One World Observatory: vista do prédio mais alto de Nova York

one world observatory

Depois da queda das Torres Gêmeas, no atentado terrorista ao World Trade Center em Nova York, ficou uma dúvida sobre o que seria construído e um vazio a ser preenchido no local.

Até que em 03.11.14, foi inaugurada a “One World Trade Center” finalizando toda construção do complexo no antigo WTC, que ainda conta com o “National September 11 Memorial & Museum” , outros edifícios comerciais ao seu redor e a estação de trem World Trade Center.

Com 541 metros de altura, é o 4º prédio mais alto do mundo e está localizado em Lower Manhattan, centro financeiro de Nova York.

Tive a oportunidade de conhecer o observatório na sua inauguração e enfrentei longas filas para a entrada.

Note que algumas fotos as dependências estão vazias ou sem muitas pessoas, mas isso não é comum. É porque em julho/16 fui convidado a fazer um media tour, antes da abertura do prédio para o público, o que possibilitou conhecer todas as dependências com calma e tirar mais fotos para o blog.

Confira em detalhes tudo o que você vai encontrar ao visitar o One World Observatory. 🙂

 


ENTRADA DO ONE WORLD TRADE CENTER


one world observatory

 

A entrada do prédio é de fácil acesso e fica na esquina das ruas West e Vesey.

Ao chegar ao local, tudo impressiona pelos detalhes e pela construção tecnológica.

A estrutura é bem diferente de outras atrações mais antigas de Nova York, ali tudo parece que foi pensado cuidadosamente para receber os visitantes.

Destaque pela interatividade em todos os pontos de passagem, que proporciona uma experiência única a todos que visitam o local.

 


GLOBAL WELCOME CENTER


one world observatory

Tudo começa logo depois que você entrar no prédio e passa na rigorosa revista e raio-x, com recepção na área chamada “Global Welcome Center”.

O espaço conta com uma tela gigante que contabiliza a quantidade de visitantes que passaram pelo local e seus respectivos países de origem.

Interatividade pura!

 


PROJETO VOICES


one world observatory

Logo depois da interatividade do “Global Welcome Center” tem um outro espaço que conta um pouco da história da construção do “”One World Trade Center”.

São centenas de telas posicionadas com vídeo de depoimentos de engenheiros, trabalhadores e etc. que ajudaram na construção.

Esse espaço não é tão interessante, como os outros, mas já que está lá dentro aproveite para descobrir um pouco sobre como foi desenhado o projeto.

Destaque nas paredes de todo o caminho da fila tem simulação das rochas da construção e da fundação do prédio.

 


ELEVADOR: SKY POD


Esse é o nome do elevador do “One World Trade Center”.

Não é apenas um elevador, o “Sky Pod” é uma atração a parte, o elevador mais legal que já conheci.

São cinco elevadores que fazem o percurso do térreo até o 102º andar em apenas 60 segundos.

Isso mesmo, você sobe 500 metros de elevador em 1 minuto.

Mas não é aquela sensação ruim de elevador rápido que estamos acostumados com frio na barriga e tudo mais. Bem diferente disso.

Todo o trajeto é interativo com três paredes de telas de LED de altíssima qualidade que exibem um filme incrível do surgimento dos prédios nos últimos séculos em Nova York e a formação da sua famosa “skyline”.

O filme relembra a cidade desde quando ainda era apenas árvores e fazendas. Parece um túnel do tempo!

O mais legal é que nas telas dá para acompanhar qual ano o filme está mostrando, quantos metros o elevador já subiu e em que parte do prédio você está no momento, até chegar no 102º andar.

Tudo isso em 60 segundos!


SEE FOREVER THEATER


Ao sair do elevador no 102º andar começa oficialmente a experiência com o One World Observatory.

Todos visitantes são encaminhados para uma salinha com mais telas de LCD com um pequeno vídeo sobre Nova York e o ritmo frenético da cidade.

Um filme interessante, que reserva uma grande surpresa no final.

 

one world observatory

 

Não vou contar aqui, mas é tão legal e surpreendente que valeu o ingresso.

Esse andar ainda não é o observatório principal.

Se você quiser você pode “alugar” um iPad que tem um programa interativo que consegue identificar todos os prédios de Manhattan, quando apontar para as janelas do observatório. É uma boa pedida para conhecer em detalhes todos os prédios da cidade.

Ah, o iPad é pago e custa US$ 15 dólares. Eu fiquei observando outras pessoas usarem e não aluguei, porque estava ansioso pelo observatório principal.

 


ONE WORLD OBSERVATORY ™ ONE


Ao descer as escadas, no 101º andar você vai encontrar três restaurantes que proporcionam uma experiência e um visual incrível de Nova York.

Os restaurantes são:

One Café: oferece café, sucos, lanches e outras coisas para enganar o estômago.

One Mix: é um bar mais interessante, com alguns drinks e pratos diferentes.

One Dine: oferece jantar com vista de Nova York de tirar o fôlego. É o único que precisa de reservas antecipadas, por ser mais exclusivo e tudo mais. Clique aqui para saber mais.

Todos os restaurantes são muito bem servidos, inclusive nos preços.

 


DISCOVERY LEVEL


one world observatory

 

Depois de todas pequenas atrações e interatividade, desça mais uma escada até o 100º andar e prepare-se para o “gran finale”, o andar do observatório.

O observatório 360 graus do “One World Trade Center” possibilita conhecer Manhattan, Estátua da Liberdade, New Jersey e muito mais em detalhes e de um ângulo diferente.

Nunca pensei que Nova York criaria um observatório tão incrível como One World Observatory.

 

one world observatory

 

As diferenças desse observatório para o Empire State e o Top of the Rock, além da localização que fica no sul da ilha da Manhattan, é que esse é totalmente fechado, dentro de uma andar do prédio e com vidros, o que ajuda muito quando está muito frio e com vento.

Lembro de uma vez quando fui ao Empire State no inverno e o vento gelado era tão insuportável que atrapalhou um pouco a minha visita e dos meus amigos, que as fotos ficaram até tremidas.

Ponto positivo para o “One World Observatory”!

 


SKY PORTAL


one world observatory

 

Ainda dentro do 100º andar, tem um chão de vidro que permite ver a movimentação da rua e dos carros em tempo real.

Na verdade no chão estão colocadas telas de LCD, que transmitem ao vivo por meio de câmeras posicionadas na parte externa do prédio, tudo tão real que parece um chão de vidro de verdade.

 


CITY PULSE


one world observatory

 

No mesmo andar tem mais uma atração interativa chamada City Pulse.

É uma pequena apresentação sobre algo interessante de Nova York feita por um guia que explica curiosidades, tudo acompanhado pelas telas LCD que fazem o formato de um círculo.

 


LOJA DE SOUVENIRS


Quem acompanha o blog sabe que em todas as atrações em Nova York ou qualquer outro lugar dos Estados Unidos sempre tem a loja de souvenirs no final. Claro que no observatório não podia ser diferente.

Lá você encontra uma variedade de lembrancinhas sobre o prédio, sua construção e também alguns artigos curiosos, com preços bem salgados.

Como são produtos únicos que você não vai encontrar em qualquer outro “gift shop”, se gostou de algo é melhor levar e guardar uma recordação desse lugar incrível.

 


DICAS IMPORTANTES


one world observatory

– Programe antecipadamente a visita ao One World Observatory;
– Os ingressos são vendidos antecipadamente com hora marcada;
– Assim você evita as enormes filas na entrada;
– A antecedência é importante, porque são grupos pequenos para visitação em cada horário;
– Programa-se para chegar de 15 a 20 minutos antes do horário marcado no ingresso;
– A revista da segurança na entrada é bem rigorosa com raio-x e tudo mais;
– Não leve malas, mochilas ou bolsas grandes;
– É proibido a entrada com comidas e bebidas;
– Evite objetos cortantes ou que possam levantar qualquer suspeita;
– Também é proibido levar cigarros ou esqueiros;
– Leve sua melhor câmera com zoom de qualidade;
– As fotos de dia e no sunset ficam excelentes;
– Câmeras profissionais, tripés ou acessórios de fotografia profissionais também são proibidos;
– Os vidros do observatório não favorecem as fotos com flash;
– Conhecer todas as atrações precisa de 1h30 a 2 horas.

 


INGRESSOS


Os ingressos são vendidos por meio de agendamento de data e hora:

Valores dos ingressos:

Adultos: US$ 32
Idosos (+65): US$ 30
Crianças (6 a 12 anos): US$ 26

Para garantir sua entrada sem filas, adquira seus ingressos antecipados com desconto.

 

Após efetuar a compra, você receberá um e-mail com o voucher, basta imprimir e apresentar no “Visitor Center” do One World Trade Center.


INFORMAÇÕES


Horários de funcionamento:

Aberto todos os dias da semana – 09h até 20h (último bilhete vendido às 19h15)

Caso queira comprar o ingresso no local, a bilheteria abre às 8h30.

Endereço da bilheteria:

One World Trade Center
285 Fulton Street
Nova York, Nova York 10007
Entrada pela West Street
Na esquina das ruas West e Vesey


Como chegar ao One World Observatory

Como qualquer outra atração de Nova York o melhor transporte e mais rápido é o metrô.

São várias estações próximas ao “One World Trade Center”. São elas:

Linhas: estacaofulton
Desça na estação Fulton Street/Broadway-Nassau
Saia pela Fulton Street e siga pela Church Street.
Olhe para cima e logo vai encontrar o prédio.

Linhas: estacaopark
Desça na estação Park Place
Saia para Church Street.
Olhe para cima e logo vai encontrar o prédio.

Linhas: estacaoworld
Desça na estação World Trade Center
Saia para Church Street.
Olhe para cima e logo vai encontrar o prédio.


Endereço

One World Trade Center

285 Fulton Street, Nova York
Na esquina das ruas West e Vesey

 


one world observatory

 

Viu as fotos do One World Observatory? O visual é incrível, recomendo demais a visita ao observatório, é inesquecível.

Tem alguma dúvida, escreva nos comentários que ajudo você.

🙂


DICAS PARA PLANEJAR SUA VIAGEM


HOSPEDAGEM | Ainda não reservou o hotel? Confira o guia completo “Onde ficar em Nova York”.

SEGURO VIAGEM | Faça uma cotação e parcele em até 12 vezes no cartão de crédito.

CHIP DE INTERNET | Fique conectado com internet ilimitada e aproveite o FRETE GRÁTIS.

INGRESSOS DAS ATRAÇÕES | Ingressos em reais (R$), sem IOF e em até 6 vezes no cartão.


Comentários do Facebook

Jornalista de formação e profissional de marketing com master pela ESPM de São Paulo. Criador e redator no blog Dicas Nova York, coleciona experiências e histórias marcantes não só em Nova York, sua cidade, mas também de leste a oeste dos Estados Unidos. O blog é uma paixão antiga e o espaço é utilizado para compartilhar informações e experiências na cidade, para que todos conheçam a Big Apple de um jeito diferente e descontraído.

Seja o primeiro a comentar