Ponte do Brooklyn em Nova York: dicas da travessia

A ponte do Brooklyn é um marco histórico da cidade de Nova York.

Em qualquer época do ano, não importa se é inverno ou verão, todos os turistas que visitam a cidade pela primeira vez precisam colocar essa experiência no roteiro. Basta planejar com antecedência para aproveitar mais o passeio.

Nesse post, tem todas informações para fazer a travessia da Brooklyn Bridge de forma segura e aproveitar esse ponto turístico imperdível para conhecer durante sua viagem para Nova York.

Leia no blog: pontos turísticos de Nova York


História da Brooklyn Bridge


ponte do brooklyn

Com exatos 1.834 metros, a ponte do Brooklyn fica suspensa sobre o East River e liga Manhattan e o Brooklyn, dois distritos da cidade de Nova York.

Mas nem sempre foi assim. De 1664 a 1898, Brooklyn era uma cidade independente e não pertencia a New York City, mas com o crescimento das cidades vizinhas, era fundamental uma ponte para acesso fácil e rápido.

Foi em 1869 que a construção da ponte do Brooklyn foi iniciada e levou 14 anos para ficar pronta. Cerca de 600 operários trabalharam na obra, considerada inovadora e também muito criticada pela sua grandiosidade.

A inauguração aconteceu em 24 de maio de 1883 e, segundo o Wikipedia, no primeiro dia de funcionamento, 1.800 veículos e 150.300 pessoas fizeram a travessia.

De estilo gótico, a ponte do Brooklyn foi desenhada pelo arquiteto John Augustus Roebling, que nunca chegou a vê-la pronta – no início da construção, ele teve um dos pés esmagados e morreu de tétano semanas depois.

Quem assumiu o comando foi seu filho, Washington Roebling, mas ele também enfrentou alguns problemas de saúde durante o processo e só conseguiu acompanhar o trabalho de longe.

Na prática, a responsável foi sua esposa, Emily Warren Roebling. E ela foi uma peça tão importante para este projeto que, no dia da inauguração, foi escolhida para ser a primeira pessoa a cruzar a ponte.

Anos depois, o grande trabalho de Emily foi reconhecido como a primeira e a maior obra pública liderada por uma mulher em toda a história. Esse reconhecimento pode ser visto na placa fixada no centro da ponte.

Toda a história da construção também está exposta em fotos e curiosidades ao chegar no meio da Brooklyn Bridge.

A ponte do Brooklyn foi a primeira construção erguida por cabos de aço do mundo e sua arquitetura foi inspiração para outras grandes obras semelhantes no mundo inteiro.

 


Como ir a ponte do Brooklyn


ponte do brooklyn

Como qualquer lugar de Nova York, é muito fácil chegar até a entrada da ponte do Brooklyn de transporte público, seja na opção Manhattan-Brooklyn ou vice-versa.

Como ir a ponte do Brooklyn para travessia no sentido Manhattan-Brooklyn

A estação de metrô está localizada a menos de 100 metros da entrada da ponte e de fácil acesso, ao lado do City Hall Park, onde ficam localizados os prédios administrativos da prefeitura de Nova York.

Linha: Amarela
Trem: R ou W
Estação: City Hall Station

ou

Linha: Verde
Trem: 4, 5 ou 6
Estação: Brooklyn Bridge City Hall

O trajeto de metrô, a partir da Times Square, tem duração aproximada de 20 minutos.

Ao descer da estação, você logo avistará a ponte. Siga as placas para fazer a travessia.

Como ir a ponte do Brooklyn para travessia no sentido Brooklyn-Manhattan

Como disse anteriormente, muitos turistas preferem fazer a travessia no sentido do Brooklyn para Manhattan para aproveitar melhor a vista durante todo o passeio. Para chegar mais próximo da entrada da ponte, utilize o metrô.

Linha: Azul
Trem: A ou C
Estação: High Street

Ao desembarcar na estação, caminhe por dentro do Cadman Plaza Park para acessar a pequena entrada de pedestres da ponte localizada entra a Cadman Plaza e a Washington Street.

Leia também: como utilizar o metrô em Nova York

 


Como fazer o passeio na Brooklyn Bridge


brooklyn

Sempre digo que o turista que viaja para Nova York deve planejar bem a viagem para aproveitar mais.

No caso da travessia da Brooklyn Bridge, o ideal é reservar um dia do roteiro, de preferência no final de semana, para poder curtir o passeio sem pressa e ainda aproveitar os arredores do Brooklyn.

A dica é atravessar a ponte no período da manhã, entre 9h e 11h, quando o movimento é mais tranquilo, ou no final da tarde, para apreciar o pôr do sol, mas já vai enfrentar um fluxo intenso de pessoas.

Se você deixar para ir à noite, vai curtir a cidade toda iluminada, mas não é a melhor experiência, porque o melhor do Brooklyn acontece de dia. Mas, se optar por esse período, vá sem medo, pois é um local seguro e iluminado.

Também aconselho preferir os dias ensolarados e sem neblina para aproveitar melhor a vista.

Para os dias quentes do verão, leve muita água, vista roupas leves e um tênis confortável.

Já no inverno, utilize jaquetas no estilo corta-vento, proteja as extremidades com gorro, luvas, cachecol e use segunda pele de calça e camiseta. O vento lá em cima é congelante. 

Se quiser comprar umas lembrancinhas de Nova York bem baratas, a dica é levar dinheiro em espécie, para aproveitar os chaveiros, imãs de geladeira, carrinhos, bonés, camisetas e outros itens das barraquinhas que ficam no começo da ponte no sentido Manhattan-Brooklyn. Vale muito a pena.

Leia também: onde fazer compras em Nova York

 


Como atravessar a ponte do Brooklyn a pé


pontos turisticos de nova york

O passeio pela ponte do Brooklyn a pé é grátis e, do local, é possível contemplar um visual incrível dos prédios de Manhattan e da Estátua da Liberdade, um pouco distante.

Para cruzar seus 1.834 metros, são gastos mais ou menos 50 minutos, dependendo da velocidade do passo e das paradas para fotos.

Ah, e não se preocupe com os carros (eles passam por baixo) e nem com as bicicletas (há uma ciclofaixa exclusiva na parte inferior para elas). Esses detalhes fazem toda a diferença na segurança.

Geralmente, os turistas preferem fazer a caminhada do Brooklyn até Manhattan, para tirar melhores fotos e aproveitar a leve inclinação nesse sentido, que ajuda um pouco na travessia.

Mas eu acho mais interessante fazer o trajeto contrário, ou seja, de Manhattan até o Brooklyn. Isso porque tem várias atrações imperdíveis no final da ponte.

Leia também: o que fazer no Brooklyn

 


Como atravessar a ponte do Brooklyn de bicicleta


Até 2021, atravessar a ponte do Brooklyn de bicicleta era um desafio. Não era por causa da subida ou algo semelhante, mas sim porque o mesmo espaço dos pedestres era dividido lado a lado com as bicicletas.

A ciclovia de duas mãos era tão estreita que não era possível duas bicicletas cruzarem ao mesmo tempo, o que ocasiona, muitas vezes, na “invasão” da faixa de pedestres e acidentes eram muito comuns.

Conforme pedidos de moradores, a prefeitura de Nova York construiu uma faixa exclusiva para as bicicletas na parte inferior da ponte, protegida dos carros, para deixar a travessia mais segura para os ciclistas.

Essa nova ciclovia ajuda muito todos que querem fazer o passeio de forma mais confortável, mesmo os turistas menos experientes na condução de uma bicicleta. 

Se você quer fazer esse passeio, é recomendado alugar a bike com antecedência para retirar na loja próxima a ponte do Brooklyn do lado de Manhattan e, assim, fazer a travessia e aproveitar as atrações pedalando.

Clique aqui para informações e reservas

A reserva inclui cadeado e capacete para utilização durante o período.

 


CHIP T-MOBILE | INTERNET ILIMITADA

Compre o chip de celular no Brasil com desconto de 10% e chegue nos EUA com internet ilimitada. Utilize o cupom: DICASNOVAYORK
 


O que fazer após a travessia da Brooklyn Bridge?


dumbo brooklyn

Às vezes me perguntam: por que atravessar uma ponte? Vale a pena o passeio da Brooklyn Bridge?

Em primeiro lugar, por causa do visual incrível de Manhattan que se tem a partir dela, além de toda a história envolvida na construção. E, depois, pelas atrações aos arredores do Brooklyn.

Por isso, a dica é atravessar no sentido Manhattan-Brooklyn para aproveitar as atrações com tranquilidade.

As principais atrações do passeio são:

  • Foto na Washington Street – DUMBO
  • Brooklyn Bridge Park
  • Jane’s Carousel
  • TimeOut Market
  • Brooklyn Flea: brechó ao ar livre

 


Foto na Washington Street – DUMBO


previsão do tempo em nova york

Não existe um lugar mais disputado para fotos no Brooklyn do que o endereço 22 Washington Street, no bairro conhecido como DUMBO, abreviação para Down Under Manhattan Bridge Overpass.

Essa rua é um clássico dos fotógrafos, porque a localização estratégica embaixo da Manhattan Bridge permite visualizar o Empire State Building em um ângulo perfeito, mesmo a quilômetros de distância do local.

E não tem jeito, precisa ter paciência e muita determinação para tirar uma foto sem ninguém, porque a rua fica tomada de visitantes para aproveitar esse cartão postal de Nova York.

Leia também: o que fazer no DUMBO

 


Brooklyn Bridge Park


o que fazer de graça em nova york

Sem dúvidas, o Brooklyn Bridge Park é um dos lugares mais incríveis para conhecer em Nova York.

Nos últimos anos, o parque recebeu grandes investimentos para sua expansão às margens do East River. Com isso, várias atividades foram instaladas para os visitantes aproveitarem em qualquer época do ano.

As crianças tem os playgrounds e os adultos podem organizar um piquenique no disputado gramado.

Mesmo assim, a principal atração do Brooklyn Bridge Park continua a vista incrível para Manhattan. Reserve um tempinho para sentar na grama ou nas pedras às margens do rio para curtir esse visual espetacular.

Assistir o pôr do sol do parque é algo que vai ficar marcado na memória de tão emocionante.

Leia também: parques em Nova York

 


Jane’s Carousel


Construído em 1922, o belíssimo carrossel é a diversão da criançada no Brooklyn Bridge Park e uma das atrações mais procuradas no DUMBO. O ingresso custa apenas $ 2 dólares e o funcionamento é o ano todo.

Mesmo para quem não quiser dar uma voltinha, as fotos do belíssimo carrossel com cavalos esculpidos em madeira já valem a visita.

Endereço: Old Dock St, Brooklyn – Brooklyn Bridge Park

 


Time Out Market


Time Out Market é um dos grandes destaques do DUMBO.

O food hall tem 21 restaurantes e 3 bares selecionados conforme a crítica especializada da revista Time Out. Uma verdadeira imersão gastronômica para aproveitar o melhor da culinária mundial.

No quinto andar tem um espaço ao ar livre, no melhor estilo rooftop e entrada gratuita, para beber um drink e curtir a vista dos prédios de Manhattan.

Endereço: 55 Water Street

Leia no blog: Time Out Market no Brooklyn

 


Feira com itens de brechó no D.U.M.B.O


Outra atração imperdível na região é a Brooklyn Flea, feirinha gastronômica e brechó.

Ela é realizada na Manhattan Bridge Archway Plaza (fica a menos de 10 minutos do Brooklyn Bridge Park). Mas atenção: só funciona aos domingos, de abril a outubro, das 10h às 17h.

Essa é uma feira de gastronomia e cultura alternativa, que começou em Williamsburg e agora está se popularizando por toda a cidade de Nova York.

Conta com diversas opções de barraquinhas com vendedores de artigos antigos, roupas e itens exclusivos.

Endereço: Manhattan Bridge Archway Plaza

 


Ponte do Brooklyn à noite


A ponta do Brooklyn à noite é muito bonita e iluminada, mas poucos turistas escolhem atravessar após escurecer porque tem dúvidas sobre a segurança e também se vale a pena fazer esse passeio noturno.

Quanto a segurança, por experiências próprias, pode dizer que a travessia é segura. O movimento à noite cai bastante, com poucos turistas, mas mesmo assim não é um local perigoso para frequentar.

Se vale a pena ou não, acredito que é mais interessante fazer a travessia de dia ou durante o pôr do sol, porque é quando tem mais oportunidades para tirar fotos e aproveitar as atrações aos arredores do Brooklyn.

Nova York tem a fama de ser a cidade que nunca dorme, mas muitos restaurantes e atividades fecham no DUMBO e região, assim que escurece e fica pouco atrativo para os turistas.

Por isso, quando perguntam se vale a pena fazer a travessia da Brooklyn Bridge à noite, respondo que vale muito mais a pena fazer o passeio de dia para aproveitar todas as atividades que o ponto turístico tem para oferecer.

A dica é tirar fotos embaixo da ponte do Brooklyn à noite, de preferência no Pier 17, no Seaport District.

Leia no blog: o que fazer em Nova York à noite

 


Dúvidas e curiosidades sobre a Ponte do Brooklyn


Quando a ponte do Brooklyn foi inaugurada?

A ponte foi aberta ao público no dia 24 de maio de 1883.

Qual a extensão da Brooklyn Bridge?

A ponte do Brooklyn tem 1.834 metros.

Quanto tempo leva para fazer a travessia a pé da ponte do Brooklyn?

A travessia a pé leva em média 40 minutos.

É perigoso atravessar a ponte do Brooklyn à noite?

Não é perigoso porque o local é iluminado e seguro, porém é mais interessante conhecer durante o dia.

Qual é a melhor forma de atravessar a ponte do Brooklyn?

Para os turistas é a pé para fazer paradas para fotos. Se preferir, também pode atravessar de bicicleta.

É verdade que 21 elefantes de um circo atravessaram a ponte?

Sim. Em maio de 1884, o prefeito teve essa ideia para mostrar a todos que a ponte era segura.

Quantas pessoas morreram na construção da ponte?

Não existe um número oficial, porém de 20 e 30 pessoas morreram durante a construção.

 


Guia de Bairros de Nova York


guia de bairros de nova york

O Dicas Nova York tem um e-book com mais de 200 páginas com todas as informações que você precisa para conhecer melhor a cidade.

No e-book você encontrará:

  • Dicas testadas e aprovadas nos 5 distritos da Big Apple;
  • Panorama geral sobre os principais bairros;
  • Listas do que fazer em Nova York, onde comer e onde ficar;
  • Como utilizar o metrô;
  • Uso do Google Maps na locomoção diária;
  • Cupons de descontos para economizar.

Clique aqui para adquirir o Guia de Bairros de Nova York

O Guia de Bairros de Nova York é sempre atualizado e totalmente interativo, para navegação em qualquer celular, tablet ou computador.

 


PLANEJAMENTO DE VIAGEM

GUIA DE BAIRROS: e-book com dicas do que fazer, onde comer e onde ficar

INGRESSOS: atrações de Nova York com valores em reais e 12 vezes

CHIP EUA: compre no Brasil com 10% de desconto. Cupom DICASNOVAYORK

SEGURO VIAGEM: faça uma cotação e contrate o seguro com 15% de desconto.

PASSE DE ATRAÇÕES:  SightSeeing Pass com 20% de desconto. Cupom DICASNOVAYORK 

HOSPEDAGEM: lista dos hotéis mais reservados pelos brasileiros em Nova York.

TRANSFER AEROPORTO: com motorista brasileiro e atendimento personalizado

CONTA EM DÓLAR: abra sua conta na NOMAD e receba $10 após remessa. Cupom DICASNY10

GRUPO DE WHATSAPP: Faça parte do grupo com dicas exclusivas para ajudar na sua viagem


Compartilhe

Fábio Angheben é jornalista e criador do Dicas Nova York. Apaixonado pela Big Apple, estuda muito e conhece em detalhes todas as ruas, histórias dos prédios, atrações e sonha um dia experimentar todos os hambúrgueres da cidade. Vive e respira Nova York todos os dias. Por isso, conta suas experiências no blog com muito carinho e atenção nos detalhes para a todos. Seu olhar ainda é de turista (talvez nunca perca isso) e adora trocar ideia sobre as experiências vividas em Nova York.

83 Comments

  • Responder fevereiro 20, 2020

    Miguel

    Oi, Fabio.
    Uma dúvida: Para pegar o ferry de volta, o metrocard de 7 dias é válido ou tenho que pagar os 4 dolares?
    Abraço

    • Responder fevereiro 21, 2020

      Fabio Angheben

      Olá Miguel, tudo bem?

      O ferry é um transporte à parte e não está incluído no metrocard.

      O valor é de $2,75 por trecho.

      Obrigado

      • Responder fevereiro 21, 2020

        Miguel

        Obrigado 🙂

  • Responder fevereiro 13, 2020

    Samuel Batista

    Olá, bom dia.
    Tudo bem?

    Eu fiquei com dúvida onde irei pegar essa balsa para voltar até Manhattan. Se possível, me envia a localização pelo google maps, por gentileza.

    • Responder fevereiro 14, 2020

      Fabio Angheben

      Olá Samuel, tudo bem?

      No final do post explico em detalhes como pegar o ferry até Manhattan.

      Pegue o ferry no Brooklyn Bridge Park e desça no pier 11 / Wall Street.

      Obrigado.

  • Responder janeiro 27, 2020

    Josely Marques

    Muito obrigada pelo retorno!! Só mais umas perguntinhas: altera muito se eu preferir ir de metrô pro Brooklyn e atravessar a ponte de lá pra Manhattan? Neste caso, qual linha de metrô pegar pra ir de Wall Street pra lá?

    • Responder janeiro 28, 2020

      Fabio Angheben

      Olá Josely, tudo bem?

      O roteiro continua o mesmo. Recomendo utilizar o Google Maps para traçar suas rotas de metrô de um local para outro.

      Obrigado.

  • Responder janeiro 25, 2020

    Josely Marques

    Olá!! Primeiro, obrigada por tanta informação que vc divide com a gente! Terei somente um dia completo em NY e estou tentando encaixar a travessia da ponte no meu roteiro. Qual seria a melhor ordem para visitar Estátua (essa eu prefiro ir bem cedinho pra evitar fila), Central Park, Museu de História Natural e Ponte do Brooklyn?? Tudo muito corrido, só para aguçar a vontade para uma próxima viagem!!

    • Responder janeiro 25, 2020

      Fabio Angheben

      Olá Josely, tudo bem?

      Eu que agradeço por acompanhar as minhas dicas.

      No seu caso, recomendo começar o dia às 8h30 da manhã na Estátua da Liberdade para pegar o primeiro barco até a ilha.

      No retorno, caminhar pela Wall Street, conhecer o touro da bolsa de valores e depois seguir para atravessar a ponte do Brooklyn.

      Pegue o metrô para retornar do Brooklyn até o Museu de História Natural (porque fecha às 17h) e depois aproveite o Central Park.

      Vai ser corrido, mas acredito que vai conseguir fazer todas essas atrações e ainda dar uma passadinha na Times Square.

      Obrigado.

  • Responder setembro 2, 2019

    Paula

    Olá! Já olhei tanto no google maps que parece que conheço a região. Mas ainda tenho dúvida de aonde fica a escadaria para acessar a Bridge? Só tem um ponto ou mais de um?
    Obrigada

  • Responder agosto 27, 2019

    Hilca

    Ola! Qual o melhor forma de transporte (metro ou balsa) para ir do Brooklin para a Estatua da Liberdade?

    • Responder agosto 27, 2019

      Fabio Angheben

      Olá Hilca, tudo bem?

      Você pode pegar o ferry que sai da região do DUMBO e descer no pier da Wall Street, próximo do Battery Park onde tem as saídas das balsas para a estátua.

      Obrigado.

  • Responder agosto 25, 2019

    Renata Leão de Oliveira

    Muitíssimo obrigada pela sua disposição em ajudar com descrições completas e dicas super úteis!

    Além de tudo isso, sempre vejo sua preocupação em responder a todos os comentários e sempre muito educado e gentil.

    Tem sido um prazer planejar o roteiro da nossa viagem em família baseado em todo o conteúdo disponível aqui.

    Um abraço!

    • Responder agosto 26, 2019

      Fabio Angheben

      Eu que agradeço tantas palavras de carinho pelo meu trabalho.

      Faço o blog com muita paixão, por isso é um prazer responder a todos as dúvidas sobre Nova York.

      Muito obrigado por compartilhar o planejamento da sua viagem com as dicas do blog.

      Conte comigo no que precisar.

      Obrigado.

  • Responder agosto 17, 2019

    Priscila

    Olá Fábio!
    Para ir da Região D.U.M.B.O até Fulton Street Mall é muito longe? Dá para ir a pé ou é necessário pegar o Metrô? Estou querendo ir até a ponte do Brooklyn, passear pela Região DUMBO e ir até Fultton Street Mall logo depois. Consigo fazer esse trajeto tranquilamente?
    Adoro seu Blog!
    Obrigada pela resposta

    • Responder agosto 19, 2019

      Fabio Angheben

      Olá Priscila, tudo bem?

      Muito obrigado por acompanhar minhas dicas.

      É uma caminhada boa! Melhor atravessar a ponte, curtir o DUMBO e depois pegar um metrô até a Fulton Street.

      Você consegue fazer esse passeio mais tranquilo dessa maneira.

      Obrigado.

  • Responder julho 26, 2019

    Lydiane

    Olá Fábio, amando as dicas…e fazendo meu roteiro todinha com elas rsrs, mas gostaria de uma sugestão. Estou querendo ir visitar o The Broklyn Tabernacle no domingo e estava pensado em fazer a travessia da ponte depois, seria bacana?? Daria pra fazer?? E antes de atravessar o que poderia aproveitar do lado do Brooklyn?

  • Responder julho 24, 2019

    Mónica Gonçalves

    Ola
    Se passar de carro qual é o valor?

    • Responder julho 24, 2019

      Fabio Angheben

      Olá Monica, tudo bem?

      A ponte não tem pedágio ou nenhuma outra cobrança para passar de carro.

      Obrigado.

  • Responder junho 29, 2019

    Bruno Rodrigues Lopes

    Oi Fábio! Obrigado pelas dicas! Eu queria saber se há como alugar a bicicleta perto da ponte do Brooklyn e usá-la também para pedalar, além da ponte, pelo Central Park?

    • Responder junho 29, 2019

      Fabio Angheben

      Olá Bruno, tudo bem?

      Eu que agradeço por acompanhar minhas dicas.

      Você pode retirar a bicicleta na loja próxima da Brooklyn Bridge e entregar na unidade próxima do Central Park.

      O aluguel é válido para o dia todo, então quanto mais você aproveitar melhor.

      Obrigado.

  • Responder junho 12, 2019

    Ana

    Olá Fabio, suas dicas tem sido muito úteis!!!
    Existe um barco/balsa que sai de manhattan e chega no brooklyn perto de DUMBO?
    Gostaria de aproveitar essa parte da cidade e depois ir a williamsburg, mas sem fazer a travessia da ponte a pé ou de bike. Qual sua sugestão? para chegar a williamsburg estando em DUMBO também serio de barco?
    Obrigada!!!

    • Responder junho 13, 2019

      Fabio Angheben

      Olá Ana, tudo bem?

      Minha recomendação é pegar o ferry no pier do DUMBO/Brooklyn Bridge Park e descer no pier North Williamsburg próximo do East River Park, onde acontece a feira Smorgasburg.

      Obrigado.

      • Responder janeiro 21, 2020

        Ana Cláudia Lacerda

        Olá Fabio, estou indo com meus filhos na próxima semana, gostaria de saber se é viável a travessia a pe nessa época do ano por causa do frio.
        Obrigada
        Ana

        • Responder janeiro 22, 2020

          Fabio Angheben

          Olá Ana, tudo bem?

          O inverno é bem rigoroso nessa época, porém os dias estão lindos de sol e céu azul.

          É possível fazer a travessia, porém recomendo usar roupas térmicas e jaquetas que protegem contra o vento, principal fator que atrapalha a travessia.

          Obrigado.

  • Responder abril 23, 2019

    Tatiana

    Olá! Estava pensando em atravessar a ponte do Brooklyn a pé no sábado de manhã, conhecer o parque e ir para a feira de Smorgasburg. O melhor jeito é ir do parque para a feira é de balsa? Vale à pena? Ou a feira de domingo é melhor?

    • Responder abril 25, 2019

      Fabio Angheben

      Olá Tatiana, tudo bem?

      A feira de sábado é mais movimentada em Williamsburg e você aproveita para conhecer o bairro que é bem legal.

      Você pode ir de metrô ou de balsa, para aproveitar o passeio diferente pelos rio.

      Obrigado.

  • Responder abril 10, 2019

    Marcos Moreira

    Olá Fábio. Tenho duas dúvidas a respeito do aluguel das bikes:
    1) É possível reservar a bike, pegar na loja próxima à ponte do Brooklyn e entregar na loja do Central Park?
    2) Se eu reservar o Daypass (das 9h às 18h) e chegar atrasado para pegar a bike, tem algum problema? Pois pretendo alugar no meu primeiro dia em NY, mas tenho medo de algum atraso na chegada do voo…

    • Responder abril 10, 2019

      Fabio Angheben

      Olá Marcos, tudo bem?

      Vou ajudar nas suas dúvidas:

      1) É possível sim. A empresa Unlimited Biking tem outras lojas e você pode entregar na outra loja, porém eles cobram um pequeno taxa de retorno que não sei exatamente o valor.

      Você pode reservar o DAYPASS e retirar a bike o horário que preferir, não precisa ser às 9h da manhã.

      Obrigado.

      • Responder abril 10, 2019

        Marcos Moreira

        Muito obrigado, Fábio.
        Parabéns pelo site. Continue fazendo esse belo trabalho…

  • Responder fevereiro 21, 2019

    FABIANA

    A sorveteria Brooklyn Ice Cream Factory fechou ?

    • Responder fevereiro 21, 2019

      Fabio Angheben

      Olá Fabiana, tudo bem?

      Está aberta. No inverno costuma abrir mais tarde, após às 13h.

      Obrigado.

  • Responder fevereiro 18, 2019

    Ana Paula

    Oiii Fábio…
    Estou indo a NY agora no início de Março… estou adorando suas dicas!
    Vc acha que da pra fazer a travessia da ponte com crianças??

    • Responder fevereiro 18, 2019

      Fabio Angheben

      Olá Ana Paula, tudo bem?

      Que demais! Fico feliz em ajudar.

      Março as temperaturas ainda estão baixas, portanto é importante proteger as crianças com roupas adequadas quando estiverem nas ruas.

      Já na Brooklyn Bridge recomendo vestir jaqueta que corta o vento e isola o calor do corpo, porque assim vai ficar mais protegida para a travessia.

      Fora isso, o passeio é sensacional com as crianças, porque não é cansativo, menos de 2km a criançada leva de letra. Vejo muita gente com carrinho de bebê e tudo mais.

      Para fazer a travessia mais tranquila, vá logo pela manhã.

      Obrigado.

  • Responder fevereiro 14, 2019

    Erika

    Parabéns e obrigada pelas dicas…Mas….eu não posso morrer com esta dúvida…rs…seguinte…Eu estive há algumas semanas atrás. Como estava sem internet no celular, eu printei suas dicas e as levei comigo para a travessia. Ao terminar (sentido Brooklin) segui tua dica e virei à direita. Bem…virando à direita não encontrei parque algum…aliás não encontrei nada 🙁 Fiquei perdida por ali até encontrar um sinal de Wi-Fi para tentar me localizar. Estava sozinha e realmente aquele não era meu dia….por conta do frio intenso meu celular literalmente morreu. Fiquei com medo por estar perdida e sem celular e saí então perguntando por uma estação de metrô para retomar a Manhattan. No seu post parecia ser tão fácil encontrar o parque, a sorveteria, a pizzaria, o carrossel…que fiquei pensando….será que na verdade não é à ESQUERDA que deveria ter ido ao final da travessia? Fico bolada com isso até hoje

    • Responder fevereiro 14, 2019

      Fabio Angheben

      Olá Erika, tudo bem?

      Muito obrigado pela mensagem e vou ajudar você a não morrer com essa dúvida.

      Oriento no post virar a direita da Brooklyn Bridge, após a travessia no sentido Manhattan-Brooklyn, para depois seguir no sentido do rio East e chegar no Brooklyn Bridge Park.

      Lá vai encontrar a sorveteria, as pizzarias e tudo mais.

      Mesmo à esquerda da ponte você deveria ter encontrado a região do DUMBO, outra área bem interessante e cheia de coisas para fazer.

      Achei muito estranho você não ter encontrado “vida” no seu passeio, porque o Brooklyn está sempre movimentado e cheio de coisas para fazer.

      Coloquei no Google Maps para você facilitar o que expliquei: https://goo.gl/maps/Cx5aJzvHSmK2

      Espero que você possa retornar em breve a Nova York e curtir todas as atrações do Brooklyn que são incríveis, principalmente no verão.

      Obrigado.

    • Responder fevereiro 16, 2019

      Andressa

      Também entendi a sua duvida ao ler, ainda não fui pra lá, mas estou acompanhando tudo rsrs… pelo youtube vi o vídeo de um japonês que ele faz o sentido Manhattan – Brookling , nisso, tem um trajeto ao final dela, que a grade do meio te faz ir pra um SUBSOLO à esquerda, ou ir para direita da grade, terminando a ponte. O que ele diz aqui no Blog, é justamente isso que “falta’, essa divisão por uma CERCA/GRADE ao final da ponte sentido Brookling, e você deve manter o lado ESQUERDO da GRADE, descer uma escadaria meio tenebrosa rsrs… e virar para direita da PROSPECT STREET e OLD FULTON STREET, daí dá certinho na rua ao final no Parque Brookling Bridge. Olhei pelo Google Maps, após ver o vídeo completo dos 29 minutos de travessia do japonês (rsrsrs….) e ver que tinha essa tal grade no final da travessia já no Brookling, pegando a direita da grade, você não sai embaixo da ponte para virar a direita, você vai parar lá nos confins da terra menina haha.. já vou preparada!

      Detalhes que fazer a diferença, o seu comentário sobre sua dúvida, e não ter conexão de internet, me fez rever a minha rota, que li aqui no Blog, e checar essa sutil questão da grade, e agora ir certeira na rua que ele indica, MUITO OBRIGADA 😉 se você não escrevesse… 😉 eu seria mais uma perdida, apesar que eu usaria o google maps, mas nunca sabemos né?! Bjs

      • Responder fevereiro 18, 2019

        Fabio Angheben

        Olá Andressa, tudo bem?

        A passagem de pedestres termina nesse pequeno túnel, mas não é nada perigoso, apenas um local embaixo de uma ponte.

        O importante é saber que as atrações ficam ao lado direito da ponte, no sentido Manhattan-Brooklyn e descer no sentido do rio para acessá-las.

        Com o Google Maps fica muito mais fácil mesmo, por isso não deixe de viajar com celular e um chip de internet.

        Obrigado.

  • Responder fevereiro 6, 2019

    Maria Helena Pereira

    Olá,
    Estou com uma dúvida, li no blog que a feirinha de Smorgasburg é no DUMBO, perto da Brooklyn Bridge, mas li em outros sites e blogs que fica no East River Park, perto da ponte de Willimsburg. Mudou para DUMBO? Estou indo em abril e gostaria de ter certeza..Inclusive li que domingo é no Prospect Park e que no East River (?) ou DUMBO, no sábado.
    Obrigada
    Maria Helena

    • Responder fevereiro 6, 2019

      Fabio Angheben

      Olá Maria Helena, tudo bem?

      A feirinha gastronomica de Smorgasburg é realizada de Abril a Outubro, aos sábados no Kent Park em Williasmburg e aos domingos no Prospect Park no Brooklyn.

      No DUMBO também é realizada, aos domingos, uma feira que mistura gastronomia e brechó embaixo da Manhattan Bridge chamada Brooklyn Flea, que percente ao grupo da Smorgasburg.

      Esse post tem todas dicas e informações da Smorgasburg: https://dicasnovayork.com.br/smorgasburg-feira-gastronomica-brooklyn/

      Obrigado.

      • Responder fevereiro 13, 2019

        Maria Helena

        Obrigada Fabio!

  • Responder janeiro 25, 2019

    Sergio Merçon

    Fábio, muito obrigado pelas dicas. Estou indo pra NY e seu blog está me ajudando muito a programar meus passeios. No início de Fevereiro é possível atravessar a ponte à pé ou existe alguma restrição?

    • Responder janeiro 28, 2019

      Fabio Angheben

      Olá Sergio, tudo bem?

      Muito obrigado por acompanhar minhas dicas do blog. Saiba que é um prazer ajudar! 🙂

      Para fazer travessia da Brooklyn Bridge no inverno é necessário uma proteção extra na roupa, principalmente contra o vento que faz a sensação térmica ser ainda mais baixa.

      Porém, você consegue aproveitar o passeio, principalmente nos dias de céu azul, muito comum no inverno.

      Obrigado.

  • Responder janeiro 15, 2019

    aline izzo

    Fabio, estou indo para NY mes que vem em fevereiro… voce acha viavel fazer o passeio com bicicletas nessa epoca do ano? Seu blog é MARAVILHOSO e está me ajudando demais

    • Responder janeiro 15, 2019

      Fabio Angheben

      Olá Aline, tudo bem?

      Muito obrigado por acompanhar minhas dicas.

      Em fevereiro o inverno é bem intenso, mas é possível fazer o passeio de bicicleta, desde que você utilize roupas térmicas e apropriadas para enfrentar as baixas temperaturas.

      A vantagem que em fevereiro, por ser baixa temporada, a ponte fica mais “vazia”.

      Agradeço mais uma vez por acompanhar o blog.

  • Responder novembro 28, 2018

    Viviane

    Oi Fabio, tudo bem?

    Estou amando todas as dicas, ajuda muuuito a organizar um roteiro!

    Parabéns pelo trabalho incrível, pela dedicação e pelas riquezas de detalhes.

    Eu não terei tempo de conhecer o Brooklyn, mas gostaria muito de ver a ponte, mesmo que de longe. Vc sugere algum ponto estratégico para vê-la ali pelo Distrito Financeiro?

    Muito Obrigada!

    Sucesso!

    • Responder dezembro 4, 2018

      Fabio Angheben

      Olá Viviane, tudo bem?

      Muito obrigado pela mensagem. Fico muito feliz em saber que estou ajudando no seu roteiro.

      Meu trabalho todos os dias é justamente ajudar, com minhas dicas, todos que pretendem visitar Nova York. 🙂

      Perto do Distrito Financeiro você pode ir a pé para às margens do rio e ficar literalmente embaixo da ponte. Já vai ter uma experiência incrível.

      Procure pelo South Street Seaport que é o pier embaixo da ponte.

      Obrigado.

  • Responder outubro 2, 2018

    charles aneas

    Boa noite, gostaria de saber o local exato da SMORGASBURG NO BROOKLYN, se fica no PROSPECT PARK OU DUMBO Archway, 155 Water St, Brooklyn, NY 11201, EUA.
    Obrigado.

    • Responder outubro 3, 2018

      Fabio Angheben

      Olá Charles, tudo bem?

      A Brooklyn Flea acontece aos domingos no Dumbo Archway e a Smogasburg no Prospect Park, também aos domingos.

      Obrigado.

  • Responder agosto 19, 2018

    Victor Cutait

    Boa noite, gostaria de saber se vc ja fez a travessia e foi almoçar no Peter Luger?
    Pelo que vi sao bem próximos , vc sabe falara se e possível fazer a pe? Pensei em ir pela manha no ground zero e após a visita ao museo e ao mirage, atravessar a ponte e almoçar no Peter Luger. O que acha? Alguma sugestão?

    • Responder agosto 19, 2018

      Fabio Angheben

      Olá Victor, tudo bem?

      O Pete Lugar é sensacional, sem dúvidas o melhor restaurante de carnes de Nova York.

      Porém, ele fica em Williamsburg e não é próximo da Brooklyn Bridge para ir a pé, aproximadamente uns 4km.

      Recomendo utilizar o metrô ou para chegar mais rápido, utilizar um UBER.

      Nesse mapa do Google Maps você consegue consultar a distância: https://goo.gl/maps/WPuUD9ikLYz

      Obrigado.

      • Responder outubro 19, 2018

        Victor Cutait

        Fabio, obrigado!!!
        Voce acha mais interessante fazer o ground zero e atravessar a ponte, a pe ou de bike depois ir ao restaurante?
        Ou seria melhor fazer o ground zero pegar um uber ate o restaurante, sair tomar um sorvete e depois atrvessar a ponte?
        Parabens pelo site!!!

        • Responder outubro 19, 2018

          Fabio Angheben

          Olá Victor, tudo bem?

          O Peter Luger é sempre bem cheio e sem possibilidade de reserva. Então é bom você ir lá sem pressa.

          Melhor você conhecer o ground zero, ir até o restaurante e depois passear pelo Brooklyn e fazer a travessia. Vai até ajudar na digestão, porque é muita comida no restaurante.

          Muito obrigado por acompanhar o site. 🙂

  • Responder agosto 9, 2018

    Tassia

    Estou amando o site, de todos os que pesquisei é o mais completo e mais explicativo, os endereços de tudo estão me ajudando muito a montar o meu roteiro! Parabéns pelo site maravilhoso!
    Estou planejando fazer a travessia da ponte no sábado e já aproveitar para ir a feira gastronômica. É tudo perto para ir a pé?

    Desde já agradeço!

    • Responder agosto 9, 2018

      Fabio Angheben

      Olá Tassia, tudo bem?

      Muito obrigado pela mensagem, é tão bom saber que estou ajudando no seu roteiro. 🙂

      Se você quer fazer a travessia em um sábado, vai ter que ir na feirinha Smorgasburg de Williamsburg, que é longe para ir a pé, somente de metrô ou UBER.

      Lembrando que a feira fica aberta de abril a começo de novembro. 🙂

      No blog tem dicas sobre a feira gastronômica e como chegar: https://dicasnovayork.com.br/smorgasburg-feira-gastronomica-brooklyn/

      Obrigado.

  • Responder julho 7, 2018

    Priscila

    Amei as dicas!
    Estou planejando uma viagem à Nova Iorque, para o ano que vem. E esse blog tem dicas maravilhosas. Amey!

    • Responder julho 9, 2018

      Fabio Angheben

      Olá Priscila, tudo bem?

      Eu que agradeço muito por acompanhas minhas dicas e experiências.

      Tenho certeza que vai aproveitar muito sua viagem o ano que vem e você está certíssima em já começar sua programação de forma antecipada.

      Obrigado mais uma vez. 🙂

  • Responder junho 27, 2018

    Edinalva França Costa

    Olá, gostaria de agradecer suas dicas e orientações. Fiz a caminhada na ponte do Brooklin seguindo suas orientações e deu tudo muito certo. Foi um dia proveitoso e explorei cada cantinho.

    • Responder junho 28, 2018

      Fabio Angheben

      Olá Edinalva, tudo bem?

      Excelente começar a semana com seu comentário. Fiquei muito feliz em saber que seguiu minhas dicas e deu tudo certo.

      A Brooklyn Bridge é um dos meus passeios favoritos em Nova York e não canso nunca de fazer.

      Obrigado mais uma vez.

  • Responder junho 2, 2018

    Carol

    Boa noite! O código promocional dá como não válido. Sabe se ainda está rolando? Queria desconto no day pass 🙁

    • Responder junho 2, 2018

      Carol

      Cuidado com a burra hehe consegui! estava colocando no campo de gift card ao invés de voucher. Obrigada!!

      • Responder junho 4, 2018

        Fabio Angheben

        Olá Carol, tudo bem?

        Que bom que deu tudo certo com o código de desconto! Espero que aproveite muito seu passeio de bicicleta no Central Park.

        Obrigado.

  • Responder maio 20, 2018

    Bruno

    Olá Fábio!
    Revirei a internet, mas não descobri se o Pier 17 já está funcionando normalmente. Você sabe me dizer? Mais uma vez, obrigado!

    • Responder maio 21, 2018

      Fabio Angheben

      Olá Bruno, tudo bem?

      Essa região de South Street Seaport está toda revitalizada e dizem que o Pier vai abrir nesse verão (junho/julho) com muitas novidades.

      Vamos aguardar!

      Obrigado.

  • Responder maio 1, 2018

    Bruno

    Oi Fábio. Parabens pelo excelente site sobre ny!
    Vc sabe se a loja de aluguel de bike funciona normalmente aos domingos?
    Obrigado

    • Responder maio 3, 2018

      Fabio Angheben

      Olá Bruno, tudo bem?

      Muito obrigado pelo comentários e fico feliz em ajudar sempre.

      Sim, a loja funciona normalmente aos domingos, inclusive é um dos dias mais movimentados.

      Obrigado.

  • Responder dezembro 6, 2017

    Lidiane

    Fábio,
    Muito obrigada por todas as dicas!
    Fui pra Nova York em setembro e atravessei a ponte de bicicleta. Usei seu código no site da Brooklyn Bridge SightSeeing e foi tudo perfeito! Usei também o código para alugar a bicicleta perto do Central Park, o que também foi uma ótima experiência!
    Parabéns pelo blog!

    Lidiane.

    • Responder dezembro 6, 2017

      Fabio Angheben

      Olá Lidiane, tudo bem?

      Eu que agradeço pelo retorno e por seguir minhas dicas do blog.

      Essas experiências são inesquecíveis e vale muito a pena! 🙂

      Mais uma vez, muito obrigado por acompanhar o blog e conte comigo sempre.

  • Responder outubro 1, 2017

    carol

    Muito obrigado pelas dicas maravilhosas!!!!
    Adoro o site de vcs!!!
    Estou de viagem marcada em dezembro….
    Vc sabe me dizer se dá pra atravessar a ponte no inverno, e se é um passeio agardável mesmo assim rs

    Obrigadoooooooo

    • Responder outubro 1, 2017

      Fabio Angheben

      Olá Carol, tudo bem?

      Eu que agradeço a confiança no blog e por acompanhar as minhas dicas e experiências. 🙂

      Dezembro faz bastante frio, mas é possível fazer todas as atrações externas com tranquilidade. Você precisa apenas utilizar roupas adequadas, principalmente aquelas jaquetas que cortam o frio que vem dos rios, luvas, gorro e cachecol porque é o vento que incomoda bastante.

      Fora isso, você pode colocar no seu roteiro a travessia que será um passeio incrível. 🙂

      Obrigado.

  • Responder outubro 1, 2017

    Patricia

    Bom dia!
    Aos sábados a feira funciona em williamsburg, né?

    Obrigada

  • Responder outubro 1, 2017

    Patricia

    Bom dia,
    Gostaria de fazer a ponte do Brooklin de bicicleta e aproveitar para visitar a região de williamsburg.
    Para isso, é possível devolver a bicicleta do outro lado da ponte?

    Obrigada

    • Responder outubro 1, 2017

      Fabio Angheben

      Olá Patricia, tudo bem?

      Você pode pegar a bicicleta na lojinha do Brooklyn Bridge SightSeeing que informo no post, atravessar a ponte, subir até Williamsburg e depois voltar de ferry do pier North Williamsburg e descer no Pier 16 em Manhattan (ao lado da loja de aluguel).

      Se você gosta de andar de bicicleta é um passeio incrível e recomendo, porque as bikes são novas e muito confortáveis.Tente chegar cedo, para pegar a ponte menos movimentada e atravessar com mais tranquilidade.

      Aproveite o desconto do blog para reservar com 50% de desconto. 🙂

      Se precisar de ajuda, conte comigo.

      Obrigado.

      • Responder outubro 8, 2017

        Patricia

        Obrigada Fabio. Mas gostaria de andar à pé na região. Como por exemplo, ir na cervejaria Brooklyn Brewers, a feira e no roof top no fim do dia. É seguro deixar a bicicleta em algum lugar?

        • Responder outubro 8, 2017

          Fabio Angheben

          Olá Patricia, tudo bem?

          Você pode andar a pé pela região, sem problema algum, é bem agradável e segura.

          Da Brooklyn Bridge até a Brooklyn Brewery é uma boa caminhada, você pode deixar sua bike presa com o cadeado (solicite no momento de retirar a bicicleta) e prender em algum poste ou algum cercadinho público.

          Geralmente, tem pequenos bicicletários nas ruas, porque em Williamsburg é muito comum utilizar a bicicleta para locomoção.

          Obrigado.

  • Responder julho 17, 2017

    Norma

    Oiii, td bem? Vc sabe se é possível alugar a bike com cadeirinha para crianca de 1 ano e meio? Mto obrigada!!!

    • Responder julho 17, 2017

      Fabio Angheben

      Olá Norma, tudo bem?

      Eles tem sim, em uma quantidade limitada.

      Por isso, recomendo reservar antecipadamente online para aproveitar o desconto de 50% e também reservar a cadeirinha.

      As escolher a opção de DAY PASS, faça a seleção na caixinha “Would you like to add a Baby Seat?” para reservar.

      Se precisar de ajuda, estou à disposição.

      Obrigado.

Leave a Reply