O que não fazer em Nova York: 14 furadas comuns

O que não fazer em Nova York é algo que muita gente não fala.

A Big Apple é uma cidade segura, mas não é um local onde tudo funciona corretamente e que o turista não precisa se preocupar.

Para evitar cair em golpes do cotidiano, vou listar 14 furadas que mais acontecem em Nova York para alertar e ajudar na sua viagem.

Leia também: principais atrações de Nova York

 


O que não fazer em Nova York


o que não fazer em nova york

Sabe qual o lugar mais vigiado do mundo? A Times Square.

Agora sabe qual lugar tem mais furadas em Nova York? Também é a Times Square.

Como qualquer lugar turístico e com grandes aglomerações, Nova York tem pessoas mal intencionadas que querem levar vantagem da boa vontade do turista.

Só que os golpes são tão velhos e manjados, que esse post vai servir de alerta para não cair nessas furadas.

O que não fazer em Nova York:

  • Tirar fotos com mascotes da Times Square
  • Dar atenção para os rappers da Times Square
  • Compras nas lojas de eletrônicos da Times Square
  • Comprar iPhone fora da Apple Store
  • Comprar ingressos da Estátua da Liberdade com cambistas
  • Aceitar ajuda para comprar o METROCARD
  • Não utilizar o metrô durante a viagem
  • Usar transporte clandestino no aeroporto
  • Utilizar pedicabs não oficiais
  • Solicitar UBER ou Táxi na Times Square
  • Não prestar atenção nas ciclovias
  • Comprar lembrancinhas nas atrações
  • Não dar gorjetas nos restaurantes
  • Não consultar o aplicativo de clima

Mascotes da Times Square


A primeira furada não podia ser diferente, por isso vou ser direto:

Não tire foto com os mascotes da Times Square!

Esse conselho parece ser clichê, mas todos os dias tem gente que cai nessa.

Nova York é muito mais que pessoas vestidas toscamente de Chapolin, Homem Aranha, Transformers, Batman e Mickey. 

Os trajes são mais cansados do que a Carreta Furacão, mas é justamente nisso que eles ganham. Por ser escrachado, todo mundo quer tirar uma foto engraçada.

Até aí, tudo bem! Tirar foto com um personagem é uma recordação e nada mais justo que dar $2 ou $3 dólares de gorjeta.

o que não fazer em nova york

Só que assim que todos vão posar para foto, chegam mais 2, 3, 4, 5, mascotes para tirar foto junto. 

E não adianta tentar dar $1 dólar de TIP para cada um. Eles vão insistir e criar uma roda em volta até conseguir tirar mais dinheiro.

Se mostrar a carteira com dinheiro, aí que corre o perigo. Todos vão tentar tirar o máximo de dinheiro que conseguirem de forma bem incisiva.

Sabe como evitar esse constrangimento? Só ignorar e desviar dessa galera! 

Os mascotes são proibidos de tocar nas pessoas e sair da área demarcada no chão.

Não caia nessa furada, Nova York é muito mais do que pessoas vestidas de personagens aleatórios.

Leia também: o que fazer na Times Square


Rappers da Times Square


rappers times square

Essa dica do que não fazer em Nova York devia ser avisada já no aeroporto, de tão inconveniente que são essas pessoas.

Se os mascotes podem ser até engraçados, os rappers da Times Square não são nada amigáveis.

Esse pessoal oferece um CD de música, mas assim que o turista aceita, rapidamente um deles autografa o disco, e aí que começa o problema.

Ao tentar devolver o CD, eles começam a falar mais alto, logo chega um grupinho para ajudar e não adianta dar $1 dólar, porque eles estipulam o valor.

Se o CD tivesse algo gravado, ainda vai, mas não tem nada para ouvir. 

E outra, quem ouve CD hoje em dia?

Para evitar esse GOLPE, não dê bola para ninguém na Times Square. 

Se chamou, finge que não entende inglês e continue a caminhada.  


Lojas de eletrônicos da Times Square


eletronicos times square

Já deu para perceber que a Times Square é a rainha da furada e dos golpes.

Aos arredores da região mais iluminada da cidade tem algumas lojas de lembrancinhas que vendem também aparelhos eletrônicos com câmeras fotográficas, videogames e até celulares.

A dica é o seguinte: NÃO COMPRE NADA NESSAS LOJAS!

Os aparelhos eletrônicos são de segunda linha que já perderam a garantia.

Caso apresente algum problema futuramente, não vai ter como trocar ou assistência técnica para consertar o produto comprado.

Aparelhos eletrônicos devem ser comprados em locais confiáveis.

As lojas mais indicadas em Nova York são:

  • B&H Photo & Video: maior loja de foto, vídeo e eletrônicos dos EUA
  • Best Buy: rede de lojas muito famosa de eletroeletrônicos 

Se quiser comprar lembrancinhas nessas lojas da Times Square, pode comprar, mas eletrônicos nunca é recomendado.

Leia também: compras em Nova York


Comprar iPhone fora da Apple


apple store

Atenção! Na dica anterior falei sobre comprar ELETRÔNICOS, não iPhone!

Comprar iPhone é somente em uma das lojas oficiais da Apple.

Não compre em outro lugar!

Na Apple Store os vendedores sabem exatamente qual aparelho desbloqueado é compatível com a rede e a frequência do Brasil.

Na Best Buy tem aparelhos da Apple, inclusive iPhone, mas muitos aparelhos são atrelados a uma operadora americana, o que pode impedir o funcionamento de algumas funções no Brasil.

A Apple vende seus produtos com valores tabelados em todas as lojas oficiais, ou seja, se estiver mais barato em algum outro lugar, desconfie e não compre, com certeza será uma furada e o barato vai sair caro.

As lojas da Apple mais procuradas em Nova York são:


Cambistas da Estátua da Liberdade


estatua da liberdade

Talvez esse seja o golpe mais doloroso para o turista e o mais recorrente em Nova York.

O passeio oficial da Estátua da Liberdade tem saídas dos barcos no Battery Park, localizado no extremo sul da ilha de Manhattan.

Próximo do local de embarque, ficam cambistas (para não dizer golpistas) com coletes vermelhos com a descrição de LIBERTY CRUISES. 

estatua da liberdade

Esse colete não representa nenhuma empresa oficial, até porque o único passeio de barco que desembarca na ilha da Estátua da Liberdade é operado pela STATUE CRUISES.

Geralmente, os cambistas tentam vender os ingressos para casais e famílias, porque o golpe precisa de mais vítimas para fechar o grupo.

A abordagem é bem contundente, logo na saída do metrô, com a informação falsa que os ingressos estão esgotados na bilheteria e que a venda é realizada somente de forma exclusiva na mão deles.

Assim, eles formam grupos com várias pessoas, colocam num ônibus e levam para outro lugar longe do Battery Park e dos olhos da polícia. Ao chegar nesse endereço, não existe barco ou passeio para a Estátua da Liberdade.

estatua da liberdade

Pior de tudo, o turista vai pagar mais que o dobro do valor da bilheteria para ter essa experiência terrível.

A Estátua da Liberdade é um monumento que fica em um parque federal e somente os barcos da STATUE CRUISES tem permissão de desembarque da ilha.

Os ingressos são vendidos antecipadamente com horário marcado no site oficial ou diretamente no Battery Park no local chamado Castle Clinton.

estatua da liberdade

Nenhuma funcionário da Estátua da Liberdade aborda os turistas fora da bilheteria, até porque eles nem precisa desse procedimento, a atração está sempre lotada e é a mais visitada em Nova York.

Não destrua seu sonho para conhecer a estátua por causa desses golpistas.

Compre seu ingresso com antecedência e quando chegar no local próximo de embarque para o passeio, apenas ignore essas pessoas.

Leia no blog: dicas para a Estátua da Liberdade


Ajuda para compra do METROCARD


metrocard

Essa dica do que não fazer em Nova York acontece dentro das estações do metrô.

Algumas pessoas não autorizadas ficam ao lado dos locais de venda do bilhete do metrô (METROCARD) para supostamente ajudar na compra.

O bilhete do transporte público de Nova York é vendido nas máquinas automáticas que são bem intuitivas, mas como tudo na primeira vez na vida, pode gerar alguma dúvida na compra, e é aí que os espertinhos agem.

Eles falam que são funcionários do metrô e estão ali para ajudar. 

metrocard

Só que ao finalizar o procedimento da compra, o METROCARD sai no compartimento inferior da máquina e eles sabem disso e rapidamente pegam o bilhete recém comprado e trocam por um antigo sem validade.

Esses golpistas parecem mágicos. Você nem vê a troca de tão rápida.

Aí, quando vai utilizar no metrô, o bilhete não funciona. Tá aí o golpe!

Geralmente, o turista vai comprar os bilhetes mais caros que são o semanal ou o mensal, o que faz o golpe ficar ainda mais caro para o bolso.

Nem adianta reclamar para os funcionários que ficam dentro dos guichês protegidos por vidros, porque esses nada fazem para ajudar.

Se tiver dúvidas na utilização da máquina, compre diretamente no guichê com o funcionário uniformizado. Assim, evitará problemas!

Leia no blog: como comprar o METROCARD


Deixar de utilizar o METRÔ


metro de nova york

Se cair no golpe do bilhete é terrível, não utilizar o metrô durante a viagem pode ser ainda pior.

Por mais que escolha um hotel bem localizado e próximo de tudo, Nova York é uma cidade com atrações em vários lugares espalhados e impossível conhecer tudo a pé.

Para chegar em todos os lugares de forma prática, segura e econômica, o metrô é a melhor opção para o turista.

metro de nova york

Até entendo que antigamente era muito ruim mesmo entender o funcionamento das linhas, mapas e tudo mais.

Só que agora com internet no celular e com o Google Maps ficou mais fácil saber onde fica a estação mais próxima, onde descer e quantos minutos leva o trajeto.

O custo do metrô unitário é de $2,75 muito mais barato que UBER, Táxi ou qualquer outro transporte e vai deixar você em qualquer lugar da cidade.

metro de nova york

Se vai ficar 4 ou mais dias em Nova York e pretende conhecer as principais atrações com mais de 2 utilizações do transporte por dia, já vale a pena comprar o METROCARD de 7 dias.

O bilhete semanal é individual, custa $33 dólares e permite viagens ilimitadas durante o período em todas as linhas de metrô e dos ônibus da cidade.

Leia no blog: como funciona o metrô em Nova York


Transporte clandestino no aeroporto


transfer em nova york

Todos costumam programar a viagem para Nova York em todos os detalhes, mas muitos turistas esquecem de um detalhe importante:

  • Como chegar do aeroporto até a hospedagem?

Parece estranho comentar sobre isso, mas é muito comum.

Os aeroportos de Nova York são acessíveis de ônibus, metrô, táxi, UBER e transporte privativo, desde que faça um planejamento com antecedência.

transfer brasileiro em nova york

Não deixe para decidir quando chegar no saguão de desembarque.

Lá ficam muitos motoristas como plaquinhas de UBER e TAXI, que não são licenciados para esse tipo de transporte. 

Até porque UBER pode ser solicitado somente pelo aplicativo e TAXI é um serviço com valor tabelado pela prefeitura.

aeroportos de nova york

Se você pega um transporte clandestino não tem seguro em caso de acidentes e o valor pode ser muito mais alto do que o valor normal.

Não caia nessa furada!

Leia no blog: aeroportos de Nova York


Pedicabs não oficiais


furadas times square

As bicicletas elétricas com charretes são transportes ecologicamente corretos utilizados em várias capitais do mundo, inclusive Nova York.

Só que a maioria dos motoristas desses transportes trabalha de forma ilegal e fica em frente aos pontos turísticos para abordar os passageiros.

Os valores cobrados são os mais variados e absurdos.

Na plaquinha geralmente está descrito $5 dólares por minuto. Só que não é bem assim que funciona na realidade.

Se você andar 5 minutos, eles vão falar que foi 10 minutos, sempre o dobro ou mais.

Nem adianta reclamar ou não querer pagar, porque o constrangimento pode ser maior ainda.

Aí o passeio que tinha que ser agradável se torna uma decepção.

Se quer fazer um tour de PEDICAB (recomendo no Central Park), reserve com antecedência em sites credenciados.

Leia no blog: tour de pedicab no Central Park




Táxi ou UBER na Times Square


mms world

A Times Square é conhecida pelo trânsito engarrafado, principalmente no final do dia quando aumenta o congestionamento de carros e pessoas.

Pegar um táxi ali é ficar preso no trânsito por vários minutos e ver pela janela do carro as pessoas andando a pé muito mais rápido.

Se decidir pegar um UBER, a Times Square é uma agulha no palheiro para o motorista achar o passageiro e, muitas vezes, a corrida é cancelada.

Para utilizar esse tipo de transporte por aplicativo, a dica é ir até alguma rua lateral na região, assim o motorista vai te achar mais facilmente. 

Leia no blog: UBER em Nova York


Cuidado com as ciclovias


bicicleta em nova york

A cada ano, mais pessoas usam bicicletas, patinetes e skates para se deslocar em Nova York.

Eu uso diariamente bike para ir para os lugares e vejo aumento de ciclovias como uma forma eficiente para fugir do caótico trânsito.

A maioria das ciclovias fica entre a calçada e a rua. Porém, os pedestres esquecem da área verde pintada no chão e invadem a ciclovia por distração, o que pode ocasionar em acidentes.

bicicleta em nova york

Principalmente, por causa das bicicletas elétricas utilizadas pelos entregadores de comida. Essas bikes são muito rápidas e chegam a até 30 km por hora e são mais difíceis de frear bruscamente.

Parece algo simples, mas nunca atravesse a rua sem olhar para os lados e prestar atenção nos carros e, agora, também nas ciclovias.

Leia também: bicicleta em Nova York


Lembrancinhas nas atrações


lembrancinhas baratas em nova york

Todo ponto turístico em Nova York tem uma lojinha de lembrancinhas.

As atrações aproveitam o momento mágico da experiência para vender produtos interessantes e exclusivos, só que os preços são bem elevados.

Claro, se encontrar algum souvenir especial, pode comprar, até porque não vai encontrar em outras lojas comuns.

Mas se for algo simples, como a camiseta I Love NY ou um chaveiro da Big Apple, melhor comprar em lojas como Jack’s 99, Five Below e Target.

Leia no blog: onde comprar lembrancinhas em Nova York


Gorjeta nos restaurantes


olive garden

Sei que é uma cultura americana, que muitos não estão acostumados, mas deixar gorjeta para o serviço prestado é algo fundamental.

Esse dinheiro não vai apenas para o garçom. É dividido por todos que trabalham no restaurante, desde a pessoa que limpa a mesa, até o cozinheiro.

Fora isso, o pagamento da TIP é uma forma de retribuir o atendimento prestado dentro do restaurante.

carmine's

A média de gorjeta em Nova York é de 18% a 20% do valor da conta.

Se você vai em um local para comer, já faça o cálculo para deixar esse valor a mais, assim não vai ter surpresas ou cometer a furada de sair sem deixar a gorjeta.

Não está afim de pagar a TIP, recomendo ir em locais que não precisam pagar pelo serviço como fast-food ou espaços gastronômicos como o Chelsea Market e o Time Out Market no Brooklyn.

Leia no blog: comer barato em Nova York


Aplicativo de clima


temperatura em nova york

Sabe o que não fazer em Nova York? Não consultar o aplicativo de clima.

A temperatura do dia é muito importante para sua viagem e  vai dizer qual roupa usar, qual atração visitar se estiver chovendo e assim por diante.

Não adianta só olhar a temperatura máxima, olhe a mínima e, principalmente, a sensação térmica, essa que vai passar a temperatura externa real.

temperatura em nova york

No inverno, principalmente, é comum os termômetros marcarem 5 graus e a sensação térmica marcar -5 graus devido o vento gelado.

Se tenho alguma indicação de aplicativo? Gosto muito do Weather Channel que tem informações confiáveis sobre o clima em Nova York.

Leia no blog: temperaturas em Nova York


Furadas em Nova York


lugares para conhecer em nova york

Espero que essas dicas ajudem para não cair em furadas em Nova York.

Faça o planejamento de compras de ingressos das atrações com antecedência e um roteiro do que fazer para não ter surpresas.

No canal do Youtube do Dicas Nova York tem vídeo com essas dicas.

E agora já sabe, se alguém abordar na rua para vender ou oferecer algo, apenas ignore para evitar cair em uma furada.

E aí, gostou das dicas do que não fazer em Nova York? Deixe seu comentário. 

🙂


PLANEJAMENTO DE VIAGEM

GUIA DE BAIRROS: e-book com dicas do que fazer, onde comer e onde ficar

INGRESSOS: principais atrações de Nova York com valores em reais

CHIP EUA: compre no Brasil com 10% de desconto. Cupom DICASNOVAYORK

SEGURO VIAGEM: faça uma cotação e contrate o seguro com 5% de desconto.

PASSE DE ATRAÇÕES:  SightSeeing Pass com 20% de desconto. Cupom DICASNOVAYORK 

HOSPEDAGEM: lista dos hotéis mais reservados pelos brasileiros em Nova York.

TRANSFER AEROPORTO: com motorista brasileiro e atendimento personalizado


Compartilhe

Fábio Angheben é jornalista e criador do Dicas Nova York. Apaixonado pela Big Apple, estuda muito e conhece em detalhes todas as ruas, histórias dos prédios, atrações e sonha um dia experimentar todos os hambúrgueres da cidade. Vive e respira Nova York todos os dias. Por isso, conta suas experiências no blog com muito carinho e atenção nos detalhes para a todos. Seu olhar ainda é de turista (talvez nunca perca isso) e adora trocar ideia sobre as experiências vividas em Nova York.

Seja o primeiro a comentar