

A entrada é gratuita e o funcionamento é das 10h às 17h.

 


– Delacorte Theater

central park

O teatro a céu aberto é onde são realizadas as apresentações do “Shakespeare in the Park”, de maio a agosto, com entrada gratuita para todas as idades. 

Para assistir é necessário chegar cedo e ainda assim enfrentar as filas gigantescas.

 


– Cleopatra’s Needle Obelisk

central park

“The Obelisk” ou “Agulhas de Cleópatra” tem 21 metros de altura e foi construído em torno de 461 A.C. 

O monumento foi enviado em 1881 diretamente do Egito como um presente para Nova York e desde então esse monumento histórico está instalado dentro do parque, ao lado do Metropolitan Museum.

 


– Wollman Rink | Pista de Patinação

estações do ano

De novembro a abril, o Central Park recebe a famosa pista de patinação no gelo.

Se você vai viajar nos meses do inverno, saiba que o espaço é muito disputado entre os moradores e turistas. Faça sua reserva no site oficial com antecedência.

 


– Great Lawn

central park

Muito visitado entre os meses de maio e setembro, o grande gramado é um dos lugares mais disputados dentro do parque.

O espaço aberto é o local ideal para piqueniques, prática de esportes e contemplar a natureza.

 


– Jacqueline Kennedy Onassis Reservoir

O lago em homenagem a ex-primeira dama dos EUA, é muito utilizado para prática de corrida e um dos lugares mais frequentados pelos esportistas amadores. 

É o maior lago do parque e tem uma vista incrível dos prédios mais caros de Nova York.

 


– The Loch

central park

Com pequenas cachoeiras, The Loch é o local ideal para quem procura paz e tranquilidade.

Localizado na face norte do parque, o cantinho não é muito fácil de encontrar e é pouco visitado pelos turistas, mas todo esforço vale a pena.

 


– Conservatory Garden

Calmo e discreto, “Conservatory Garden” é um conjunto de três lindos jardins de diferentes estilos: italiano, francês e inglês, utilizado para muitas celebrações de casamentos. 

Localizado distante das outras principais atrações, o conservatório é um dos locais mais bonitos dentro do Central Park.

Leia também: o que fazer em Nova York

 


Estações do ano no Central Park


O Central Park é o maior representante das estações do ano em Nova York.

O parque se prepara com atividades especiais para cada época. Fora isso, a natureza dá o seu show particular com a mudança de cenário dentro do parque.

Primavera no Central Park em Nova York | 21.03 a 20.06

cerejeiras em nova york

Aos poucos, as árvores começam a ter suas folhas de volta e o parque volta a ficar colorido. Destaque para o final do mês de Abril com o lindo florescer das cerejeiras.

Leia no blog: primavera em Nova York

 


Verão no Central Park em Nova York | 21.06 a 20.09

Um parque todo verde, cheio de sombras das árvores para proteger do calor intenso da estação mais quente do ano. Assim, é o verão no Central Park em Nova York.

Leia no blog: verão em Nova York

 


Outono no Central Park em Nova York | 21.09 a 20.12

estações do ano

Não existe época mais romântica do que o outono em Nova York.

As árvores ganham cores laranjas, vermelhas e amarelas, um cenário único no final de outubro em Nova York.

Leia no blog: outono em Nova York

 


Inverno no Central Park em Nova York | 21.12 a 20.02

central park

O colorido das árvores dá lugar as árvores secas, sem cores, mas isso não significa que o parque fica vazio ou sem vida.

O inverno é repleto de atividades específicas para o clima.

Na neve, todos que estão na cidade correm para aproveitar o momento no parque.

Leia no blog: inverno em Nova York

 


Onde comer no Central Park


 

Dentro do maior parque de Manhattan existem diversas opções de restaurantes e lanchonetes para todos os gostos e bolsos.

Os lugares para comer dentro do Central Park são:

– The Loeb Boathouse

the loeb boathouse

Restaurante com vista para o lago onde os visitantes podem fazer um passeio de gôndola.

 O The Loeb Boathouse é sempre muito movimentado, mas vale muito a pena conhecer.

Leia no blog: restaurante The Loeb Boathouse

 


– Tavern on the Green

tavern on the green

Fundado em 1934, Tavern on the Green é um dos restaurantes mais tradicionais de Nova York.

Destaque para as mesas colocadas na área externa durante o verão. Ideal para um brunch aos finais de semana com vista para o parque.

Leia no blog: restaurante Tavern on the Green

 


– Le Pain Quotidien

Padaria belga com opções de pães, croissants, sopas, saladas, sucos e cafés.

Localizada em dois locais dentro do parque: Mineral Springs e Conservatory Water

Leia no blog: Le Pain Quotidien em Nova York

 


– Dancing Crane Cafe

Dentro do zoológico, a lanchonete é ótima para um lanche rápido.

 


– Public Fare

Aberto de maio a meados de agosto, o bar serve cerveja, vinho e alguns aperitivos.

O espaço fica próximo do Delacorte Theater, no lado oeste do parque.

 


– Ballsfields Cafe

Localizado ao lado do carrossel, a lanchonete tem cardápio de pratos rápidos como salada, sanduíches e hambúrgueres.

 


– Maoz Vegetarian

A pequena lanchonete especializada em sucos naturais e cardápio vegetariano está localizada na distante 106th Street.

Leia também: onde comer barato em NY

 


Bicicleta no Central Park


A bicicleta é o transporte mais eficiente para conhecer as atrações do Central Park.

Dentro do parque há 3 ciclovias, muito bem sinalizadas, para todos os perfis de ciclistas.

O terreno plano ajuda muito na pedalada e ainda há várias áreas de descansos e atrações para paradas durante todo o percurso.

Leia no blog: aluguel de bike no Central Park

Recomendo alugar uma bicicleta durante um dia inteiro, assim é possível aproveitar todos os pontos turísticos do parque sem pressa e curtir ainda mais o oásis urbano.

Além das atividades internas, o parque tem nos seus arredores o Museu de História Natural, The Metropolitan Museum of Art, Guggenheim Museum,entre outras atrações.

Para reservar sua bicicleta com antecedência, utilize o cupom de 50% de desconto com o código DICAS50. Válido para o aluguel na modalidade DAYPASS.

Clique aqui para informações e reservas

 


Pedicab no Central Park


pedicab

Pedicab é uma bicicleta que puxa uma carruagem onde as pessoas vão sentadas muito utilizada dentro do Central Park.

O passeio é muito confortável com guia especializado para contar curiosidades e histórias dos pontos turísticos.

pedicab

Para quem não gosta de pedalar sua própria bicicleta ou quer fazer um passeio mais confortável, o Pedicab é uma excelente alternativa para aproveitar o parque.

O tour tem duração aproximada de 1 hora com paradas para fotos nos pontos turísticos.

A reserva deve ser com antecedência para agendamento do guia.

Leia no blog: tour de pedicab no Central Park

pedicab

A empresa indicada é licenciada para trabalhar dentro do parque e não cobra nenhuma tarifa adicional, além do valor da reserva do tour. 

Nunca utilize os Pedicabs parados aos arredores do parque. Além de não serem credenciados, a tarifa é cobrada por minuto com valores abusivos e ainda tentam enganar os turistas.

O tour de Pedicab funciona em qualquer época do ano, faça chuva ou faça sol.

Para reserva antecipada, utilize o cupom DICAS20 para 20% de desconto.

Clique aqui para informações e reservas


Curiosidades do Central Park


– Adopt-a-Bench é um programa de patrocínio por parte de empresas ou pessoas, dos 9 mil bancos espalhados pelo parque;

– O espaço do restaurante Tavern on the Green já serviu de abrigo de ovelhas;

– Todas as árvores do parque foram plantadas. Hoje, são mais de 20 mil;

– Algumas rochas são da era glacial datadas em mais de 12 mil anos;

– Com 840 acres, a área do parque é maior que os países Mônaco e Vaticano;

– O parque já serviu de cenário para mais de 400 filmes e séries;

– Além de lanchonetes e restaurantes, há mais de 50 vendedores de rua.

 


Como chegar no Central Park


Devido a sua extensão, há várias formas de chegar no Central Park.

O transporte mais adequado é o metrô com estações aos arredores do parque.

Central Park – South

Lado oeste: Estação 59 St – Columbus Circle. Linhas 1, 2 – Vermelha ou A, C – Azul.

Lado leste: Estação 5 Avenue. Linhas N, R, W – Amarela

Central Park – Mid

Lado oeste: Estação 81 Street-Museum of Natural History – Linhas A, C – Azul

Lado leste: Estação 86th Street – Linhas 4, 5, 6 – Verde

Central Park – North

Lado oeste: Estação 110 St-Cathedral Pkwy – Linhas A, C – Azul

Lado leste: Estação 110 Street – Linhas 4, 6 – Verde 

Leia também: dicas sobre o metrô de NY


Funcionamento do Central Park


O Central Park tem funcionamento 365 dias por ano das 6h à 1h da manhã.

A maioria das atrações do parque funciona no período da manhã e tarde.

A entrada é totalmente gratuita. Apenas algumas atrações cobram ingressos na bilheteria como zoológico e o carrossel.

Dentro do parque há diversos Centros de Visitantes para informações e dúvidas.


Central Park em Nova York


Com mais de 38 milhões de visitantes todos os anos, o Central Park é o parque urbano mais frequentados nos Estados Unidos e também é considerado uma das atrações imperdíveis de Nova York.

Geralmente, os turistas costumam reservar de 4 a 6 horas para conhecer apenas as principais atrações dentro do parque. 

Caso tenha espaço no roteiro, recomendo um dia inteiro, assim é possível combinar o passeio com os museus de História Natural e Metropolitan.

Não importa a época da sua viagem, o importante é não deixar de visitar o parque símbolo de Nova York.

Caso tenha alguma dúvida, deixe um comentário.

🙂


PLANEJAMENTO DE VIAGEM

INGRESSOS: principais atrações em reais e 6 vezes sem juros.

CHIP EUA: compre no Brasil com 10% de desconto. Cupom DICASNOVAYORK

SEGURO VIAGEM: faça uma cotação e contrate o seguro com 5% de desconto.

PASSE DE ATRAÇÕES:  SightSeeing Pass com 20% de desconto. Cupom DICASNOVAYORK 

HOSPEDAGEM: lista dos hotéis mais reservados pelos brasileiros em Nova York.

TRANSFER AEROPORTO: com motorista brasileiro e atendimento personalizado


Jornalista de formação e apaixonado por esportes americanos. O Dicas Nova York é o seu espaço para compartilhar informações e experiências, para que todos conheçam a Big Apple de um jeito diferente e descontraído.

Seja o primeiro a comentar