Como economizar em Nova York

como economizar em nova york

Nesses tempos de incertezas na economia e volatilidade do dólar, a pergunta mais frequente é como economizar em Nova York.

Mais do que justo! Nova York é considerada uma das cidades com custo de vida mais alto do mundo, principalmente para quem vive em Manhattan, só que, mesmo com tudo isso, é possível fazer uma viagem econômica e aproveitar muito o que há de melhor na Big Apple.

Para isso, faça um planejamento com antecedência do que fazer e comece a viajar bem antes da data do embarque, na busca por informações.

Confira minhas dicas abaixo, um compilado de dicas e macetes de como economizar em Nova York de forma fácil e prática.

Leia também: quanto custa viajar para Nova York

 


COMO ECONOMIZAR EM NOVA YORK


como economizar em nova york

Como disse anteriormente, uma viagem para Nova York precisa de planejamento, porque são milhares de atividades e nem sempre dá para fazer tudo, nem quem mora há muitos anos em Manhattan consegue essa façanha. Por isso, não se preocupe em deixar coisas para trás.

Faça um roteiro com a lista dos principais lugares que sempre sonhou em conhecer e que motivaram escolher Nova York como sua próxima viagem. Inclua nessa lista pontos turísticos mais visitados, de acordo com seus gostos e não esqueça dos lugares clássicos, aqueles “obrigatórios”.

Esse já é um começo importante para saber o que fazer. Para ajudar nessa tarefa, recomendo o download do e-book gratuito do blog com roteiro de 7 dias em Nova York. O PDF tem dicas e informações importantes sobre atrações, e é uma mão na roda para evitar perda de tempo e dinheiro.

Saiba mais sobre o e-book gratuito e faça o download

Essas dicas são apenas para ter uma breve noção de como economizar em Nova York. Nesse post, tem muitas informações para ajudar o seu bolso.

 


HOTÉIS FORA DE MANHATTAN


mapa de nova york

Manhattan é o distrito onde estão concentradas 90% das atrações. Por esse motivo, muitos visitantes preferem se hospedar na ilha e evitar grandes deslocamentos.

Essa comodidade tem um custo muito elevado, visto que os hotéis em Manhattan aproveitam da oportunidade para aumentar o valor das diárias, principalmente para hospedagens próximas da Times Square e do Central Park, que ainda cobram a famosa taxa de serviço à parte da diária.

Leia no blog: onde ficar em Manhattan

Por mais que procure com antecedência, uma diária de quarto não vai sair por menos de $150 dólares. Para quem tem condições, recomendo pagar pela comodidade, porém quem procura uma forma de como economizar em Nova York existem alternativas bem interessantes.

A principal alternativa é procurar hospedagens fora da ilha de Manhattan.

Leia também: hotéis mais reservados pelos brasileiros

 


Hotéis no Queens


Holiday Inn Manhattan View

A minha primeira indicação é a hospedagem no distrito do Queens em Long Island City, local predominantemente residencial, com diversas opções de hotéis.

O custo para hospedagem na região é bem mais baixo do que Manhattan, com diárias a partir de $100 dólares e sem as famosas taxas de serviço.

Leia no blog: experiência em hotel no Queens

Long Island City fica a menos de 10 minutos de Manhattan ou apenas 2 estações de metrô – que funciona 24 horas – em uma região segura, cada vez mais procurada pelos turistas e em franco desenvolvimento.

Se você procura economizar, considere ficar em um hotel no Queens. Vale a pena!

Leia também: 10 hotéis baratos no Queens

 


Hotéis no Brooklyn


hoteis no brooklyn

Outra boa opção é procurar hotéis localizados no Brooklyn. O bairro é muito próximo de Manhattan e tem uma infraestrutura completa para o turista.

Ao contrário do Queens, bairro residencial, o Brooklyn passou por uma revitalização completa, com transformações profundas na segurança e novas oportunidades para o turismo.

Além de dezenas de excelentes hotéis, o bairro tem shoppings, restaurantes e centros comerciais com lojas famosas, sem a necessidade de ir até Manhattan.

Leia no blog: onde ficar no Brooklyn

Todas essas mudanças possibilitaram um aumento da procura pelos turistas para hospedagem no Brooklyn, com isso os valores das diárias também sofreram elevação. Mesmo assim, uma diária em Downtown Brooklyn – região onde estão os principais hotéis – ainda é muito mais barata em comparação a Manhattan.

O Brooklyn também é uma boa pedida para quem gosta de agitação e não importa de utilizar o metrô para acessar as principais atrações de Nova York.

Leia no blog: 10 hotéis baratos no Brooklyn

 


TRANSFER COMPARTILHADO


aeroportos de nova york

Uma característica comum é o turista chegar do voo sem saber qual transporte vai utilizar para chegar até a hospedagem. Esse erro implica em custos elevados, porque muitas vezes vai utilizar um táxi, UBER ou até pior, um transporte não oficial e pagar muito mais caro por isso.

Os aeroportos de Nova York tem diversos transportes para todos os bolsos. Para quem procura economizar, a van compartilhada é o menor custo, sem contar é claro com o transporte público.

Essa modalidade de transfer é tem sempre vans disponíveis 24 horas para atender os voos e o itinerário é compartilhado com outros passageiros, com isso o custo é bem mais baixo do que qualquer outros transporte semelhante.

Leia no blog: experiência com van compartilhada

Geralmente, as empresas das vans compartilhadas dimensionam os passageiros em endereços mais próximos, assim evita deslocamentos e chega mais rápido na porta da hospedagem, com todo conforto e comodidade, sem pagar muito por isso.

O custo é bem baixo por pessoa e ainda pode reservar em reais e em 6 vezes sem juros para economizar na sua viagem a Nova York.

Clique aqui para informações e reservas

 


TRANSPORTE PÚBLICO | METRÔ


metro de nova york

Sei que é uma tradição, mas esqueça o táxi amarelo, a melhor forma de conhecer Nova York é a pé ou de transporte público.

Destaque para o metrô, transporte mais utilizado pelos moradores e pelos turistas. O sistema tem 472 estações, malha ferroviária para atender plenamente todas as atrações e regiões da cidade.

Andar de metrô é mais eficiente para os deslocamentos e ainda ajuda a economizar muito, principalmente com o METROCARD, bilhete com viagens ilimitadas para utilizar à vontade dentro do período contratado de 7 ou 30 dias.

Leia no blog: como usar o metrô de Nova York

Um bilhete de 7 dias custa apenas $32 dólares, ou seja, muito mais barato que utilizar táxi ou UBER no dia a dia.

Considere andar a pé pelas ruas de Nova York, para explorar as atrações e se surpreender com as inúmeras atividades que a cidade oferece em todos os cantos.

Leia também: deslocamento em Nova York

 


ATRAÇÕES GRATUITAS EM NOVA YORK


brooklyn bridge

Sabe o que a Times Square, Central Park e Brooklyn Bridge tem em comum? São algumas das principais atrações de Nova York e não é necessário pagar nada para conhecê-las.

Isso mesmo, Nova York se destaca pelas atividades gratuitas espalhadas por toda cidade, entre elas as mais visitadas pelos turistas.

Não importa a época ou a estação do ano sempre tem diversas opções gratuitas para os visitantes.

Tem passeios de barco, centenas de parques, museus, bibliotecas, lugares históricos entre outras coisas para fazer sem pagar nada.

Faça o planejamento do seu roteiro para incluir o máximo dessas atrações gratuitas, porque valem muito a pena e são interessantes para economizar muito.

Leia no blog: 40 atrações gratuitas em Nova York

 


MUSEUS MAIS BARATOS


o que fazer em nova york

Uma cidade que respira cultura com mais de 80 museus, essa é Nova York! Destaques para o famoso The Metropolitan Museum of Art, com um dos maiores acervos de arte do mundo e para o Museu de História Natural, com sua coleção de fósseis de dinossauros.

O mais interessante é que possível visitar os principais museus sem a necessidade de pagar o valor integral do ingresso ou até mesmo entrar sem pagar nada.

É o caso do Museu de História Natural. A entrada é uma contribuição sugerida, ou seja, o visitante pode pagar na bilheteria o valor que desejar.

Já o MoMa, um dos mais ricos acervos de arte moderna do mundo, tem entrada gratuita todas as sextas-feiras a partir das 16h às 20h.

Esses são apenas alguns exemplos, por isso busque informações para conhecer as respectivas políticas de entrada e economizar nas visitas aos museus.

Leia no blog: economize nos museus de Nova York

 


PASSES DE ATRAÇÕES


passes de atrações em nova york

Os passes turísticos conseguem reunir o que há de melhor na cidade, em um único lugar, com descontos nos ingressos e são excelentes para não pegar filas nas bilheterias.

Existem diversas opções de passes de atrações para escolher e lembro sempre que não existe o melhor, e sim o mais adequado ao que você pretende conhecer em Nova York. Entre os mais famosos estão:

CityPASS
New York Pass
Explorer Pass
SightSeeing Pass

Todos os passes tem diferenciais, exclusividades e atrativos muito interessantes para os turistas.

Já fiz experiências com todos eles – é só clicar nome de cada um para saber mais – e posso dizer eles realmente fazem a diferença para economizar em Nova York.

Leia no blog: passes de atrações em Nova York

 


CHIP T-MOBILE COM INTERNET ILIMITADA

Compre o chip no Brasil com desconto de 10% e chegue nos EUA com internet no celular


 


PARQUES


parques de nova york

Nova York pode ser conhecida por causa das construções arranha-céus, porém pouca gente sabe que nos seus cinco distritos existem mais de 1700 parques, playgrounds e áreas verdes.

Todos esses espaços são gratuitos para o público, seja morador ou turista, e muitos parques são passagens obrigatórias, por se tratar de pontos turísticos.

Visitar as áreas verdes é uma forma de como economizar em Nova York com uma experiência diferente, como fazer um piquenique no Central Park ou caminhar pelo The High Line. Esses são apenas alguns exemplos dessas áreas de lazer para colocar no seu roteiro. Aproveite!

Leia no blog: parques imperdíveis em Nova York

 


FOOD HALL | FOOD COURT


food halls em nova york

Quer economizar nas refeições em Nova York? Procure comer em um food hall | food court.

Esses espaços estão cada vez mais populares, porque reúnem o melhor de vários pequenos restaurantes em apenas um lugar e com valores acessíveis.

Eu gosto muito dos food halls para experimentar culinárias de outros países e também para economizar, com refeições rápidas e sem frescura.

A praticidade de comer nesses lugares vale muito a pena, sem a necessidade de pagar gorjetas, porque o pedido é realizado direto no caixa, sem garçons.

Por esses e outros motivos que os espaços compartilhados são muito procurados com muitas novidades para comer bem e barato.

Leia no blog: food halls em Nova York

 


GROUPON PARA RESTAURANTES


fig & olive

Algumas estimativas estimam que existem mais de 30 mil restaurantes em Nova York. Esse número parece absurdo, mas não é nem um pouco.

A cada esquina de Manhattan existe uma portinha com uma lanchonete ou restaurante diferente, para oferecer o melhor da culinária mundial.

Uma concorrência absurda que traz muitos benefícios para os turistas. Uma delas é aproveitar as promoções em sites de compras coletivas como o Groupon.

Centenas de estabelecimentos tentam angariar novos clientes por meio de cupons com descontos de até 80% em relação aos valores oferecidos no menu.

Comprar os cupons é uma prática bem comum, inclusive inventada pelos americanos, por isso não é vista como um problema ou algo para não utilizar.

Leia no blog: Groupon em Nova York

O Groupon não disponibiliza apenas promoções para restaurantes, no site tem muitos descontos, inclusive para atrações turísticas e outras atividades.

Não deixe de conferir todas as ofertas disponíveis e economizar em Nova York.

Clique aqui para acesso o site do Groupon

 


OUTLET JERSEY GARDENS


compras nos outlets em nova york

Para quem vai viajar para Nova York e pretende fazer umas comprinhas, a melhor forma de economizar é reservar um dia para ir até o outlet Jersey Gardens.

Localizado na cidade de Elizabeth, New Jersey, a menos de 40 minutos de Manhattan, o outlet tem mais de 200 lojas das marcas mais procuradas pelos turistas.

O Jersey Gardens é muito mais atrativo para quem procura economizar, em comparação ao outro outlet Woodbury, por exemplo, porque os valores para as compras de vestuário não tem acréscimo imposto, uma economia de 8,89% por compra. 

O transporte para o Woodbury é realizado apenas de ônibus fretado (média de $40) ou de carro alugado. Já para o Jersey Gardens tem opção de ônibus que faz parte do sistema de transporte público de New Jersey, ou seja, bem mais barato.

Sem dúvidas, para economizar, eu prefiro muito mais do Jersey Gardens, por ser mais acessível e por encontrar boas promoções nas mais de 200 lojas.

Leia no blog: compras no Jersey Gardens

 


LOJAS PONTAS DE ESTOQUE


burlington

Para quem não quer perder um dia inteiro no outlet – não tem jeito o tempo voa lá dentro – uma alternativa interessante é explorar as lojas conhecidas como pontas-de-estoque.

Essas lojas reúnem o melhor de grandes marcas, com destaque para vestuário, com preços bem baixos por se tratar de peças de coleções passadas ou até com pequenos defeitos, mas nada que atrapalhe a qualidade dos produtos.

Em Nova York não tem a famosa ROSS, loja de departamentos com preços baixos muito conhecida entre os turistas que viajam para os EUA, mas tem outras grandes lojas que cumprem bem essa ausência como Burlington, Century 21, TJ Maxx e Marshall’s.

Todas essas pontas-de-estoque tem muitas promoções e achados incríveis, basta ter paciência para garimpar os milhares de cabides espalhados pelos corredores.

Programe-se para economizar, porque é quase impossível viajar para Nova York sem pelo menos dar uma passadinha na Century 21, porque sempre vale muito a pena e é um dos “pontos turísticos” mais visitados, principalmente pelos brasileiros.

Leia no blog: compras em Nova York

 


CHIP  COM INTERNET ILIMITADA


chip de celular para usar nos eua

Depois que inventaram o smartphone ninguém mais vive sem internet e depender de wi-fi alheio, quando disponível gratuitamente, nem sempre é uma boa.

Melhor ainda é viajar com um chip de internet, que já virou um item obrigatório, principalmente para quem quer economizar tempo e dinheiro em Nova York.

Com internet sempre à mão dá para localizar rapidamente os endereços dos lugares, consultar os vouchers das atrações, conversar nas redes sociais e etc., sempre com muita comodidade.

O chip é ideal para quem não fala muito bem a língua inglesa, com ele o tradutor do celular vai estar sempre disponível para ajudar naquelas horas de aperto durante a viagem.

Leia no blog: experiência com chip de internet

O melhor de tudo, o chip de celular com internet ilimitada é vendido no Brasil e entregue no seu endereço com desconto especial de 10% para os leitores do blog.

Ao efetuar a compra, utilize o código DICASNOVAYORK para receber o desconto.

Clique aqui para informações e comprar seu chip

 


INGRESSOS EM REAIS E 6 VEZES SEM JUROS


o fantasma da opera na broadway

Uma viagem para Nova York começa a ser planejada muitos meses antes da compra das passagens aéreas, mas é quando é realizada a reserva do avião que a ficha cai e o sonho começa a ser concretizado.

É nesse momento que deve começar a busca por informações sobre as atrações e o que fazer na Big Apple, para comprar os ingressos antecipados e economizar nas entradas e evitar filas na cidade que é sempre muito movimentada, em qualquer época do ano.

O recomendado é começar as reservas dos ingressos de 4 a 6 meses da data da viagem, porque é quando a agenda de atrações e espetáculos estão disponíveis para compra.

Para evitar a variação em dólar e mais acréscimo do temido IOF de 6,38% no cartão de crédito, o blog tem uma plataforma de ingressos em reais.

Nela, todas as atividades podem ser parceladas em até 6 vezes sem juros, o que facilita bastante no planejamento da viagem.

Tem ingressos para musicais da Broadway, principais pontos turísticos, tours para cidades vizinhas, transfers do aeroporto, passes de atrações e muito mais.

Acesse: www.dicasnovayork.com.br/ingressos

 


Essas são algumas das minhas dicas de como economizar em Nova York. No blog tem muitas outras informações para ajudar.

Importante é sempre planejar a viagem com muita antecedência, porque a Big Apple é muito concorrida para deixar para última hora.

Caso tenha alguma dúvida, deixe um comentário.

🙂


PLANEJAMENTO DE VIAGEM

INGRESSOS: entrada para as principais atrações em reais e 6 vezes sem juros.

CHIP: compre o chip no Brasil com 10% de desconto para chegar nos EUA com internet no celular.

SEGURO VIAGEM: faça uma cotação e contrate o seguro com 5% de desconto.

HOSPEDAGEM: lista dos hotéis mais reservados pelos brasileiros em Nova York.


Jornalista de formação e apaixonado por esportes americanos. O Dicas Nova York é o seu espaço para compartilhar informações e experiências, para que todos conheçam a Big Apple de um jeito diferente e descontraído.

Seja o primeiro a comentar