New York City Pass: atrações, quanto custa, como funciona

new york city pass

O New York City Pass é um dos passes de atrações mais utilizados de Nova York.

Com as vantagens de ser muito fácil de usar e incluir os pontos turísticos mais visitados, o passe permite economia de até 50% em relação aos ingressos avulsos, além de acessos exclusivos nas bilheterias, a fim de evitar as enormes filas.

Para conferir se o CityPASS vale mesmo a pena, fiz um teste completo em todas as atrações incluídas, informações do funcionamento, dicas de utilização e muito mais.

Resumo do post sobre o New York City Pass. 

– O que é o New York City Pass

– Como funciona o City Pass

– Atrações do New York City Pass

– Como utilizar o CityPASS nas atrações

– Quanto economizar com o City Pass

– Onde comprar o New York City Pass

– Diferenças entre CityPASS x New York Pass

– New York City Pass vale a pena?


O que é o New York City Pass


new york city pass

Muitos dizem que o New York City Pass é o passe oficial da cidade de Nova York. Essa afirmação não está correta, porque não existe esse título para nenhum passe de atrações.

O que posso dizer que o CityPASS é a opção mais escolhida pelos visitantes, já que as principais atividades da cidade estão incluídas no passe, o que facilita bastante a utilização.

Para quem não conhece, esses produtos são criados com o objetivo de facilitar o dia a dia do turista.

Neles estão incluídos os ingressos das atrações, sem a necessidade de pagar nenhum valor adicional ou comprar as entradas nas bilheterias.

Bom ressaltar que esse é um produto sério, muito respeitado e utilizado em várias cidades dos Estados Unidos, e não tem nenhum tipo de “pegadinha” para enganar os turistas ou algo do tipo.

As vantagens do New York City Pass são:

– Ingressos para os principais pontos turísticos de Nova York
– Economia de até 50% em relação aos ingressos avulsos
– Guichês especiais para “furar filas” nas atrações
– Prazo de até 9 dias para fazer as atrações, após a ativação


Como funciona o City Pass


new york city pass

O passe é um QR Code (código de leitura) para apresentar nas bilheterias, sem a necessidade de nenhum outro pagamento ou comprovação.

Ao adquirir o New York City Pass, automaticamente, já vem os ingressos das 6 principais atrações de Nova York para visitar do jeito que preferir dentro da sua viagem.

Esse combo de atividades ajuda bastante quem tem dúvidas do que fazer em Nova York, já que no CityPASS estão todas as atividades mais visitadas pelos turistas.

A compra pode ser realizada com 6 meses de antecedência da data da viagem, um facilitador para planejar os dias na Big Apple de acordo com as suas preferências.

Após a primeira utilização em uma das atrações, começa a contar o prazo de 9 dias corridos para expiração. Ou seja, será necessário fazer as visitas dentro desse período.

Não existe um limite de atrações a serem visitadas a cada dia. Caso tenha tempo e disposição, poderá conhecer o máximo de lugares que desejar. Só não pode repetir!

Importante ressaltar que as atividades do passe não aceitam reservas antecipadas. 

Apenas o observatório do Top of the Rock tem agendamento, o qual vou explicar abaixo.

O CityPASS é nominal ao comprador, não importa quantos adquirir, mas isso não é problema porque a utilização não está atrelada ao nome e sim ao portador.


Atrações do New York City Pass


new york city pass

O CityPASS conta com 9 atrações, porém apenas 6 atividades podem ser visitadas.

Isso porque, é necessário fazer três escolhas entre uma outra, no momento da utilização do passe, sem a necessidade reservas ou antecedência.

Vou explicar melhor como funcionam, assim vai ficar mais fácil.

As 9 atrações incluídas no New York City Pass são:

– Estátua da Liberdade ou Cruzeiros da Circle Line
– Observatório Top of the Rock ou Museu Guggenheim
– Museu do 11 de Setembro ou Intrepid Museum Sea, Air & Space
– Observatório Empire State Building
– The Metropolitan Museum of Art
– Museu Americano de História Natural

De qualquer forma, apenas 6 atrações estarão disponíveis para visitação, porque em três opções é necessário escolher entre uma e outra. 

São os casos das atividades:

– Estátua da Liberdade ou Cruzeiros da Circle Line

new york city pass

Pode optar pelo ingresso que inclui o passeio de ida / volta e desembarque na ilha da Estátua da Liberdade.

Ou fazer um dos cruzeiros da Circle Line, principal empresa de barcos em Nova York.

O passeio até a Estátua da Liberdade é um dos passeios mais disputados de Nova York, porém muita gente não faz questão de conhecê-la. 

new york city pass

Nesse caso, a flexibilidade de optar por um cruzeiro da Circle Line é uma grande vantagem do City Pass, sem precisar pagar nada a mais por isso.

– Observatório Top of the Rock ou Museu Guggenheim

rockefeller center

Pode escolher em visitar o deque de observação do Top of the Rock, localizado no complexo do Rockefeller Center.

Ou conhecer as exposições de arte do Museu Guggenheim.

new york city pass

Nesse caso, a tendência de escolha é pelo observatório do Top of the Rock, por ser uma atração com valor mais elevado. Só que essa é uma decisão pessoal.

– Museu do 11 de Setembro ou Intrepid Museum

Museu do 11 de Setembro

O museu do 11 de setembro conta com exposições sobre os atentados às Torres Gêmeas.

Ou conheça o Intrepid, um porta-aviões da Segunda Guerra Mundial e da Guerra do Vietnã com exposições de aviões de combate, submarino nuclear e muito mais.

new york city pass

Nesse caso, a flexibilidade é bem interessante porque muitos turistas preferem não ir ao Museu do 11 de Setembro por estar com crianças. 

Já o Intrepid é uma atividade bem interessante para visitar com os pequenos.


Como utilizar o CityPASS nas atrações


empire state building

A dúvida mais recorrente é como utilizar e como funciona o City Pass nas atrações.

Para acabar de vez com essas questões, visitei todas as atividades do passe, uma a uma, e assim pude conferir de perto como é o funcionamento do famoso New York City Pass.

De cara afirmo que o produto é muito vantajoso, em qualquer época do ano, porque quando não há filas nas atrações, a vantagem é a economia de até 50% nos valores dos ingressos.

Já em alta temporada ( principalmente de maio a dezembro) o CityPass ajuda a “furar” as enormes filas das bilheterias, sem deixar de lado a economia de dezenas de dólares.

Cada atividade de Nova York tem suas regras e peculiaridades. Vou descrever uma a uma, de acordo com a minha experiência, em plena alta temporada em Nova York.


CHIP T-MOBILE | INTERNET ILIMITADA

Compre o chip no Brasil com desconto de 10% e chegue nos EUA com internet ilimitada no celular. Utilize o cupom: DICASNOVAYORK
 


City Pass: Visita à Estátua da Liberdade


new york city pass

Na visita à Estátua da Liberdade, o New York City Pass inclui:

– Passeio de ida e volta com o barco da Statue Cruises 
– Ingresso geral à ilha da Estátua da Liberdade
– Acesso ao Museu da Estátua da Liberdade
– Desembarque em Ellis Island e entrada no Museu da Imigração

new york city pass

Para ter acesso a atração, é necessário apresentar o City Pass em qualquer guichê da bilheteria dentro do Castle Clinton, no Battery Park, e trocar pelos ingressos oficiais.

A bilheteria abre às 7h45. Recomendo chegar entre 8h e 8h30 (no máximo) para não pegar filas e embarcar no primeiro barco da Statue Cruises que sai às 9h da manhã.

Após às 10h, as filas são enormes, com tempo de espera aproximado de 2 horas.

new york city pass

O ingresso é na modalidade Flex que, após trocado na bilheteria, pode ser utilizado para embarcar no cruzeiro, em até 3 dias consecutivos, na fila identificada com a bandeira FLEX.

Nenhum passe de atrações tem preferência na bilheteria ou na fila de embarque. 

Todos, sem exceção, são obrigados a passar no rigoroso procedimento de segurança, igual de aeroporto, antes do embarque no barco da Statue Cruises.

Evite carregar bolsas e sacolas grandes, além de líquidos, materiais cortantes e etc.

new york city pass

Apesar de muitas restrições, vi muitos com o selfie stick, o famoso pau-de-selfie. Guarde fechado durante a inspeção de segurança para não ter problemas com esse acessório.

O museu da Estátua da Liberdade é uma atração dentro da Liberty Island, incluída no ingresso comum, sem a necessidade de nenhum pagamento adicional.

As visitações ao pedestal e a coroa da Estátua da Liberdade não estão disponíveis em nenhum passe de atrações, porque devem ser reservados com meses de antecedência, apenas no site oficial, sem nenhuma possibilidade de upgrade na bilheteria.

Já o Museu da Imigração é uma visita totalmente opcional. Caso não queira conhecê-lo, no retorno, basta continuar no barco da Statue Cruises e desembarcar no Battery Park.

O tempo de visitação à Estátua da Liberdade é de aproximadamente 4 horas.

Saiba mais sobre a Estátua da Liberdade com o CityPass


City Pass: Cruzeiros da Circle Line

new york city pass

Se não está nos seus planos conhecer o monumento da Estátua da Liberdade, poderá optar em fazer um dos cruzeiros da Circle Line, incluídos no mesmo ingresso do City Pass.

Bom ressaltar que uma opção anula a outra, ou seja, se escolher o Circle Line, não poderá fazer o passeio da Estátua da Liberdade com o passe de atrações.

new york city pass

No Circle Line, apresente o New York City Pass na bilheteria VIP, localizada no Pier 83 – Hudson River, com 45 minutos de antecedência do horário marcado.

São 3 opções de passeios de barco para escolher apenas uma:

new york city pass

– Liberty Cruise

Passeio pela manhã de 1 hora de duração com vistas de Nova York e Estátua da Liberdade.

Esse cruzeiro não desembarca na Liberty Island, apenas passa próximo ao monumento.

O horário de saída regular é às 10h (consulte a programação)

– Landmark Cruise

new york city pass

Passeio à tarde de barco com duração de 1h30min pelos pontos turísticos de Nova York.

O horário de saída regular é às 15h30 (consulte a programação)

– Harbor Lights Cruise

harbor lights

Passeio noturno com duração de 2 horas pelos principais pontos turísticos de Nova York.

O horário de saída regular é às 19h (consulte a programação).

O New York City Pass inclui apenas os cruzeiros regulares. Não estão incluídos passeios de barco festivos como 4 de julho, Thanksgiving, Natal ou qualquer outro desse tipo.

Recomendo chegar com antecedência na bilheteria para apresentar o CityPASS e trocar pelos ingressos, porque os cruzeiros da Circle Line são muito procurados.

Essa opção vale a pena para quem já conhece a Estátua da Liberdade ou não faz questão de desembarcar na ilha para conhecer o monumento.

Saiba mais sobre o Circle Line com o CityPass


City Pass: Observatório Top of the Rock


new york city pass

Na visita ao observatório Top of the Rock, o New York City Pass inclui:

– Ingresso geral ao deque de observação
– Acesso aos 67º, 69 e 70º andares da atração

Por medidas de segurança, o observatório Top of the Rock é a única atração que necessita agendamento antes da visita.

O agendamento pode ser realizado na bilheteria ou por meio do site exclusivo dedicado aos portadores do CityPass, por meio da numeração enviada abaixo do QR Code.

new york city pass

Na bilheteria da atração tem fila exclusiva para o New York City Pass.

Minha recomendação é reservar pessoalmente, porque o agendamento via site não pode ser alterado ou cancelado, em nenhuma hipótese.

Geralmente, o Top of the Rock é bem vazio próximo ao horário de abertura, entre 8h e 9h da manhã. Excelente ocasião para subir sem reservas ou agendar seu horário sem filas.

new york city pass

No período noturno, após às 21h, o observatório também fica mais tranquilo.

Também é possível marcar horário para o dia seguinte, desde que esteja dentro do prazo de 9 dias consecutivos de expiração.

A administração do Top of the Rock sabe que o horário do pôr do sol é bem concorrido, por isso cobra um valor adicional para agendamento dentro desse período. 

new york city pass

Se quiser ver o pôr do sol sem pagar a mais, a dica é perguntar qual o último horário à tarde disponível para agendamento e aguardar o tempo necessário no observatório. 

Não há limite de permanência no observatório.

Saiba mais sobre o Top of the Rock com o CityPass


City Pass: Museu Guggenheim


new york city pass

Na visita ao Museu Guggenheim, o New York City Pass inclui:

– Entrada geral ao museu
– Acesso a todas exposições do complexo

Apresente o City Pass no balcão de informações, logo na entrada, para entrada no museu.

new york city pass

De todas as atrações do passe, talvez o Guggenheim seja a mais tranquila, exceto quando tem alguma exposição especial. Fora isso, dificilmente enfrentará muitas filas.

Se você não abre mão do Museu Guggenheim, mas também não quer perder a entrada do Top of the Rock, recomendo optar em ir ao observatório – entrada mais cara – e visitar o museu em um sábado, entre 17h às 20h, com entrada sugerida de “pague o quanto quiser”.

Assim, vai economizar na entrada do Guggenheim, sem deixar de visitar o Top of the Rock.

Saiba mais sobre o Guggenheim com o CityPass


City Pass: Museu do 11 de Setembro


new york city pass

Na visita ao Museu do 11 de setembro, o New York City Pass inclui:

– Entrada geral ao museu e todas exposições

Desde a inauguração, o museu é um dos mais disputados de Nova York. Sempre com filas na entrada, devido a importância dos acontecimentos que mudaram a história do mundo.

new york city pass

Os portadores do City Pass tem entrada exclusiva devidamente sinalizadas. Na entrada, basta apresentar apresentar o código, para ter acesso facilitado. Muito prático!

O horário de funcionamento do museu é das 9h às 20h. Pela manhã e no final do dia a entrada costuma ser mais tranquila, porém o passe ajuda a furar as filas a qualquer hora.

new york city pass

O museu conta em detalhes os acontecimentos antes, durante e após os atentados. 

O tempo de visitação às exposições varia entre 2 e 3 horas.

Saiba mais sobre o museu 11/09 com o CityPass


City Pass: Intrepid Museum Sea, Air & Space


new york city pass

A escolha deve ser entre o Museu do 11 de setembro ou o Intrepid Museum.

Muitos turistas optam em não visitar o Museu do 11 de Setembro, por diversos motivos.

new york city pass

Nesse caso, o Intrepid Museum Sea, Air & Space é uma alternativa excelente para conhecer, principalmente para quem viaja com crianças.

Na visita ao Intrepid, o New York City Pass inclui:

– Ingresso geral ao museu
– Acesso ao Space Shuttle Pavillion
– Entrada no submarino Growler

new york city pass

Localizado ao lado do Circle Line, o Intrepid é um porta-aviões de guerra atracado no Hudson River. Geralmente, o museu não é muito cheio. 

A atração tem entrada exclusiva para o CityPASS. Basta apresentar o passe na bilheteria e trocar pelas entradas no Intrepid Museum.

new york city pass

Recomendo visitar pela manhã, assim consegue explorar o enorme espaço com diversas exposições interativas. O museu é muito atrativo para todas as idades. 

A visita tem duração média de 3 horas.

Saiba mais sobre o Intrepid com o CityPass


City Pass: Observatório do Empire State


new york city pass

Na visita ao Empire State Building, o New York City Pass inclui:

– Ingresso geral ao observatório no 86º andar
– Acesso a todas exposições da atração
– Entrada bônus na mesma noite, com o mesmo ingresso

Subir no deque de observação do Empire State Building é uma das experiências imperdíveis de Nova York. 

new york city pass

Após uma reforma milionária, a atração retornou repleta de novidades, exposições interativas e está ainda mais interessante. 

Tem até a sala do King Kong, um dos locais mais aguardados pelos visitantes.

new york city pass

Com o New York City Pass não é necessário pegar a fila da bilheteria. Basta apresentar o código do passe na leitora da catraca para ter a entrada liberada.

A entrada do City Pass permite acesso a todas exposições e acesso ao deque de observação geral localizado no 86º andar. 

new york city pass

Além disso, tem o bônus de voltar na mesma noite (de maio a agosto das 23h às 2h e de setembro a abril das 20h ao às 2h).

Assim, dá para subir duas vezes no segundo prédio mais alto de Nova York, para conhecer de dia e de noite, com apenas uma entrada do CityPass.

new york city pass

Caso queira subir no observatório fechado com vidros, localizado no 102º andar, será necessário fazer um upgrade na bilheteria pelo valor adicional de $20 dólares.

Saiba mais sobre o Empire State com o CityPass


City Pass: The Metropolitan Museum of Art


new york city pass

Na visita ao The Met, o New York City Pass inclui:

– Ingresso geral de 3 dias consecutivos ao museu
– Acessos com o mesmo ingresso ao The Met Breuer e The Met Cloisters

Muito visitado em qualquer época do ano, o Metropolitan Museum of Art possui um dos maiores acervos de arte do mundo.

new york city pass

O museu possui entrada exclusiva para quem tem o CityPass. Basta apresentar o passe na bilheteria especial identificada como “Advanced Tickets”, para trocar pela entrada.

A entrada comum dá direito a visitação no Metropolitan por 3 dias consecutivos, além do acesso aos outros dois museus The Met Breuer e The Met Cloisters, no mesmo período.

new york city pass

The Met não tem entrada sugerida ou pague quanto quiser para visitantes. Essa opção é válida apenas para moradores e estudantes de Nova York, com devida identificação.

O tempo médio de visitação rápida as principais exposições do museu é de 4 a 5 horas.

Saiba mais sobre o Metropolitan Museum com o CityPass


City Pass: Museu de História Natural


new york city pass

Na visita ao Museu de História Natural, o New York City Pass inclui:

– Entrada geral a todas exposições fixas
– Acesso ao Rose Center for Earth and Space
– Inclui entrada ao Hayden Planetarium Space Show

new york city pass

O Museu de História Natural não tem bilheteria específica para o CityPass. Caso a entrada principal esteja com fila, vá até a entrada lateral na 81st Street que é mais vazia.

O museu fica lotado aos finais de semana e nos dias de chuva. Recomendo planejar a visita logo na abertura às 10h da manhã.

new york city pass

Para ter acesso também ao “The Butterfly Conservatory” com mais de 500 borboletas tropicais vivas e voadoras das Américas, África e Ásia, faça o upgrade na bilheteria pelo valor adicional de $12,50.

O tempo médio de visitação rápida as principais exposições do museu é de 3 a 4 horas.

Saiba mais sobre o Museu de História Natural com o CityPass


Quanto economizar com o City Pass


new york city pass

Os objetivos do City Pass são simples: economia de tempo e dinheiro.

Pelas minhas experiências em todas as atividades, percebi que a maioria dos casos é possível furar as filas e não perder muito tempo na entrada das atrações.

Quando o assunto é economia de dinheiro – a mais importante de todas – é necessário aproveitar o que o passe tem de melhor e focar nas atrações com valores mais elevados.

Os ingressos comuns das 6 principais atrações escolhidas são:

– Observatório Empire State Building | Valor avulso: $42,72

– Observatório Top of the Rock | Valor avulso: $41,37

– Circle Line – Harbor Lights | Valor avulso: $41

– Museu do 11 de setembro | Valor avulso: $29

– The Metropolitan Museum of Art | Valor avulso: $25

– Museu de História Natural | Valor avulso: $23

Todos os valores da comparação são finais nos sites oficiais e com os devidos impostos.

Valor total dos ingressos avulsos: $202,09

O valor do New York City Pass é $132 dólares (adulto).

Mais 50% de diferença em relação aos valores do site ou bilheteria.

Economia de $70 dólares com o New York City Pass 

Clique aqui para informações e valores do CityPASS


Onde comprar o New York City Pass


new york city pass

O New York City Pass pode ser adquirido em dólar ou em reais e 6 vezes sem juros.

CITYPASS EM DÓLAR

O site oficial do New York City Pass vende o passe em dólar.

Totalmente em português e com dicas de como utilizar, o site é muito intuitivo, fácil de localizar as informações e horários das atrações.

Clique aqui para comprar o City PASS

Após a compra, será enviado um voucher para o e-mail com o QR Code para utilização. 

Não é necessário a impressão, basta apresentar o código no celular nas bilheterias.

A validade do passe é de até 6 meses após a compra para utilização.

new york city pass

CITYPASS EM REAIS E 6 SEM JUROS

O New York City Pass também pode ser adquirido em reais e parcelado em até 6 vezes sem juros, na empresa autorizada na comercialização do passe.

Clique aqui para comprar o City PASS

Nessa modalidade, será enviado um voucher para seu e-mail em até 3 dias, junto com a confirmação da compra e todas as informações necessárias.

Basta apresentar esse comprovante impresso ou no celular quando visitar a primeira atração incluída no passe, para trocar pelo talão de ingressos.

new york city pass

O talão contém todas as entradas para utilizar nas atrações de Nova York.

Além de pagar em valores fixos em reais e parcelado sem juros, o talão físico é a única diferença entre o site oficial e a empresa autorizada. 

Recomendo comprar onde achar mais conveniente e vantajoso.


Diferenças entre CityPASS x New York Pass


times square

Os nomes podem ser até parecidos, mas as diferenças entre os passes são enormes.

O New York Pass é uma outra modalidade de passe turístico, com mais de 100 atividades incluídas e contratado por cada dia de utilização.

Por exemplo: se contratar o New York Pass de 3 dias. Terá esse prazo para fazer as mais de 100 atrações incluídas. Os dias são consecutivos e não podem ser adiados.

Essa opção é excelente para quem tem pouco tempo na cidade, não sabe o que fazer e pretende conhecer o máximo de lugares que conseguir dentro do período contratado.

Resumidamente as diferenças entre City Pass e New York Pass são:

New York Pass

– Mais de 100 atividades entre tours, observatórios, museus e etc.

– Contratação por dias de utilização

– Ideal para quem tem pouco tempo e não sabe o que fazer

– Opções de passes de 1 até 10 dias

– Algumas atividades necessitam agendamento

– Bilheterias exclusivas com “fura-filas”

– O passe de 1 dia custa $132 dólares

Clique aqui para post sobre o New York Pass

new york city pass

City Pass

– Inclui as 6 principais atrações de Nova York

– Prazo de utilização de 9 dias, após validação

– Bilheterias exclusivas com “fura-filas”

– Atrações sem reservas antecipadas (exceto Top of the Rock)

– O valor do passe é $132 dólares

Clique aqui para informações sobre o City Pass

Todos os passes de atrações são desenvolvidos para atender as necessidades dos turistas.

Por isso, não existe “o melhor passe” e sim o mais adequado a cada viajante.

A minha recomendação é montar uma lista simples das atividades pagas que pretende conhecer em Nova York, assim ficará mais fácil fazer a escolha, de acordo com o seu perfil.

Leia no blog: passes de atrações em NY


New York City Pass vale a pena?


new york city pass

Para esse post, a minha experiência foi intensa com o New York City Pass, quase um mês e, nesse período, consegui aprender mais ainda sobre o funcionamento desse tipo de produto.

Utilizei dois passes nas visitas às nove atrações, anotei as particularidades e cuidei de cada detalhe com atenção para escrever esse post de forma mais completa possível.

No final das contas, pela economia de tempo e dinheiro, o New York City Pass vale muito a pena, principalmente se a pretensão é conhecer as principais atrações de Nova York.

new york city pass

Com o New York City Pass, a depender das atrações escolhidas, a diferença pode chegar a 50% em relação aos ingressos avulsos. Só aí já compensa adquirir o passe.

Durante o planejamento de uma viagem, qualquer economia faz muita diferença, ainda mais nessa época de dólar nas alturas. Além disso, a vantagem de fugir das longas filas ajuda bastante no dia a dia.

Meu objetivo foi tirar todas as dúvidas sobre o New York City Pass e ajudar a todos na melhor escolha. Caso tenha alguma dúvida, deixe um comentário.

🙂


PLANEJAMENTO DE VIAGEM

INGRESSOS: entrada para as principais atrações em reais e 6 vezes sem juros.

CHIP EUA: compre no Brasil com 10% de desconto. Cupom DICASNOVAYORK

SEGURO VIAGEM: faça uma cotação e contrate o seguro com 5% de desconto.

HOSPEDAGEM: lista dos hotéis mais reservados pelos brasileiros em Nova York.


Jornalista de formação e apaixonado por esportes americanos.O Dicas Nova York é o seu espaço para compartilhar informações e experiências, para que todos conheçam a Big Apple de um jeito diferente e descontraído.

Seja o primeiro a comentar