Onde ficar em Nova York: guia com dicas de bairros e hotéis

hotel row nyc

Acabou de fechar a passagem para Nova York? Agora é hora de fazer a pergunta: “Onde ficar em Nova York?” 

Nesses muitos anos de blog, essa é a dúvida que recebo diariamente e posso admitir que essa é uma escolha difícil.

São milhares de hotéis e, sempre, aparecem novidades na cidade que, literalmente, nunca para de crescer. 

Para ajudar nessa saga, juntei todas as dúvidas, dicas e recomendações do blog, para criar um “Guia de Hospedagens em Nova York”.

São vários posts, com os hotéis que conheço pessoalmente e os que tenho como boas referências, para atender todos os perfis de viajantes.

Nesse guia, você também vai encontrar:

– Informações sobre os bairros
– Mapa com localizações dos hotéis

– Valores médios de diárias
– Como calcular as taxas, impostos e cobranças adicionais
– Dicas de como reservar e economizar.

Acredito que assim ficará mais fácil você curtir os seus dias na Big Apple com tranquilidade. 🙂

 


ONDE FICAR EM NOVA YORK


Vamos começar pelo básico!

A cidade de Nova York é dividida em 5 “boroughs”: 

Manhattan | Queens | The Bronx | Brooklyn | Staten Island

Esses “boroughs” possuem características culturais bem específicas e oferecem opções de todos os tipos de hospedagem para turistas.

Espere aí, cadê o Harlem??? O Harlem não é considerado um “borough” de Nova York, e sim, um bairro de Manhattan. 🙂

Nem todos os lugares são excelentes para hospedagem, por isso, vou escrever brevemente as minhas percepções de cada bairro.

Lembrando que não existe hospedagem ruim, existe aquela que não é adequada ao perfil do viajante. E, para cada perfil, existem infinitas possibilidades.  

Vamos lá?

 


GUIA DE HOSPEDAGEM EM NOVA YORK


hotel row nyc

A maioria de quem visita Nova York, opta por hotéis com as mesmas características, ou seja, próximos de atrações turísticas, com custo-benefício e fácil acesso ao metrô. 

Para filtrar as melhores opções de hospedagens, adicionei mais alguns critérios que reúnem as exigências mais comuns:

– Hotéis e hostels;
– Diárias em média de US$ 100 a US$ 300 dólares;
– Hospedagem de 3 a 5 estrelas;
– Avaliação com nota mínima de 7,0 no Booking.com;
– Preferência por localização e próximo ao metrô e as atrações turísticas;
– Exclusão dos boroughs The Bronx, Staten Island e do estado de New Jersey.

Lembrando que o valor da diária varia muito, dependendo da antecedência, e se é alta ou baixa temporada em Nova York.

A partir desses critérios, elaborei 3 guias separados:

– Guia onde se hospedar em Manhattan

– Guia onde se hospedar no Brooklyn

– Guia onde se hospedar no Queens.

Nesses posts, estão separadamente todas minhas sugestões de hotéis, informações sobre o bairro, atrações próximas e muitas outras dicas valiosas.

Se preferir, clique na figura correspondente ao post para saber mais.

 


onde ficar em nova york


onde ficar em nova york


onde ficar em nova york

 


ONDE RESERVAR A HOSPEDAGEM EM NOVA YORK?


Essa é a dúvida muito comum, porque existem centenas de sites e aplicativos que hoje oferecem a reserva de hotéis com os melhores preços.

Eu sou usuário e recomendo o Booking.com pela variedade de hotéis e valores, com a possibilidade de cancelamento gratuito, caso mude seus planos.

Minha indicação é sempre procurar no Booking, porque o site funciona como um grande buscador de hotéis não só em Nova York, mas no mundo inteiro, sempre com a garantia de melhor preço e ofertas exclusivas.

No blog tem um passo a passo e como funciona a Booking.com.

Importante!

– Leia sempre todas as instruções e características dos quartos antes das reserva;
– Não esqueça de verificar todas as taxas adicionais e qualquer outra cobrança não incluída no valor da diária;
– Faça seu cadastro e navegue no site com sua conta. Assim o site mostra valores exclusivos para usuários cadastrados;
– Após a reserva, imprima o voucher para apresentar no balcão de check-in do hotel.

 

Já contratou o seu Seguro Viagem?

Cotação em mais de 10 seguradoras, com garantia de melhor preço e em até 12 vezes sem juros.

 


IMPOSTOS E TAXAS DE HOSPEDAGEM


As taxas em TODOS os hotéis em Nova York são:

– 14,75% de imposto estadual
– US$ 3,50 de imposto municipal cobrado em cada dia da hospedagem.

As cobranças são calculadas no check-out e não estão incluídas no valor final da diária apresentada na reserva, ou seja, serão lançadas posteriormente no cartão informado.

onde ficar em manhattan

Cobranças adicionais

Muitos hotéis em Nova York não incluem as “taxas de serviço” na diária, e fazem a cobrança a parte o pacote de limpeza, internet wi-fi, academia e outras amenidades, a parte da diária.

Essa cobrança tem o nome de “Resort Fee” ou “Service Fee” e varia entre US$ 10 e US$ 50 dólares, dependendo do hotel e das amenidades oferecidas.

Por isso, consulte no site todas as informações e confira se o hotel escolhido tem essa taxa adicional, para incluir no valor final da diária.

Essas taxas e impostos são todos do hotel, não da Booking.com.

 


EXISTE LUGAR PERIGOSO EM NOVA YORK?


Essa é uma pergunta muito frequente no blog!

Existe sim, mas faz muitos anos que Nova York não é considerada uma cidade perigosa, muito menos para o turista.

Quem percebe os problemas diários é só quem mora ou conhece muito bem o dia a dia da cidade.

De janeiro a abril/17, foram registrados apenas 691 crimes na Times Square. E isso, definitivamente, não intitula a região como perigosa.

Em 5 meses, são quase nulos os casos de assassinato, roubo seguido de morte ou algo desse tipo. A verdade é que ninguém é louco suficiente de cometer um crime desses na Times Square e pegar muitos anos de prisão.

O que acontece são pequenos furtos e roubos, comuns em quase todas as cidades turísticas do mundo.

madame tussauds

Importante sempre tomar alguns cuidados básicos, que todo turista esquece:

– Fique atento aos seus pertences;
– Não entregue celular a um estranho para tirar fotos;
– Não deixe carteira ou câmera em cima de mesas ao ar livre;
– Não exponha e conte dólares no meio da rua;
– Não compre nada nas lojinhas de eletrônicos da Times Square e arredores;
– Entre outros cuidados…

Afinal, Nova York é uma cidade muito segura e muito vigiada por câmeras da polícia, e possui o menor índice de criminalidade entre as 10 maiores cidades dos Estados Unidos. 🙂

 


Se a Times Square é perigosa, por que vou me hospedar nessa região?


Uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa!

Você pode caminhar tranquilamente nas ruas da Times Square e de Manhattan, a qualquer hora do dia e da noite sem se preocupar com assaltos ou coisas desse tipo.

Fora que a localização privilegiada e as atrações concentradas na Times Square, fazem da região uma das melhores opções de hospedagem para o turista de primeira viagem.

No blog explico tem todas as atrações da Times Square e também dicas para não cair em furadas na região.

 


Pronto! Com todas essas dicas, é só escolher a sua hospedagem:

– Guia onde se hospedar em Manhattan

– Guia onde se hospedar no Brooklyn

– Guia onde se hospedar no Queens.

Acredito que as informações dos guias, ajuda você a encontrar o quarto desejado e aproveitar seus dias em Nova York.

Se tiver qualquer outra dúvida, deixe seu comentário que respondo todos.

🙂


DICAS PARA PLANEJAR SUA VIAGEM


HOSPEDAGEM | Ainda não reservou o hotel? Confira o guia completo "Onde ficar em Nova York".

SEGURO VIAGEM | Faça uma cotação com 5% de desconto e em até 12 vezes no cartão de crédito.

CHIP DE INTERNET | Fique conectado com internet ilimitada e aproveite o FRETE GRÁTIS.

INGRESSOS DAS ATRAÇÕES | Ingressos em reais (R$), sem IOF e em até 6 vezes no cartão.

Jornalista de formação e profissional de marketing com master pela ESPM de São Paulo.

Criador e redator no blog Dicas Nova York, coleciona experiências e histórias marcantes não só em Nova York, sua cidade, mas também de leste a oeste dos Estados Unidos.

O blog é uma paixão antiga e o espaço é utilizado para compartilhar informações e experiências na cidade, para que todos conheçam a Big Apple de um jeito diferente e descontraído.

16 Comments

  • Responder novembro 21, 2017

    Mr. Mendes

    Olá, Fábio

    Parabéns pelo site, ótimas dicas, pode me dizer qual a melhor opção de transfer do JFK para Manhattan? É seguro contratar online? Acho essa opção na hora de chegada?

    Obrigado

    • Responder novembro 22, 2017

      Fabio Angheben

      Olá Mr. Mendes, tudo bem?

      Muito obrigado pelo comentário e por acompanhar as dicas do blog.

      Existem várias opções de transfer do aeroporto JFK até o seu hotel. No blog tenho um post com todas indicações: https://www.dicasnovayork.com.br/como-chegar-aeroporto-jfk

      Se preferir, pode contratar um motorista brasileiro da agência US Travel, que está em NY há mais de 20 anos e tem ótimos valores e serviço.

      Envie um e-mail para Aline no contato.site@ustravelny.us e informe que o Fabio do Dicas Nova York indicou você, que ela faz uma condição especial.

      Caso queira contratar online, qualquer das opções que indico no link do blog, pode ficar a vontade, que são links seguros e empresas que confio.

      Obrigado.

  • Responder novembro 20, 2017

    Carla

    Oi Fabio estou pensando em ficar em astoria por aibanb
    O que vc acha da localizacao?
    Pelo que eu vi e proximo ao jfk confere?

    • Responder novembro 20, 2017

      Fabio Angheben

      Olá Carla, tudo bem?

      Astoria é um bairro muito grande do Queens e conhecido por ter muitos brasileiros. Pelo AirBnb verifique sempre as recomendações de outros usuários para alugar um local bom para sua hospedagem.

      Fica bem próximo de Manhattan, o que facilita você chegar de metrô nas atrações de metrô.

      Já do JFK é uma distância razoável, mas é super fácil de chegar também de transfer ou de metrô, como preferir.

      Obrigado.

  • Responder novembro 19, 2017

    Lisia

    Excelente post! Mais detalhado impossível. Parabéns, adoro seu blog 🙂

    • Responder novembro 19, 2017

      Fabio Angheben

      Muito obrigado Lisia! As vezes acho que escrevo muito nos posts… fico muito feliz em saber que você gostou. 🙂

  • Responder novembro 15, 2017

    João Bosco Amaral

    Oi Fábio, boa noite!

    Hospedagem em Jersey City ou próximo ao aeroporto de Newark não valem a pena? A diferença de valores dos hotéis dessas regiões para Manhattan e Brooklyn são bem grandes… Chegaremos dia 03/12 e ficaremos até o dia 08/12.

    Abraços!

    • Responder novembro 15, 2017

      Fabio Angheben

      Olá João, tudo bem?

      Obrigado pela mensagem.

      Vocês ainda não fecharam hospedagem? Porque está bem em cima e quanto mais próximo, mais caro e menos opções.

      O problema de Jersey City é o que você só chega em Manhattan de trem, todos os dias vai precisar fazer esse trajeto.

      Dentro do trem não leva mais do que 25 minutos, mas tem esse trabalho. Se vocês não ligam, pode ser uma excelente opção.

      Eu recomendo mais ficar no Queens, que fica mais próximo de Manhattan e o metrô é mais prático e rápido.

      No blog tenho indicações de hotéis bons e baratos no Queens: https://dicasnovayork.com.br/hoteis-baratos-hospedagem-queens/

      Obrigado.

      • Responder novembro 15, 2017

        João Bosco Amaral

        Oi Fábio,

        Obrigado pela pronta resposta e pelo belíssimo site, tem ajudado muito!

        Já fiz pré-reserva no Booking.com, mas estou achando os preços salgados e as estruturas dos hotéis em Manhattan não condizentes com os valores… Vi opções no Queens, são melhores, mas sem grandes diferenças de preços.

        Esse trem que liga Jersey à Manhattan funciona 24h? O metrô do Queens custa quanto? E o Trem?

        Abraços cordiais!

        • Responder novembro 15, 2017

          Fabio Angheben

          Olá João,

          Eu que agradeço a confiança e por acompanhar minhas dicas do blog. 🙂

          Em Manhattan existem centenas de hotéis de todos os tipos, preços, estrelas e qualidade.

          As opções do Queens são as mais baratas e com qualidade, com média de valores de US$ 150 a diária e sem taxas de resort.

          Esse trem de NJ chama PATH e funciona 24 horas, todos os dias da semana. O valor unitário é de US$ 2,75. O passe para 7 dias chama PATH SmartLink e custa US$ 29 dólares.

          Já o metrô do Queens é o mesmo que atende Manhattan, tem várias linhas que atendem a região, apenas 2 estações de Manhattan e o passe de 7 dias ilimitado METROCARD custa apenas US$ 32 dólares. O valor unitário do metrô é de US$ 2,75.

          Obrigado.

  • Responder novembro 5, 2017

    Daniel da Silva Alves

    Olá Fabio.

    Primeiramente parabéns pelo site, muito bem construído e útil.

    Estou planejando uma viagem para NY e pretendo ficar cerca de 20 dias. Estou indo com minha esposa e minha ideia é passar esses 20 dias na cidade o mais imerso na cultura local possível. E para isto pensei que alugar um apartamento inteiro pelo Airbnb fosse a melhor opção, pois teríamos 20 dias como “moradores” da cidade.

    No entanto, pelo que pesquisei, NY tem uma legislação que proíbe a locação de apartamentos inteiros, sem a presença do residente local, por período inferior a 30 dias. Você sabe se esta proibição ainda está valendo? Outra pergunta, caso eu encontre algum apartamento em Manhattan pelo Airbnb que, mesmo alugando pelos 30 dias, fique mais em conta ou equiparado a um hotel, você entende que esta ferramenta (airbnb) funciona bem ai em NY?

    Encontrei alguns bons apartamentos em Manhattan e com preços interessantes, mesmo não ficando os 30 dias pelos quais pagarei, penso que a experiencia de “morar” na cidade por 20 dias vai valer a pena… Mas queria ter certeza se realmente preciso alugar os 30 dias em função da lei local e se você, com a experiência que tem, entende ser uma boa opção.

    • Responder novembro 5, 2017

      Fabio Angheben

      Olá Daniel, tudo bem?

      Muito obrigado pelo comentário e por acompanhar minhas experiências.

      Você está correto. O AirBnb, para apartamentos inteiros, está proibido para hospedagens inferiores a 30 dias, devido a muita reclamação de moradores desses locais e também pela pressão exercida pelos hotéis da cidade que estavam perdendo clientes.

      Só que o AirBnb, mesmo com essa proibição, continua funcionando normalmente na cidade e é muito procurado pelos turistas que vão ficar mais do que 15 dias na cidade, devido a economia e a praticidade.

      A minha recomendação é ler todos os reviews do apartamento desejado, antes de fazer o aluguel, e trocar e-mails com o proprietário para acertar todos os detalhes para pegar as chaves e regras do apartamento.

      Como eu disse, apesar dessa proibição, não conheço ninguém que teve problemas com o AirBnb.

      Você pode seguir com sua opção de alugar um apartamento e ter essa experiência de New Yorker, que é única. 🙂

      Se precisar de alguma ajuda, pode contar comigo.

      Obrigado.

      • Responder novembro 6, 2017

        Daniel da Silva Alves

        Obrigado Fábio! Sem querer abusar do seu tempo e boa vontade (mas já o fazendo), você conhece uma região do Brooklyn chamada Bedford Stuveysant? Pelo maps parece ser uma boa região, com metro acessível e etc, mas você conhece essa região? Acha interessante pensando no mix de imersão cultural e aquela turistada básica? Questão de segurança e opções de bares e restaurantes etc.

        Obrigado e mais uma vez parabéns pelo site! Talvez você não imagine como ajuda a galera, às vezes nem que seja só para tirar alguns receios como este meu e que podem mudar completamente a experiência das pessoas na cidade.

        • Responder novembro 7, 2017

          Fabio Angheben

          Olá Daniel, tudo bem?

          Conheço muito bem a região do Brooklyn que nos últimos 10 anos passou por uma transformação incrível.

          A região de Bedford Stuveysant é gigantesca e conhecida como Bed Stuy, bairro do Chris Rock do seriado “Todo mundo odeia o Chris”. Já assistiu? Esse bairro era um dos mais violentos dos EUA nos anos 80.

          Só que agora os antigos moradores que moravam lá não aguentaram os altos valores de aluguéis e sairam do bairro. Que agora é relativamente seguro, porém continua muito residencial e um pouco distante de Manhattan.

          Se você procura imersão cultural, vai encontrar muito nessa região. Só que não vai encontrar muitos restaurantes e bares, apenas opções de pequenos mercados e bares locais, nada com estrutura para turistas.

          Recomendo ficar em alguma hospedagem próxima do metrô e quanto mais próximo do lado oeste melhor, porque quanto mais afastado, menos estrutura para turista.

          Outra coisa, já procurou na região de Williamsburg do Brooklyn? É uma região que tem bastante estrutura de bares e restaurantes e também ajuda nessa imersão cultural. 🙂

          Muito obrigado pela mensagem, fico feliz em saber que ajudo. Pode contar comigo sempre e depois me avise onde fechou sua hospedagem.

          Abraço.

  • Responder julho 5, 2017

    aramita rita machdo fraissat

    Boa noite. Vc indica algum hotel barato perto de Jersey Gardens ou perto de nova York para hospedagem de 30 dez a 01 de janeiro, ou mesmo em nova York.

Leave a Reply