Charging Bull – O touro de bronze de Wall Street

Charging Bull

O Charging Bull é o maior símbolo de poder da bolsa de valores de Wall Street e é uma das atrações gratuitas mais visitadas pelo turistas.

A escultura idealizada por Arturo di Modica está localizada no Bowling Green Park, próximo ao Wall Street em Financial District, e é o símbolo do mercado financeiro americano.

O touro para os investidores é a representação de alta das ações na bolsa de valores.

 


LENDA URBANA


A lenda popular é que esfregar a mão seu chifre, no focinho ou nos seus testículos, representa sorte, prosperidade e dinheiro.

Talvez por isso, é muito comum imensas filas para tirar fotos e deixar registrado o momento com o gigante de três toneladas de bronze e muitas cenas engraçadas de turistas se agachando para segurar nos testículos do touro.

Quer conhecer um pouco mais da história, visite o site oficial: www.chargingbull.com  (site em inglês).

No site também é possível ver uma câmera ao vivo do Charging Bull.

Charging Bull

 

CHIP T-MOBILE COM INTERNET ILIMITADA

Compre o chip no Brasil com desconto de 10% e chegue nos EUA com internet no celular

 


INFORMAÇÕES


Localização:

1 Bowling Green, New York

Como chegar

De metrô – Utilize a estação Bowling Green – Linhas Verde 4 e 5

 


Ao visitar o Financial District inclua no seu roteiro uma passadinha para registrar o momento e conhecer o famoso touro de Wall Street. Vale a pena!

Conhece o touro da bolsa de valores ou tem alguma dúvida? Conte aqui nos comentários.

🙂


PLANEJAMENTO DE VIAGEM

INGRESSOS: entrada para as principais atrações em reais e 6 vezes sem juros.

CHIP: compre o chip no Brasi com 10% de desconto e chegue nos EUA com internet no celular.

SEGURO VIAGEM: faça uma cotação e contrate o seguro com 5% de desconto.

HOSPEDAGEM: lista dos hotéis mais reservados pelos brasileiros em Nova York.


Jornalista de formação e apaixonado por esportes americanos. O Dicas Nova York é o seu espaço para compartilhar informações e experiências, para que todos conheçam a Big Apple de um jeito diferente e descontraído.

Seja o primeiro a comentar