Qual melhor observatório em Nova York?

melhor observatório em nova york

Decidir qual o melhor observatório em Nova York é uma dúvida bem comum na hora de montar o roteiro.

Em Manhattan existem cinco observatórios mais procurados pelos turistas e realmente incríveis:

Cada atração tem um investimento a ser feito e nem sempre é possível conhecer todas em apenas uma viagem. Aí que entra a dura missão da escolha.

Para ajudar, esse post vai apresentar o melhor de cada observatório, de acordo com as minhas experiências, com as vantagens e desvantagens.

Leia também: o que fazer em Nova York


Melhor observatório de Nova York


melhores observatorios em nova york

Cada visitante tem uma opinião, porque a experiência individual é carregada de emoções e sentimentos que influenciam muito, em qualquer coisa na vida. Por isso, tome suas decisões conforme os seus desejos.

Para ter uma opinião é necessário conhecer de verdade, por isso evite ouvir críticas como “Empire State tem filas”, “Top of the Rock é baixo”, “Preferia as Torres Gêmeas ao One World”, porque essas opiniões mais atrapalham do que ajudam.

Eu já visitei os cinco observatórios em inúmeras oportunidades e já mudei minha opinião diversas vezes, porque a vida é assim, cada momento tem uma história especial e o que ficam são as lembranças.

Só que prometo não ficar em cima do muro e, no final desse post, vou falar qual o melhor observatório em Nova York na minha opinião.

Antes disso, vou detalhar todas as opções com suas vantagens e desvantagens.

Leia também: principais atrações em Nova York


Empire State Building


empire state

O prédio mais famoso do mundo foi por muito tempo o observatório mais alto de Nova York, e só perdeu esse status após a inauguração do One World Observatory.

A concorrência com as novas atrações da cidade não diminuiu nem um pouco o interesses dos turistas, ao contrário, sempre tem filas enormes para visitar o deque 360 graus no 86º andar desse clássico da Big Apple.

A vista do Empire State Building ainda é muito acima da maioria das outras construções de Midtown e arredores, isso faz com que a experiência seja incrível no coração de Manhattan.

Clique aqui para informações e ingressos

Leia no blog: observatório do Empire State


Vantagens e desvantagens do Empire State Building


empire state

Vantagens do Empire State Building

Empire State Building

Desvantagens do Empire State Building- 

  • Filas enormes. Recomendo visitar na abertura ou no final da noite;
  • Observatório protegido por grades que atrapalham a vista;
  • Deque pequeno para os visitantes;
  • Não recomendado em dias de baixa temperatura porque é muito frio.

Observatório Top of the Rock


top of the rock

O 30 Rockefeller Center, prédio do observatório Top of the Rock, não está nem entre os 10 mais altos de Nova York, só que isso não atrapalha em nada a atração.

Localizado no complexo do Rockefeller Center, o observatório tem uma posição muito privilegiada com vista para frontal para o Empire State Building e na face norte para o Central Park.

O terraço ao ar livre é o ponto alto, sem grades, apenas vidros, sem nenhuma proteção para atrapalhar e ideal para registrar belíssimas fotos da cidade.

Clique aqui para informações e ingressos

Leia no blog: observatório Top of the Rock


Vantagens e desvantagens do Top of the Rock


Vantagens do Top of the Rock

melhores observatorios em nova york

Desvantagens do Top of the Rock

  • Prédio mais baixo que os outros seus vizinhos;
  • Vista do Central Park obstruída pelas novas construções;
  • Agendamento de horário somente na bilheteria, mesmo com ingresso antecipado.

CHIP T-MOBILE | INTERNET ILIMITADA

Compre o chip de celular no Brasil com desconto de 10% e chegue nos EUA com internet ilimitada. Utilize o cupom: DICASNOVAYORK
 


One World Observatory


melhores observatorios em nova york

Localizado no sul de Manhattan, a atração foi construída com muita atenção aos detalhes para levar uma experiência única ao visitante em todos os momentos.

O One World Observatory, em pouco tempo, já foi um dos pontos turísticos para visitados da cidade, mas tem perdido espaço para os novos observatórios construídos nos últimos anos.

Com observatório localizado a mais de 500 metros de altura, o mais alto de Nova York, o prédio também é o mais alto dos EUA.

O deque totalmente fechado por vidros e climatizado, indicado para qualquer época do ano, tem uma vista diferenciada do sul da ilha e da Estátua da Liberdade, porém os reflexos atrapalham bastante a experiêmcia.

Clique aqui para informações e ingressos

Leia no blog: experiência no One World Observatory


Vantagens e desvantagens do One World Observatory


one world observatory

Vantagens do One World Observatory

  • Deque 360 graus climatizado e espaçoso;
  • Visita indicada para qualquer época do ano;
  • Vista do prédio mais alto do hemisfério ocidental dos demais observatórios da cidade;
  • Atração incluída no Explorer Pass e New York Pass e SightSeeing Pass.

 

one world observatory

Desvantagens do One World Observatory

  • Os vidros refletem muito as sombras e atrapalham as fotos;
  • O prédio é tão alto que nos dias nublados pode não ter visibilidade;
  • Falta um pouco de emoção e aquele vento no rosto de um observatório.


Melhores observatórios de Nova York


Agora que falei dos 3 primeiros e mais antigos observatórios de Nova York, vamos para a conclusão.

Os melhores observatórios de Nova York são:

Posso falar isso sem nenhuma dúvida, porque as duas atrações conseguem entregar a melhor experiência para o visitante desde o momento da entrada até a vista do topo do prédio.

Antigamente, os turistas procuravam um observatório apenas para curtir a vista. Hoje em dia, as atrações foram modernizadas e entregam muito mais do que uma vista de um prédio alto.

Isso não quer dizer que não gosto ou não vale a pena visitar o Empire State Building, One World Observatory ou o Top of the Rock, ao contrário, todos eles tem suas vantagens e são experiências incríveis.

Só que ao comparar com EDGE NYC e Summit One Vanderbilt fica difícil a competição.


EDGE NYC


edge nyc

Localizado no moderno complexo do Hudson Yards, o observatório EDGE NYC foi inaugurado em março de 2019, alguns dias antes da OMS decretar a pandemia de COVID-19. Fomos na inauguração e logo depois vimos o fechamento da atração que foi uma das últimas a reabrir apenas em setembro do mesmo ano.

A abertura do EDGE mexeu com a cidade em todos os sentidos. A experiência começa ao entrar no elevador com uma apresentação moderna sobre a cidade que passa tão rápido que nem parece que subimos mais de 90 andares.

A vista surpreende ao chegar na plataforma elevada ao ar livre mais alta do hemisfério norte. Localizada no lado oeste da ilha de Manhattan, é possível curtir todos os principais arranha-céus de forma limpa, sem obstruções.

Seja de dia ou de noite, o observatório EDGE NYC é uma experiência que vale a pena colocar no roteiro.

Os ingressos são vendidos com antecedência com data e horários marcados para evitar filas na bilheteria.

A vantagem é reservar no GetYourGuide, parceiro oficial do observatório, é ter a possibilidade de cancelamento em até 24 horas da data agendada, de forma gratuita, sem cobrança de taxas, pelo mesmo valor da bilheteria.

Clique aqui para informações e ingressos

A dica é colocar o observatório EDGE no roteiro pela parte da manhã para depois conhecer o complexo do Hudson Yards, continuar o roteiro com a caminhada no parque suspenso High Line e finalizar. no Chelsea Market.

O observatório está incluído nos passes de atrações Explorer Pass e New York Pass e SightSeeing Pass.


Summit One Vanderbilt


summit

Inaugurado em outubro de 2021, o Summit One Vanderbilt era a cerveja do bolo que faltava em Nova York.

É até covardia a atração ser classificada como observatório, porque a experiência vai muito além de subir no topo de um prédio e tirar fotos.

A atração conta com 3 andares, em um único ingresso geral, com experiências imersivas para o visitante experimentar algo único nas alturas, no coração de Midtown, em Manhattan.

A excelente localização proporciona uma vista frontal e muito próxima do Empire State Building e ainda curtir, do outro lado, a imensidão do Central Park. Tudo isso em salas de espelhos que refletem milhares de vezes a sensação de estar em algum lugar do futuro, como se fosse em filmes de ficção científica.

Se quiser pagar um pouco a mais no ingresso, ainda pode incluir a experiência no Ascent, um elevador que sobe mais 50 metros acima do observatório, do lado de fora do prédio, para ter uma visão única da cidade.

Os ingressos para o Summit One Vanderbilt são vendidos com data e horário marcados.

A compra tem a opção de cancelamento grátis até 24 horas da data agendada, no site da GetYourGuide, parceiro oficial do observatório Summit One Vanderbilt, na venda dos ingressos e com site totalmente em português.

Os valores são os mesmos do site oficial, mas variam conforme a experiência desejada, o dia da semana e o horário escolhido para visitação. Essa é uma regra do próprio observatório.

Clique aqui para valores e ingressos

A minha recomendação é que você compre os ingressos com antecedência, para evitar filas nas bilheterias, ainda mais por se tratar de uma atração nova na cidade. Mas, se não conseguir fazer isso, é possível adquiri-los através das máquinas que ficam instaladas na entrada do observatório.

Ah, e caso você tenha comprado o ingresso geral pela internet e, antes de entrar, decida fazer um upgrade para incluir o elevador Ascent, também pode usar as máquinas automáticas no local para isso.

O ponto negativo do Summit vai para as filas que estão gigantescas, porque a atração é uma das mais procuradas de Nova York. Não deixe para comprar o ingresso no local porque corre o risco de estar esgotado.

O Summit não está incluído em nenhum passe de atrações de Nova York.


Passes de atrações para os observatórios de Nova York


Pelo menos em relação ao passe de atrações não precisa ter dúvidas qual o melhor observatório em Nova York, porque o SightSeeing Pass tem a opção de visitar o One World Observatory, Empire State Building, Top of the Rock e EDGE NYC com apenas um passe.

Leia no blog: experiência com SightSeeing Pass

O passe tema uma lista de mais de 90 atrações, com a flexibilidade de fazer 2 a 12 escolhas – conforme contratação –  e visitar no prazo até 30 dias, para assim economizar de 40 a 70% em relação aos valores dos ingressos nas bilheterias.

Clique aqui para informações do SightSeeing Pass

Espero que esse post tenha ajudado nessa difícil decisão sobre o melhor observatório em Nova York.

Caso tenha alguma dúvida, deixe um comentário.

🙂


PLANEJAMENTO DE VIAGEM

GUIA DE BAIRROS: e-book com dicas do que fazer, onde comer e onde ficar

INGRESSOS: atrações de Nova York com valores em reais e 12 vezes

CHIP EUA: compre no Brasil com 10% de desconto. Cupom DICASNOVAYORK

SEGURO VIAGEM: faça uma cotação e contrate o seguro com 15% de desconto.

PASSE DE ATRAÇÕES:  SightSeeing Pass com 20% de desconto. Cupom DICASNOVAYORK 

HOSPEDAGEM: lista dos hotéis mais reservados pelos brasileiros em Nova York.

TRANSFER AEROPORTO: com motorista brasileiro e atendimento personalizado

CONTA EM DÓLAR: abra sua conta na NOMAD e receba $10 após remessa. Cupom DICASNY10

GRUPO DE WHATSAPP: Faça parte do grupo com dicas exclusivas para ajudar na sua viagem


Compartilhe

Fábio Angheben é jornalista e criador do Dicas Nova York. Apaixonado pela Big Apple, estuda muito e conhece em detalhes todas as ruas, histórias dos prédios, atrações e sonha um dia experimentar todos os hambúrgueres da cidade. Vive e respira Nova York todos os dias. Por isso, conta suas experiências no blog com muito carinho e atenção nos detalhes para a todos. Seu olhar ainda é de turista (talvez nunca perca isso) e adora trocar ideia sobre as experiências vividas em Nova York.

10 Comments

  • Responder setembro 16, 2019

    Lisiane Vardanega Landmeier

    Oi Fábio. Compramos o Sightseeing Pass e vamos pra NYC no ano novo e.inicio de janeiro. Como faço o agendamento para o One World e o Top of the Rock?

    • Responder setembro 16, 2019

      Fabio Angheben

      Olá Lisiane, tudo bem?

      Com o SightSeeing Pass você não precisa agendar o One World, basta apresentar o passe na bilheteria.

      Já no Top of the Rock, é recomendado ir na bilheteria pela manhã e agendar o horário desejado ou subir pela manhã que é mais vazio.

      Obrigado.

  • Responder junho 7, 2019

    Pricilla carla da silva

    Oi Fábio, poderia explicar melhor como funciona citypass?

  • Responder setembro 4, 2018

    Márlon

    Não tive a chance de ir no One World, mas na próxima viagem com certeza está na lista. Entre Top of the Rock e Empire State, gostei mais do primeiro, justamente por causa das grades e tudo mais. Se não me engano, no ESB tinha mais um andar para se visitar, mas não estava incluído no City Pass, tinha que pagar um adicional que não lembro agora. Segui tuas dicas de um post antigo, e visitei um de dia pra pegar o por do sol e um de noite pra ver as luzes. Melhor coisa!!
    Valeus
    Abçs

    • Responder setembro 4, 2018

      Fabio Angheben

      Olá Márlon, tudo bem?

      Da próxima vez não deixe de visitar o One World que é realmente espetacular.

      Eu também gosto muito do Top of the Rock por não ter grades, faz uma grande diferença.

      Muito obrigado pela mensagem e por acompanhar as dicas do blog. 🙂

      • Responder março 4, 2019

        Alessandra

        Oi Fábio!! Tô adorando as suas dicas! Desde já, agradeço. Gostaria de saber em qual dia coloco para visitar o Observatório One World no seu roteiro de 4 dias.

        • Responder março 5, 2019

          Fabio Angheben

          Olá Alessandra, tudo bem?

          Muito obrigado por acompanhar minhas dicas.

          Recomendo agendar a visita do One World no mesmo dia que vai estar na região sul de Manhattan, na Estátua da Liberdade e etc.

          Obrigado.

Leave a Reply