Ícone Botão
Ingressos
Pular para o conteúdo
Dicas & Atrações

Memorial 11 de Setembro em Nova York: como funciona a visita

memorial do 11 de setembro
Imagem do autor
por Fabio Angheben

O Memorial 11 de Setembro em Nova York é um lugar obrigatório para incluir no roteiro da sua viagem.

Com homenagens emocionantes às vítimas dos atentado terroristas do World Trade Center, o local atrai turistas e é reconhecido pelos moradores locais como um dos pontos mais importantes da cidade.

Nesse post, tem todas as informações do Memorial do 11 de Setembro e como funciona a visita ao local.

Leia também: pontos turísticos de Nova York

 


Memorial 11 de Setembro em Nova York


Após a queda das torres gêmeas, em 2001, a região que abrigava o antigo World Trade Center teve de se reerguer.

O local passou por um processo de revitalização completo e, hoje, abriga muitos lugares interessantes para visitar.

Um deles é o Memorial do 11 de Setembro, que traz algumas homenagens bastante sensíveis e delicadas dedicadas as pessoas que perderam a vida no ataque às Torres Gêmeas.

O espaço reflete a história viva em cada detalhe, como uma forma de nunca esquecer o dia que mudou o mundo.

O complexo do World Trade Center é enorme, conta com obras gigantescas e a construção continua em andamento até os dias atuais. A manutenção do WTC é mantida por doações, voluntários e empresas parceiras.

As torres do World Trade Center são comerciais e numeradas em 1, 2, 3, 4 e 7. Não existe uma explicação porque pularam o número 6, mas a sequência do 5 vai para o 7, em substituição aos prédios que colapsaram em 2001.

A previsão é de finalização somente em 2026 com a entrega do World Trade Center 5, conhecido como 130 Liberty, e será a única torre residencial no coração do complexo.

 


Memorial das Torres Gêmeas


O Memorial 11 de Setembro pode ser visitado gratuitamente, sem a necessidade de reservas.

O funcionamento é todos os dias das 10h às 17h. Após o fechamento, a área fica isolada e não é permitida a entrada de visitantes.

A área que antes abrigava as Torres Gêmeas deu espaço a duas grandes piscinas com quedas d’água infinitas com um grande buraco no meio. O som da água é impressiona e emociona a todos.

Ali, é possível observar placas de bronze que exibem os nomes das 2.977 vítimas mortas no dia dos atentados.

Os nomes gravados não são apenas dos tripulantes dos vôos, mas também de bombeiros, voluntários e vítimas do avião que caiu no Pentágono no dia 11 de setembro de 2001.

Todos os dias, um voluntário do complexo coloca rosas brancas posicionadas sobre os nomes das pessoas que estariam fazendo aniversário. Esse é um ato simbólico de floriculturas parceiras do complexo.

O complexo é cercado por mais 400 árvores de carvalho plantadas no local, mas o destaque fica para uma pereira conhecida como Survival Tree (Árvore de Sobrevivência), que fica ao lado da área da torre sul.

Ela foi a única que conseguiu resistir à tragédia. Encontrada coberta por cinzas durante os resgates, foi replantada em um parque no distrito The Bronx, “renasceu” e depois retornou ao local de origem. 

Protegida por uma estrutura de metal, a árvore é um símbolo importante do Memorial 11 de Setembro, que representa fatores como força, esperança e resiliência.

Outro destaque é a escultura The Sphere, que ficava na praça entre as torres antes do ataque. Ela também foi encontrada nos escombros e hoje está localizada na parte superior do Liberty Park, ao lado do memorial.

 


CHIP T-MOBILE | INTERNET ILIMITADA

Compre o chip de celular no Brasil com desconto de 10% e chegue nos EUA com internet ilimitada. Utilize o cupom: DICASNOVAYORK
 


Diferenças entre o Memorial e o Museu do 11 de setembro


memorial do 11 de setembro

É importante destacar que Memorial e Museu 11 de Setembro ficam no mesmo complexo, mas são lugares diferentes.

O Memorial tem acesso gratuito e foi criado com o objetivo de relembrar e prestar homenagem às vítimas do ataque.

Localizado embaixo das estruturas das antigas torres, o Museu Nacional do 11/09 por sua vez, é uma atração que necessita de ingresso pago e traz informações detalhadas sobre o atentado de 11 de Setembro de 2001.

memorial do 11 de setembro

Ele conta com várias exibições interativas que narram minuto a minuto o dia dos atentados com áudios, vídeos e e fotos, além de pertences, escombros e objetos relacionados ao triste dia que mudou a história do mundo.

O museu é um dos lugares mais visitados de Nova York. Por isso, a dica é comprar ingressos com antecedência (é possível adquirir as entradas até seis meses antes) ou utilizar um passe de atrações que contemple o acesso.

Clique aqui para informações e ingressos

Após a reserva da data e horário, será enviado um e-mail com o voucher para entrar no museu.

 


11 de Setembro é feriado em Nova York?


memorial do 11 de setembro

O dia 11 de setembro NÃO é feriado em Nova York.

Todos os anos, a data é relembrada por todos moradores e o mundo inteiro entra em reflexão, porém, oficialmente, a cidade de Nova York funciona normalmente, principalmente o comércio e as atrações turísticas.

As homenagens ficam restritas a região do World Trade Center, quando familiares e oficiais do Corpo de Bombeiros, Polícia e autoridades do governo se reúnem para ler em voz alta todos os nomes das vítimas do dia 11 de setembro.

memorial do 11 de setembro

Os quartéis de bombeiros também prestam suas homenagens particulares para os heróis que trabalharam nos resgates. Foram 343 bombeiros do FDNY que morreram no dia 11/09 no trabalho de resgates às vítimas.

Para os turistas que estão na cidade, a dica é evitar o complexo do World Trade Center até às 15h, quando o espaço fica restrito e fechado apenas para o grupo de familiares e oficiais. Após esse horário, o memorial abre para os visitantes prestarem suas homenagens até a meia noite.

Caso não queria frequentar o local, pode seguir seu roteiro normalmente em Nova York.

 


Vale a pena visitar o Memorial do 11 de Setembro?


memorial do 11 de setembro

O Memorial do 11 de Setembro é um dos lugares mais importantes de Nova York. 

Apesar de remeter a um acontecimento triste, é parte da história e presta uma homenagem emocionante a todas as pessoas que perderam suas vidas na tragédia. É inegável que o dia 11 de setembro mudou o mundo para sempre.

Já o Museu do 11 de Setembro narra a história em detalhes de uma forma inédita nos museus que já visitei. Impossível não lembrar o que estava fazendo no dia 11/09 e não se emocionar com as histórias.

A recomendação é incluir no roteiro o ingresso ao museu e conhecer o memorial que é gratuito, junto com as outras atividades que o complexo oferece para os visitantes.

Leia também: o que fazer no World Trade Center

 


Guia de Bairros de Nova York


O Dicas Nova York tem um e-book com mais de 200 páginas com todas as informações que você precisa para conhecer melhor a cidade. No e-book você encontrará:

  • Dicas testadas e aprovadas nos 5 distritos da Big Apple;
  • Panorama geral sobre os principais bairros;
  • Listas do que fazer em Nova York, onde comer e onde ficar;
  • Como utilizar o metrô;
  • Uso do Google Maps na locomoção diária;
  • Cupons de descontos para economizar.

Clique aqui para adquirir o Guia de Bairros de Nova York

Guia de Bairros de Nova York é sempre atualizado e totalmente interativo, para navegação em qualquer celular, tablet ou computador.

 


PLANEJAMENTO DE VIAGEM

GUIA DE BAIRROS: e-book com dicas do que fazer, onde comer e onde ficar

INGRESSOS: atrações de Nova York em reais e cancelamento grátis

CHIP EUA: compre no Brasil com 10% de desconto. Cupom DICASNOVAYORK

SEGURO VIAGEM: faça uma cotação e contrate o seguro com 15% de desconto.

MELHOR PASSE DE ATRAÇÕES:  Go City 5% desconto. Cupom GO5DICAS 

HOSPEDAGEM: lista com os melhores hotéis para ficar em Nova York

TRANSFER AEROPORTO: com motorista brasileiro e atendimento personalizado

CONTA EM DÓLAR: de graça na NOMAD e ganhe até $20. Cupom DICASNOVAYORK

6 comentários

  1. Olá, Fabio! Tudo bem? estamos adorando suas dicas! Vamos pra NY em fev/24. Em quanto tempo vc acha que da pra conhecer a região? queremos agendar um passeio de barco mas estamos perdidos quanto ao horário. muito obrigada! 🙂 parabéns pelo blog!

  2. Olá Fábio, tudo bem? Vimos ontem seu vídeo falando sobre a visita ao memorial e museu, e no vídeo você fala que nas terças feiras o ingresso é gratuito após as 17h, confere? Sabe se continua assim, precisando estar lá 1h antes pra pegar o ticket? Abraços.

    1. Olá, Gabriela, tudo bem?

      Esse museu que vai fechar é o Tributo ao 11 de Setembro criado por voluntários, logo após os atentados, e pouco visitado.

      O Museu Nacional do 11 de Setembro continua aberto e sempre lotado.

      Obrigado.

Chip de Internet Anuncio
Seguro Viagem Anuncio

Publicações da mesma categoria

Dicas & Atrações Pier 57 em Nova York: mercado gastronômico e rooftop gratuito
O Pier 57 Nova York é a mais nova atração da cidade que nunca dorme. Localizado no revitalizado Hudson River Park, o píer oferece uma experiência única para moradores e turistas, com diversas opções de lazer, gastronomia e cultura. Fechado por muitos anos, o Pier 57 foi completamente transformado durante a pandemia por um grupo
washington square park
Dicas & Atrações Washington Square Park: o parque do Greenwich Village
Eu sempre falo, quem quer conhecer Nova York na sua essência precisa caminhar pelas ruas do Greenwich Village. Nela, você encontra o Washington Square Park. Ele é um dos mais marcantes e queridos parques de Nova York. Com uma história rica e diversificada, o parque tem sido um ponto de encontro para moradores e visitantes
metrocard
Dicas & Atrações MetroCard: o bilhete do metrô de Nova York
Metrocard é o bilhete oficial do transporte público de Nova York. Com tarja magnética semelhante a um cartão de crédito, o passe é vendido nas máquinas automáticas e nas bilheterias dentro das estações de metrô. O MetroCard é o bilhete utilizado para acessar o metrô e os ônibus da cidade de Nova York. Para quem
Guia de Bairros

Melhor guia de Nova York com mais de 200 páginas

Está precisando de uma ajuda para planejar a sua viagem para a Big Apple? Então, não deixe de conferir o melhor guia de Nova York.

Acessar o guia
Fabio Angheben
Fabio Angheben

Fábio Angheben é jornalista, criador do Dicas Nova York e marido da Voz da Consciência.
Apaixonado pela Big Apple, estuda muito e conhece em detalhes todas as ruas, histórias dos prédios, atrações e sonha um dia experimentar todos os hambúrgueres da cidade. Vive e respira Nova York todos os dias. Por isso, conta suas experiências no blog com muito carinho e atenção nos detalhes. Seu olhar ainda é de turista (talvez nunca perca isso) e adora trocar ideias sobre as experiências vividas em Nova York.

 

Voz da Consciência tirando foto da Estátua da Liberdade ao fundo Giovanna Criscuolo
Giovanna Criscuolo

Formada em jornalismo e especialista em pesquisa de mercado, é a Voz da Consciência do Dicas Nova York.

Sua visão diferenciada dos mais variados assuntos são essenciais para a criação de conteúdo em todos os canais.

VDC acumula as funções de diretora, produtora, relações públicas, gerente de redes sociais e câmera do Dicas Nova York.

Gosta de uma boa conversa com os amigos, ama estar com a família e viajar com o Fábio.