Harlem em Nova York: o que fazer, onde comer e onde ficar

harlem

Já ouviu falar no bairro do Harlem em Nova York?

Localizada no norte da ilha de Manhattan, essa região já foi exclusivamente residencial. Mas nos últimos anos cresceu muito, sobretudo por conta da abertura de novos empreendimentos e grandes lojas de departamentos.

O Harlem tem muita história e faz parte da cultura de Nova York e dos Estados Unidos. 

Infelizmente, muitos viajantes não incluem essa experiência no roteiro, por receio de ser uma área perigosa ou por não saber o que fazer por lá.

Para mudar essa visão, nesse post destaco as principais atrações do bairro. Espero que na sua próxima viagem ele faça parte da sua programação.

Leia também: mapa de Nova York

 


O bairro do Harlem é perigoso?


harlem

Não tem como escrever sobre o Harlem sem tratar deste tema. E a resposta é a seguinte: Não, o Harlem não é um bairro perigosa, principalmente na região comercial da 125th Street, muito movimentada durante o dia.

Claro que ocorrem crimes e que o local tem vários problemas sociais, mas não nos níveis que estamos acostumados a ver no Brasil e nem que sejam visíveis ao turista.

O que você precisa saber é que o bairro não recebe tantos visitantes como a Times Square. O motivo? Ser predominantemente residencial. Mas ainda assim há lugares bacanas para conhecer.  

Se você optar por fazer o passeio, é importante seguir algumas dicas:

  • Faça um roteiro prévio das atrações que deseja visitar;
  • Evite tirar fotos das pessoas nas ruas;
  • Não fotografe as casas com as pessoas nas portas;
  • Em caso de dúvidas, pergunte nos estabelecimentos;
  • Não carregue a câmera no pescoço como um típico “turistão”;
  • Não conte dinheiro na rua (e isso vale para qualquer lugar).

Em relação às pessoas, o que sempre digo para quem inclui o Harlem na sua programação é ter uma conduta respeitosa com ela, afinal, ninguém gosta de ser invadido e incomodado, ainda mais na porta da própria casa.

Leia também: o que fazer em Nova York

 


O que fazer no Harlem


Geralmente, os tours pelo Harlem em Nova York incluem visitar as igrejas aos domingos, um brunch (cardápio de café da manhã reforçado) e o retorno para Manhattan.

Mas o meu roteiro é bem diferente! Ele é um passeio cultural, histórico e gastronômico pelo bairro. Nele, indico as principais atrações e restaurantes que considero importantes conhecer.

Confira os principais pontos:

  • Cathedral Church of St. John the Divine
  • Columbia University
  • Morningside Park
  • Apollo Theater
  • 125 Street | Martin Luther King Blvd
  • Adam Clayton Powell Junior Boulevard
  • Harlem Strivers’ Row

 

 


Cathedral Church of St. John the Divine


Construída em 1892, a catedral segue o estilo gótico e impressiona pelo tamanho; é uma das maiores igrejas anglicanas do mundo.

O horário de visitação é das 8h às 18h. Para quem quiser conhecer mais a fundo, é possível fazer vários tours guiados em inglês. Tem tour a partir de US$ 10 dólares no site oficial.

Endereço: 1047 Amsterdam Avenue

 


Columbia University


harlem

A Universidade de Columbia é a instituição de ensino superior mais antiga de Nova York – foi fundada em 1754.

Localizada na região conhecida como Morningside Heights, a universidade foi responsável pela formação de 3 presidentes dos Estados Unidos e 43 Prêmios Nobel, entre outras personalidades.

A visita é gratuita e, uma vez lá, vale a pena caminhar pela entrada principal e curtir a sua atmosfera. Porém, saiba que é impossível conhecer tudo em apenas em dia, pois o campus é gigantesco.

Endereço: Visitor Center – 213 Low Library, 535 West 116th Street

 


Morningside Park


harlem

Localizado ao lado da Columbia University, o Morningside Park é um dos lugares mais interessantes do Harlem.

E o destaque não é pelo tamanho, e sim pela sua topografia, com subidas e descidas.

É uma atração muito frequentada por moradores, devidos aos playgrounds para crianças e as quadras de basquete.

Endereço: Morningside Dr, New York (entre 110th Street e 123rd Streets)

 


Apollo Theater


harlem

A casa de shows serviu de palco para revelar nomes como Aretha Franklin, James Brown, Michael Jackson, The Supremes, Stevie Wonder e Marvin Gaye.

Ainda hoje, acontecem todas as quartas o tradicional show de calouros conhecido como Amateur Nights. É preciso comprar os ingressos antecipadamente no site oficial do teatro.

O hall está sempre aberto, e conta com alguns quadros em exposição e uma lojinha para comprar lembrancinhas.

Endereço: 253 W 125th Street

Leia mais no blog: Apollo Theater em Nova York

 


125 Street | Martin Luther King Blvd


harlem

A principal avenida do bairro do Harlem é uma homenagem a Martin Luther King, pastor e ativista que liderou o movimento pelos direitos civis nos Estados Unido na década de 50.

Caminhar por ela é perceber o quanto a região passou por uma transformação rápida ao longo dos anos.

Ainda é possível ver alguns estabelecimentos antigos, que resistem à especulação imobiliária, mas eles já dividem espaço com grandes lojas de departamentos – destaque para H&M, GAP, Banana Republic, Nike, Atmos e TJ Maxx.

Endereço: 125th Street | Martin Luther King Blvd

 


Adam Clayton Powell Jr. Blvd | Avenida das Igrejas


harlem

Imagine uma avenida com uma igreja vizinha da outra. Assim é a Adam Clayton Powell Jr. Blvd. Chega a ser surpreendente a quantidade, principalmente da doutrina Batista.

A maioria das igrejas não conta com coral musical como nos filmes. Quando tem, acontece aos domingos e o acesso é bem restrito aos turistas, porque muitas ganham dinheiro com tours realizados às quartas-feiras.

Endereço: Adam Clayton Powell Jr. Blvd

Reserve um tour gospel pelo Harlem

 


Harlem Striver’s Row


harlem

O Harlem Striver’s Row é um distrito histórico do bairro, muito famoso pelas casas todas iguais, no estilo Brownstone, com três andares, porão e escada para acesso a entrada principal.

Sem dúvidas, esse é um dos lugares mais legais para conhecer no Harlem em Nova York.

As casas mais conservadas, e que são ótimos cenários para fotos, estão no conjunto entre a 138th Street e a 139th Street, entre a Adam Clayton Powell Jr. Boulevard e a Frederick Douglass Boulevard.

Endereço: W 138th e W 139th Street

 


CHIP T-MOBILE | INTERNET ILIMITADA

Compre o chip de celular no Brasil com desconto de 10% e chegue nos EUA com internet ilimitada. Utilize o cupom: DICASNOVAYORK
 


Onde comer no Harlem


A diversidade cultural faz do Harlem um bairro muito rico quando o assunto é gastronomia. A culinária predominante é a soul food, muito tradicional no sul dos Estados Unidos.

Os restaurantes que indico são os seguintes:

  • Tom’s Restaurant
  • Levain Bakery
  • Lee Lee’s Baked Goods
  • Amy Ruth’s
  • Harlem Shake
  • Red Rooster
  • Ginny’s Supper Club
  • Sylvia’s Restaurant
  • Dinosaur Bar-B-Que

 

 


Tom’s Restaurant


Tom's Restaurant

É uma lanchonete muito tradicional e que ficou ainda mais famosa por servir de cenário para o seriado Seinfeld – o local ainda preserva essa fama com fotos e quadros dos personagens.

Serve de tudo um pouco, inclusive café da manhã.

No blog tem mais informações e ainda conto a minha experiência no Tom’s Restaurant.

Endereço: 2880 Broadway

 


Levain Bakery


levain bakery

Essa panificadora faz muito sucesso em Nova York por produzir cookies e brioches recheados, entre outras delícias.

As lojas mais próximas do centro de Manhattan estão sempre lotadas. A unidade do Harlem é mais tranquila, com pequenas filas.

Endereço: 2167 Frederick Douglass Blvd

 


Lee Lee’s Baked Goods


harlem

É impossível visitar o Harlem e não passar na Lee Lee’s Baked Goods.

Essa confeitaria é um patrimônio do bairro, uma verdadeira sobrevivente. O dono é o senhor Alvin Lee Smalls e ele está sempre na cozinha, no alto dos seus quase 80 anos.

O destaque de lá é a iguaria de origem judaica Rugelach. Trata-se de um doce muito parecido com o croissant, mas com uma massa um pouco mais grossa, e o melhor de todos é o de chocolate. 

Endereço: 283 West 118th Street

 


Amy Ruth’s


Restaurante com cardápio típico do sul dos Estados Unidos. Destaque para o frango frito com waffles e o pão de milho.

A curiosidade fica por conta dos pratos que recebem nomes de celebridades, como o frango frito Barack Obama, em homenagem ao ex-presidente do país.

Endereço: 113 W 116th Street

 


Harlem Shake


harlem

Outro clássico do bairro é o Harlem Shake.

Essa lanchonete no estilo anos 50/60 tem várias referências aos artistas importantes da cultura americana na sua decoração, e é passagem obrigatória para quem vai visitar o Harlem.

As estrelas da casa são o milk-shake e o hambúrguer com batata frita.

Consulte o cardápio completo no site do Harlem Shake.

Endereço: 100 W 124th Street

 


Red Rooster


harlem

O Red Rooster é um restaurante mais moderninho e que aos domingos tem brunch com música ao vivo para os clientes.

É um local bem turístico. Os pratos custam em média US$ 25 dólares e o cardápio é inspirado na culinária do sul dos Estados Unidos.

Endereço: 310 Malcolm X Blv

 


Ginny’s Supper Club


Localizado no subsolo do Red Rooster, o Ginny’s Supper Club tem apresentações de bandas de jazz todas as noites, a partir das 20h.

O ideal é fazer a reserva no site oficial.

Endereço: 310 Malcolm X Blvd

 


Sylvia’s Restaurant


harlem

Aberto em 1962, o Sylvia’s Restaurant é um dos sobreviventes no bairro do Harlem.

Famoso pelo brunch com música gospel aos domingos, o restaurante é um dos preferidos dos grupos de turistas e fica sempre cheio aos finais de semana.

De segunda a sexta-feira é mais tranquilo para tomar café da manhã e almoçar.

Consulte o cardápio completo no site da Sylvia’s Restaurant.

Endereço: 328 Malcolm X Blvd.

 


Dinosaur Bar-B-Que


Terceira unidade da rede Dinosaur, abriu as portas em 2004.

É um restaurante de cardápio soul food. Os pratos são bem fartos, então, é ideal para ir com a família ou grande grupos.

Endereço: 700 W 125th St

 


Onde ficar no Harlem


harlem

O bairro é pouco procurado para hospedagem devido à distância das demais atrações de Manhattan.

Para se ter uma ideia, o deslocamento diário é de no mínimo 20 minutos de metrô até a Times Square.

A falta de opções de hotéis com bom custo-benefício para o turista também faz do Harlem um local pouco atrativo para quem vai ficar poucos dias em Nova York.

Mas, caso escolha a região para hospedagem, saiba que o recomendado é ficar somente entre a 110th e a 125th Streets, do lado oeste, por ser uma área mais movimentada, segura e com estações de metrô próximas. 

O hotel que indico é o Aloft Harlem. Ele fica perto do metrô da 125th Street e conta com boa estrutura para os hóspedes.

Clique aqui para informações e reservas

 


Tour gospel com guia


harlem

Para visitar todas as atrações do Harlem é preciso estar com disposição para caminhar. Mas, se você não está nesse clima, a opção é fazer um tour guiado – e tem guia em português.

Ele é realizado às quartas-feiras e promove uma imersão na história e na cultura musical do bairro. Inclui o seguinte:

  • Passeio pela Strivers Row e Sylvan Terrace para admirar as casas senhoriais e os edifícios históricos
  • Visita ao Apollo Theatre e ao Centro Schomburg de Pesquisa em Cultura Negra
  • Culto com presença do coral gospel

Para garantir a sua reserva, é necessário fazer a compra antecipadamente.

Clique aqui para mais informações e reserva

Essa é uma outra forma de conhecer o Harlem, sem caminhar muito e ainda ter a companhia de um guia experiente e que sabe tudo sobre a cidade.

Atenção: o tour com guia é bem diferente do meu roteiro, que conta com outras atrações e pontos turísticos.

 

 


Guia de Bairros de Nova York


guia de bairros de nova york

O Dicas Nova York tem um e-book com mais de 200 páginas com todas as informações que você precisa para conhecer melhor a cidade.

No e-book você encontrará:

  • Dicas testadas e aprovadas nos 5 distritos da Big Apple;
  • Panorama geral sobre os principais bairros;
  • Listas do que fazer em Nova York, onde comer e onde ficar;
  • Como utilizar o metrô;
  • Uso do Google Maps na locomoção diária;
  • Cupons de descontos para economizar.

Clique aqui para adquirir o Guia de Bairros de Nova York

Guia de Bairros de Nova York é sempre atualizado e totalmente interativo, para navegação em qualquer celular, tablet ou computador.

 


PLANEJAMENTO DE VIAGEM

GUIA DE BAIRROS: e-book com dicas do que fazer, onde comer e onde ficar

INGRESSOS: atrações de Nova York com valores em reais e 12 vezes

CHIP EUA: compre no Brasil com 10% de desconto. Cupom DICASNOVAYORK

SEGURO VIAGEM: faça uma cotação e contrate o seguro com 15% de desconto.

PASSE DE ATRAÇÕES:  SightSeeing Pass com 20% de desconto. Cupom DICASNOVAYORK 

HOSPEDAGEM: lista dos hotéis mais reservados pelos brasileiros em Nova York.

TRANSFER AEROPORTO: com motorista brasileiro e atendimento personalizado

CONTA EM DÓLAR: abra sua conta na NOMAD e receba $10 após remessa. Cupom DICASNY10

GRUPO DE WHATSAPP: Faça parte do grupo com dicas exclusivas para ajudar na sua viagem


Compartilhe

Fábio Angheben é jornalista e criador do Dicas Nova York. Apaixonado pela Big Apple, estuda muito e conhece em detalhes todas as ruas, histórias dos prédios, atrações e sonha um dia experimentar todos os hambúrgueres da cidade. Vive e respira Nova York todos os dias. Por isso, conta suas experiências no blog com muito carinho e atenção nos detalhes para a todos. Seu olhar ainda é de turista (talvez nunca perca isso) e adora trocar ideia sobre as experiências vividas em Nova York.

24 Comments

  • Responder setembro 8, 2020

    Amanda Cali

    Que post lindo! Eu e meu marido estamos assistindo a série “Godfather of Harlem” e ao pesquisar mais sobre o Harlem me deparei com esse roteiro incrível! Já vou salvar e usar na nossa próxima ida à NY. Espero que o Lee Lee’s Baked Goods nos aguarde! Hehehe, abraços, Fábio!

    • Responder setembro 28, 2020

      Fabio Angheben

      Fico feliz em saber que gostou do roteiro.

      Espero que retorne em breve a Nova York e aproveite todas as atrações do Harlem.

      Obrigado.

  • Responder janeiro 17, 2020

    Adriane Rodrigues

    Boa noite!
    Deixei minha viagem para a ultima hora, os preços de hotel estão muito caros, estou pensando no Brooklyn e no Harlem. Qual dos dois me sugeres? Minha trip é entre 27/01 e 15/02.

    Obrigada!

  • Responder setembro 13, 2019

    leila oliveira

    Oi Fábio, tu não tem ideia de como pesquisei no teu blog ontem, tava sozinha em casa e aproveitei para ver TODAS as tuas dicas. E já salvei várias para mais perto da viagem ver de novo.OBRIGADA!!!!!!!! Mas vamos ao que interessa.. Um dos meus passeios vai ser em direção ao Harlem, vou fazer a Tumba, duas igrejas, a Columbia e o parque ao lado que descobri graças a este teu post e terminar enchendo o bucho no Tom’s. A minha pergunta é, do Lincoln Center até a Tumba de Grant dá 6km, até o Lincoln é uma área que já conheço mais ou menos, mas a partir da li não conheço nada, então ir e voltar de metrô eu vou perder de conhecer muita coisa pelo caminho. Como são só 6km, e vai estar frio pensei em fazer o trajeto de ida OU volta a pé, mas para isto queria ver contigo se tu sabe se este trajeto é plano? Pois se na ida ou na volta tiver ladeira (lomba, subida) eu deixo para fazer este trajeto de metrô e o outro de a pé. Obrigada, e desculpe pela pergunta estranha..hahahahahha.

    • Responder setembro 14, 2019

      Fabio Angheben

      Olá Leila, tudo bem?

      Muito obrigado por acompanhar as minhas dicas. Sua mensagem me deixou muito feliz. É sempre um prazer ajudar! 🙂

      Nova York é predominantemente plana, por isso você não vai encontrar muitas subidas, apenas para a Columbia University que tem uma subida, porque ela fica no alto.

      Recomendo fazer esse passeio a pé na ida, assim está mais descansada e retorna de metrô após essa longa caminhada.

      Fica tranquila com os 6km, a média do turista em Nova York é de 12km por dia. 🙂

      Obrigado.

  • Responder julho 4, 2019

    Geise

    Olá Fábio!
    Vou para NY em Outubro pela 1° vez e sozinha, e estou lendo todas as dicas aqui no seu blog!
    Quanto ao Harlem (passeio incluso no meu roteiro, assim como Brooklyn e Bronx) é seguro andar a noite? Caso eu vá ao Red Rooster ou a noite de “calouros” do Apollo Theater.

    Obrigada!

    • Responder julho 5, 2019

      Fabio Angheben

      Olá Geise, tudo bem?

      Muito obrigado por acompanhar minhas dicas.

      Outubro é uma ótima época para conhecer Nova York.

      O Bronx não tem muita coisa o que fazer, ainda mais a noite. Já nos outros bairros é seguro andar a noite sim.

      Adoro o Red Rooster e o Apollo Theater é demais. Você vai curtir muito.

      Obrigado.

  • Responder abril 19, 2019

    Karla

    Olá! Quanto tempo levou este roteiro?

    • Responder abril 22, 2019

      Fabio Angheben

      Olá Karla, tudo bem?

      Fiz o roteiro apenas em uma manhã, em 4 ou 5 horas, bem tranquilo.

      Obrigado.

    • Responder março 1, 2020

      Mara Machado

      Senti falta da estátua da negra escrava no Harley é um lugar que passa uma vibração muito forte. Gostei muito de ter ido lá. Lamento não ter encontrado seu saite antes da minha viagem. A propósito ao lado da Catedral tem um jardim pelissimo. Possui um teclado ao ar livre. Quem quiser pode usá-lo.

      • Responder março 2, 2020

        Fabio Angheben

        Olá Mara, tudo bem?

        Muito obrigado pelo comentário.

        Fico feliz em saber que gosta do blog. Espero que faça uma viagem em breve para Nova York.

        Obrigado.

  • Responder novembro 19, 2018

    Celso Junior

    Parabéns pelo Blog. Qualidade excelente !

  • Responder julho 16, 2018

    ROSELI DE ARAUJO RODRIGUES

    Ola Fabio, vou em agosto e vou ficar na 141 West 145th street. Você acha muito distante?

    • Responder julho 16, 2018

      Fabio Angheben

      Olá Roseli, tudo bem?

      É um pouco distante, porque é uma região que não tem atração e fora do circuito turístico. Você vai depender do metrô para todos os deslocamentos.

      Muitos turistas não se importam e preferem ficar mais distante pela economia.

      Se você não tem problema quanto a isso, faça seu planejamento sempre com 30 minutos de antecedência, que é o tempo de deslocamento até a Times Square (como referência).

      Obrigado.

  • Responder julho 3, 2018

    Bruno Fagundes

    Muito bom seu site, em Outubro estou indo pela primeira vez para Nova York com minha esposa e o seu site está ajudando muito. Vi um apartamento no airbnb em Halem muito bom e estava querendo me hospedar nele, você acha conveniente ficar em Halem e poder descer para conhecer claro outros lugares?

    Obrigado.

    Bruno Fagundes

    • Responder julho 3, 2018

      Fabio Angheben

      Olá Bruno, tudo bem?

      Muito obrigado pela mensagem e fico muito feliz em ajudar vocês na primeira viagem a Nova York.

      Qual região do Harlem você quer se hospedar? Porque até a 130th Street é recomendado, porque é próximo das atrações, rápido de metrô e etc. Acima dessa rua já começa a ficar mais distante e já é melhor procurar em outro lugar mais próximo.

      Obrigado.

      • Responder abril 29, 2019

        Silmara

        Muito bacana suas dicas. Tirei várias dúvidas e senti vontade de ir para lugares que não tinha programado. Vou para NY em outubro e fico no The Harlem Cascades. Ele fica próximo das atrações ou é localizado em um lugar de difícil acesso?
        Desde já obrigada pelas dicas.

        • Responder abril 29, 2019

          Fabio Angheben

          Olá Silmara, tudo bem?

          Muito obrigado por acompanhar minhas dicas.

          O Harlem é um bairro em transformação, mas que mantém suas origens e cultura.

          Os apartamentos The Harlem Cascades ficam próximos das atrações e da 125th Street que é a principal avenida do bairro.

          Obrigado.

  • Responder março 9, 2018

    LUISA FERNANDES BOGEA NETTO

    Muito obrigada pelo roteiro detalhado, já fui a NY várias vezes, e inclusive já estive no Apollo e no Red Rooster… dessa vez, pretendo incluir uma caminhada mais abrangente pela região e seguirei suas dicas!

    • Responder março 9, 2018

      Fabio Angheben

      Olá Luisa, tudo bem?

      Eu que agradeço seu comentário.

      O Harlem é um bairro seguro e muito interessante para conhecer a pé! Vale a pena! 🙂

      Fico feliz em saber que o roteiro inspirou você a visitar o bairro novamente.

      Obrigado.

  • Responder fevereiro 19, 2018

    solange BARAUNA

    Adorei suas dicas!!! Quero muito ir ao Harlem com meu filho de 21 anos. Não dirigimos e por isso pretendemos fazer todo o trajeto de metrô. Obrigada pelo seu olhar.

    • Responder fevereiro 19, 2018

      Fabio Angheben

      Olá Solange, tudo bem?

      Visitar o Harlem faz parte da cultura de Nova York e espero que vocês aproveitem demais o passeio.

      Use e abuse do metrô, é o melhor meio de transporte, mais rápido e econômico.

      Espero que curtam o passeio.

      Obrigado pelo comentário. 🙂

Leave a Reply