New York Pass: experiência com o passe de atrações em Nova York

new york pass

Em qualquer viagem para a Big Apple, o New York Pass é uma alternativa de economia nas atrações, porém o passe gera muitas dúvidas para os viajantes.

Não é por menos, são mais de 90 atrações, independentemente dos dias contratados, e fazer todas essas atividades é uma missão “quase” impossível para qualquer pessoa.

Posso dizer, por experiência anteriores, que não é necessário fazer tudo que tem no New York Pass, visto que a quantidade gigantesca de atividades é para diversificar as opções para todos os tipos de perfis de turistas e assim ajudar o viajante.

Para tirar todas as dúvidas sobre o New York Pass, fiz uma experiência na utilização e vou dar todas dicas de como economizar e aproveitar o melhor que o passe oferece.

 


NEW YORK PASS


O New York Pass é um dos mais completos passes de atrações de Nova York, com mais de 90 atividades, inclusive os principais e os mais procurados pontos turísticos da cidade.

O passe garante a economia de mais de 40% em relação aos ingressos comprados de forma avulsa nas bilheterias e ainda garante a entrada sem filas em alguns locais selecionados.

As opções de contratação são para 1, 2, 3, 5, 7 ou 10 dias consecutivos, sempre com todas as atividades incluídas, independentemente da quantidade de dias escolhidos.

O New York Pass pode ser adquirido com até 12 meses da primeira utilização em Nova York.

 


COMO UTILIZAR O NEW YORK PASS


new york pass

O New York Pass é bem simples em todos os sentidos. Após a compra é enviado um QR Code para apresentar nas bilheterias com o seu celular, ou seja, não precisa carregar nenhum papel, o que facilita bastante o uso.

O passe é ativado na primeira atração e, a partir desse momento, é contabilizado 1 dia de utilização que termina às 23h59min e já começa ao outro dia do período (se contratado).

Por exemplo: se comprar um passe de 2 dias e começar a utilizar na segunda-feira, ele será válido até às 23h59min da terça-feira.

Por isso, faça um roteiro para começar o dia bem cedo e aproveitar o melhor as atividades.

Você pode fazer quantas atrações desejar e conseguir – conforme seu planejamento – dentro do período contratado para utilização do passe e cada atividade só pode ser visitada uma vez.

A conta é simples, quanto mais utilizar o New York Pass, mais vai economizar nas atrações.

Clique aqui para consultar as atrações do passe

 


EXPERIÊNCIA COM O NEW YORK PASS


new york pass

A minha experiência foi com o New York Pass de 1 dia que custa $ 124 dólares. 

Não dá para fazer 90 atrações em apenas um dia, só que esse não é o objetivo do passe, e sim proporcionar uma economia maior do que os ingressos avulsos na bilheteria. E isso é possível se programar um roteiro por regiões, com as atrações próximas uma das outras.

Como tinha apenas um dia para aproveitar o melhor do passe, resolvi fazer o máximo de atividades para valer a pena o investimento. Foi isso que fiz. O meu itinerário começou cedo, às 8h da manhã para pegar o ônibus panorâmico hop-on hop-off e terminou apenas às 23h no observatório do Empire State.

Caso adquira uma passe de 3 ou mais dias, não é necessário fazer muitas atividades, porque quanto mais dias, mais oportunidades de economizar e menos correria.

Coloquei meu roteiro de 1 dia com o New York Pass no mapa, para facilitar a explicação. 

 

Todas as atrações foram visitadas com calma, sem correria, porque quando somos turistas não podemos correr nas atividades, para não perder nenhum detalhes. Também evitei grandes deslocamentos, sem o ônibus, para não perder tempo entre uma atração e outra.

 


ATRAÇÕES COM O NEW YORK PASS DE 1 DIA


new york pass

– Ônibus Hop-on Hop-off

Às 8h da manhã já estava na fila do ônibus da Big Bus Tours, mas primeiro apresentei o QR Code no Welcome Center, em frente à loja da M&M’s, para trocar pelo ticket do ônibus e também para ativar o New York Pass.

A empresa disponibiliza um mapa com todas as paradas e explicações sobre as três rotas disponíveis (Uptown, Downtown e Midtown) que estão incluídas no Classic Ticket do passe, válido por 1 dia.

Leia no blog: experiência com o Big Bus

Utilizei o ônibus que faz o itinerário “Explorer Downtown – Red” para passear por diversos pontos turísticos da cidade e desci na parada na Statue of Liberty | Battery Park.

Valor avulso do Big Bus Tour: $60 dólares.

 


new york pass

– Estátua da Liberdade

Cheguei no ponto da Estátua da Liberdade por volta das 9h e já estava uma pequena fila para as balsas que levam a Liberty Island, onde fica o famoso monumento. No período da manhã é sempre o melhor horário e com menos filas.

Foi necessário apresentar o QR Code na bilheteria, dentro do Castle Clinton no Battery Park, para depois pegar a fila comum da balsa.

O New York Pass, como qualquer outro passe de atrações, tem privilégio apenas na bilheteria, porém todos os visitantes são obrigados a pegar a fila do procedimento de segurança. Essa fila é o que atrasa bastante para pegar a balsa e visitar a estátua.

Leia no blog: visita à Estátua da Liberdade

Os ferrys tem saídas de 20 em 20 minutos (aproximadamente) e com bastante espaço para levar os turistas.

Na ilha a permanência é ilimitada. Geralmente, o visitante fica 2 horas para curtir a Estátua da Liberdade, tirar fotos e aproveitar a vista para Manhattan.

Para voltar, peguei o próximo ferry, quase sem filas, porque às 10h30 o fluxo de visitantes é maior de quem vai para a Liberty Island do quem volta para Manhattan.

Valor da Estátua da Liberdade: $18,50 dólares.

 


– Museu Nacional do 11 de Setembro

Já que estava no sul de Manhattan, aproveitei para andar pela região do Financial District, onde fica o touro de Wall Street, Bolsa de Valores e o complexo do World Trade Center.

Todo espaço foi revitalizado com muitas atividades para fazer, mas como meu foco era aproveitar as atrações do New York Pass fui visitar o Museu do 11 de setembro.

Leia no blog: roteiro em Wall Street

O passe tem Fast Track na atração, com fila especial e entrada rápida.

O museu não é muito grande, mas tem uma exposição bem completa sobre o dia dos atentados às duas torres do World Trade Center. Tem que conhecer!

O One World Observatory não está entre as atrações do New York Pass. Caso queira colocar dentro do seu roteiro, será necessário comprar o ingresso avulso.

Leia no blog: One World Observatory

Valor do Museu do 11 de Setembro: $ 26 dólares

 


new york pass

– Circle Line Cruises – passeio de barco

No City Hall, próximo ao museu do 11 de setembro, tem um ponto do ônibus hop-on hop-off para continuar o passeio pela cidade. Foi onde embarquei novamente para seguir com o roteiro.

O ônibus segue sem paradas paralelo ao Hudson River até o nosso próximo destino que é o pier 83, onde tem as saídas dos barcos da Circle Line SightSeeing.

Leia no blog: passeios de barco em Nova York

Essa é a maior empresa de cruzeiros de Nova York com diversos passeios, em vários horários de saídas, que variam conforme o período do ano.

Como a minha experiência foi em maio, já estava disponível o Landmark + Brooklyn Cruise com saída às 15h. Cheguei por volta das 13h30, que foi o tempo suficiente para apresentar o QR Code na bilheteria, trocar pela entrada no cruzeiro e ainda almoçar próximo ao pier.

Esse é um dos passeios de barco mais completos, com 1h30min de duração, e passagens pelos Hudson River, East River, Estátua da Liberdade, Brooklyn e Manhattan Bridge, além de visual incrível de Manhattan.

Valor do Circle Line Cruises: $ 43 dólares

 


new york pass

– Madame Tussauds – Times Square

Os piers do Hudson River ficam longe de qualquer estação de metrô, mas não é precisei me preocupar, porque tinha o hop-on hop-off.

Subi no ônibus novamente em frente ao pier, no mesmo ponto que desci anteriormente e fui até a Times Square, para descer em frente ao Madame Tussauds, famoso museu dos bonecos de cera.

Leia no blog: Madame Tussauds em Nova York

O museu é muito interessante, sempre falo que não canso de visitar e com o New York Pass foi só apresentar o código na bilheteria para entrar.

Sabe o que foi melhor, ainda eram 17h30 da tarde, já tinha visitado todas essas atrações e ainda tive tempo para curtir a Times Square.

Quem preferir, pode visitar a NFL Experience que fica na Times Square e é um dos novos pontos turísticos que estão incluídos no passe.

Valor do Madame Tussauds: $ 37 dólares

 


new york pass

– Observatório do Empire State Building

A minha saga com o New York Pass termina só no final da noite, por volta das 22h, quando ainda aproveitei até o último instante do passe para visitar o Empire State.

O observatório do prédio mais famoso de Nova York fica aberto até às 2h – último elevador à 1h15 da manhã – o que ajuda bastante para quem não pegar as tradicionais filas durante o dia.

Leia no blog: dicas sobre o Empire State

Após as 22h, a atração fica bem tranquila, com poucas filas para subir no observatório, horário ideal para apreciar a Big Apple iluminada.

Fui nesse horário, porque o prazo do New York Pass venceria apenas às 23h59min, tempo suficiente para entrar na atração tranquilamente.

A entrada foi quase sem filas, com apresentação do QR Code na bilheteria e, logo depois, seguir até o elevador para o observatório no 86 andar. 

Valor do observatório do Empire State: $ 37 dólares

 


NEW YORK PASS: VALE A PENA?


new york pass

Pela proposta de aproveitar ao máximo o New York Pass,  meu dia foi um pouco corrido, mas nada anormal para um turista em Nova York.

O ônibus da Big Bus Tours é realmente um diferencial, com muitos carros e dezenas de pontos espalhados pelos pontos turísticos da cidade e estar incluído dentro das atrações do passe é um ponto positivo.

O meu itinerário teve 6 atividades, o que é acima do recomendado para economia no New York Pass. Se você fazer 4 atrações por dia já vai economizar muito.

Agora é hora de saber se valeu a pena a economia em dólares:

– Ônibus hop-on hop-off: $ 60 dólares
– Estátua da Liberdade: $ 18,50 dólares
– Museu Nacional 11 de Setembro: $ 26 dólares
– Circle Line – passeio de barco: $ 43 dólares
– Madame Tussauds: $ 37 dólares
– Observatório do Empire State: $ 37 dólares

VALOR TOTAL DOS INGRESSOS AVULSOS: $ 221,50 dólares

NEW YORK PASS DE 1 DIA: $ 124 dólares

Uma economia de 44% ($97,50 dólares) em apenas um dia de atrações em Nova York.

 


CONCLUSÃO DA EXPERIÊNCIA


new york pass

O New York Pass não é uma passe para todos dias da viagem, porque Nova York tem muitas outra atividades em qualquer mês do ano, inclusive gratuitas para colocar no seu roteiro, que são imperdíveis.

Leia também: 40 atrações gratuitas em Nova York

Exemplo: Se você vai ficar 7 dias, considere comprar um New York Pass de 3 dias, que já é mais do que suficiente.

Assim é possível dedicar esses dias com o passe para aproveitar o máximo de atrações e os demais dias da viagem ficam inteiramente disponíveis para curtir as outras atividades da Big Apple.

O New York Pass é ideal para quem pretende fazer de 4 a 6 atrações por dia, no máximo, porque mais do que isso começa a ficar muito cansativo.

Para quem procura flexibilidade a minha indicação é pelo Explorer Pass, com mais de 80 atrações e com contratação por quantidade de atrações.

Leia no blog: experiência com o Explorer Pass

Lembre-se que não existe nenhuma obrigação em Nova York e sim passeios recomendados, aqueles que você sonha em conhecer, por isso faça seu roteiro conforme seus gostos e desejos.

Montar grupo de atrações, conforme a localização também é uma excelente forma de aproveitar ainda mais o passe.

No site do New York Pass tem várias sugestões de roteiros, com indicações de atividades e valores de economia.

Clique aqui para consultar as atrações do passe

Importante ressaltar que não foi necessário apresentar nenhum tipo de comprovante ou pagar a mais para ter a entrada nas atrações.

 


COMO COMPRAR O NEW YORK PASS


O New York Pass é vendido no site oficial, que é traduzido para o português e tem todas as informações sobre o passe de atrações.

As opções de contratação são para 1, 2, 3, 5, 7 ou 10 dias consecutivos, sempre com todas as atividades incluídas, independentemente da quantidade de dias escolhidos. O passe pode ser adquirido com até 12 meses de antecedência da viagem.

Clique aqui para informações e valores do passe

Os valores do passe variam de acordo com a quantidade de dias contratados.

A partir do New York Pass de 3 dias são concedidos descontos que valem realmente a pena.

new york pass

Se preferir, pode adquirir o New York Pass com valores em reais e em até 6 vezes sem juros, na plataforma de ingressos do blog.

Essa é uma forma de evitar a variação cambial e planejar a viagem com antecedência.

Clique aqui para informações e valores em reais

Após a compra, em ambas opções, será enviado em até 72 horas no e-mail, o voucher do New York Pass para download e utilização em Nova York.

 


APLICATIVO DO NEW YORK PASS


new york passO aplicativo do New York Pass é muito bom para guardar o QR Code para apresentar nas bilheterias e deixar sempre na mão de forma prática nas atrações.

Eu puxei o aplicativo e utilizei em toda minha experiência, porque ele também informa as localizações de todas as atividades com horários de funcionamento e endereços.

O ponto negativo é que o app não tem a opção da língua portuguesa, mas mesmo assim ele é bem interativo e fácil de manusear, além de não precisar de internet para funcionamento.

Clique aqui para informações e valores do passe

 


INFORMAÇÕES RESUMIDAS


New York Pass – Passe de atrações

Quantidade de atividades: + 90 atrações em Nova York

Vantagens: economia acima de 40% nos ingressos e entrada rápida nas atrações

Opções para contratação: 1, 2, 3, 5, 7 ou 10 dias consecutivos

Como utilizar: QR Code enviado por e-mail para apresentar no celular

Como comprar: clique aqui para informações e valores

Validade: até 12 meses, após a compra

 


O New York Pass é uma excelente opção de economia nas atrações de Nova York, principalmente para quem pretende fazer muitas atividades durante a viagem.

Caso tenha alguma dúvida, deixe um comentário.

🙂

Jornalista de formação e profissional de marketing com master pela ESPM de São Paulo. Criador e redator no blog Dicas Nova York, coleciona experiências e histórias marcantes não só em Nova York, sua cidade, mas também de leste a oeste dos Estados Unidos. O blog é uma paixão antiga e o espaço é utilizado para compartilhar informações e experiências na cidade, para que todos conheçam a Big Apple de um jeito diferente e descontraído.

2 Comments

  • Responder junho 19, 2018

    Vanessa Zambiasi

    Oi Fábio.. td bem? Primeiro Parabens pelo site! Esta me ajudando a montar um roteiro bem bacana..Tanto que ontem comprei o cartão The Sightseein Flex… estou com uma duvida no uso do Hop-on – Hop- off, entrei no site deles mais não ficou claro se posso usar as 05 linhas/itinerarios durante as 72 horas ou tenho que escolher somente 01 e usa-las durante os três dias. Você saberia me responder?

    • Responder junho 20, 2018

      Fabio Angheben

      Olá Vanessa, tudo bem?

      Muito obrigado pela mensagem e por montar seu roteiro com as minhas experiências.

      O SightSeeing Flex Pass é excelente e vai ajudar na sua viagem.

      Quanto a utilização do ônibus hop-on hop-off, um crédito possibilita utilizar 72 horas dos itinerários de Downtown, Uptown e Brooklyn, que fazem o hop-on hop-off, quantas vezes você quiser, dentro desse período. São 3 linhas no total e não precisa utilizar uma por dia, fica a seu critério como vai andar de ônibus, conforme seu roteiro.

      Obrigado.

Leave a Reply