10 filmes mais legais gravados em Nova York

filmes

Estar em Nova York é como estar dentro de filmes ou seriados, essa é minha sensação e acredito que de muita gente que visita a cidade.

Inspiradora e queridinha de muitos cineastas e diretores, a cidade é palco de centenas de produções de todos os gêneros.

Pensando nisso, decidi listar os 10 filmes mais legais que foram gravados ou inspirados em Nova York para compartilhar com vocês.

Foi bem difícil deixar de fora da lista filmes clássicos, mas tentei reunir aqueles que tem a cidade como cenário principal e como parte integrante da história.

Sei que qualquer lista sempre reflete a opinião do autor, e que nesse caso essa é bem influenciada pelos meus gostos e os tipos de filmes que assisto, por isso fiz uma seleção bem variada de décadas e estilos diferentes.

Se você tiver alguma sugestão, fique a vontade para comentar suas preferências e os filmes que marcaram sua vida. Prometo que faço uma outra lista com as experiências e comentários de vocês, ok?

Antes do top 10, a foto de destaque ilustra muitos dos filmes famosos gravados na cidade, com desenhos dos locais em que as cenas foram inspiradas ou gravadas.

Vamos a lista dos 10 filmes mais legais / marcantes sobre Nova York:


10) “Do the Right Thing” – Faça a Coisa Certa (1989)


O bairro do Brooklyn de hoje é considerado seguro e harmonioso para milhões de turistas, mas esse cenário já foi bem diferente até o início dos anos 2000.

Dirigido e protagonizado por Spike Lee, o filme retrata a vida no Brooklyn dos anos 80, bairro pobre de vizinhança negra.

Lee é ajudante em uma pizzaria comandada por um ítalo-americano que na contra mão do bairro utiliza decoração de ídolos ítalo-americanos no seu estabelecimento.

Um clássico que completou 25 anos do gênio Spike Lee que é morador de Nova York e um dos símbolos da cidade, que consegue passar a tensão de viver no bairro lado a lado com o esquecimento das autoridades, preconceito e violência.


9) Saturday Night Fever – Os Embalos de Sábado à Noite (1977)


Esse clássico é único e colocou John Travolta no estrelato para eternidade. Muito do que conhecemos sobre decoração de discotecas e baladas hoje devemos para esse filme.

Filmado no Brooklyn, retrata a vida de Tony Manero, um jovem dançarino que encontra nas pistas de dança e na “disco music” o estrelato, muito além da sua vida comum de um subemprego na loja de tintas.

Muita música, cabelos penteados, dança e uma Nova York dos anos 70.


8) Carlito’s Way – O Pagamento Final (1993)


Quando pensamos em Nova York, logo vem a cabeça prédios altos, tecnologia, parques e etc., mas nos anos 20/30 a vida era muito diferente.

Dominada pelas máfias italianas que fragmentavam os bairros,  o crime e as atividades ilegais eram o que moviam a economia.É exatamente essa época que “O Pagamento Final” retrata.

Com Al Pacino na sua melhor fase, estrelando um gangster que recém libertado da cadeia, que tenta viver uma vida normal, mas é chamado para fazer um último trabalho para proteger um amigo.

Você vai ver bairros como Queens e Harlem bem diferentes do que vemos hoje.


7) Rosemary’s Baby – O bebê de Rosemary (1968)


Os filmes de terror não me agradam muito. Não é por medo de assombrações ou qualquer outra coisa, é mais pelo gênero não ser a minha preferência.

Uma coisa tenho que admitir, esses filmes gravados na década de 60 e 70 são aterrorizantes naturalmente, e “O bebê de Rosemary” entra nessa lista por ser um clássico filmado em Nova York.

A história é de um jovem casal que se muda para um prédio estranho, habitado por pessoas mais estranhas ainda, até que Rosemary fica grávida, tem muitas alucinações, e ainda vê seu marido se envolver na seita de bruxas que os vizinhos praticam.

Destaque para o “Dakota Building” prédio que ficou muito famoso após o sucesso do filme e também quando serviu de moradia a nada mais nada menos do que John Lennon, tragicamente assassinado na porta do mesmo local.  Confira a matéria que fiz sobre o Dakota Building.

Muitos outros locais da cidade serviram de locação como o “Time & Life Building”, a fachada do Radio City Music Hall, a loja da Tiffany na 5th avenue. Aliás a 5ª avenida é palco para várias cenas e é interessante perceber como foram esses locais nos anos 60.

Filme clássico, assustador, com um trailer bem ruim, que não retrata o que é o filme.


6) Ghost – Do outro lado da vida (1990)


Em Ghost, Patrick Swayze e Demi Moore fizeram um dos pares românticos mais marcantes da história do cinema, e utilizaram de cenário a cidade de Nova York, nos anos 90.

Muita gente se emociona até hoje com a história de amor de Sam e Molly, que são separados após um trágico acidente que levou Sam para outra vida, mas mesmo assim ainda consegue contato com a sua amada.

O apartamento do casal no coração Soho existe de verdade e está localizado no endereço – 102 Prince Street entre Mercer e a Greene Streets. Ainda no filme é comum ver cenas típicas de Nova York dentro do metrô, fumaça saindo dos bueiros e etc.


5) The Wolf of Wall Street – O Lobo de Wall Street (2013)


Outro filme novo, que considero um clássico do diretor Martin Scorsese.

Com a romântica Nova York dos anos 90 de inspiração, o longa conta a história de um ambicioso corretor da bolsa de valores que constrói um império utilizando técnicas questionáveis de vendas de ações.

Com Leonardo de Caprio em uma das suas melhores atuações da carreira, é possível identificar diversas partes da cidade como Financial District, Trump Tower, entre outras.

Destaque para o incrível restaurante “Top of Sixes” com imensas janelas de vidros no topo do prédio na cena épica de Leonardo de Caprio com Matthew McConaughey.

Localizado no 41º andar do prédio “Top of Sixes” na 5º avenida em Nova York, o restaurante fechou em 1996 deixando saudades.

No final do trailer tem imagens do restaurante para recordar!


4) Mens@gem para Você – You’ve Got Mail (1998)


Filme de comédia romântica bem água com açúcar estrelando Tom Hanks e Meg Ryan bem no comecinho da era digital em que enviar mensagens virtuais era o máximo da tecnologia pela AOL – American Online.

Um passado recente que chega a ser engraçado de como há menos de 20 anos um e-mail era apenas escrito, sem fotos ou vídeos, e isso era o máximo que podia ser enviado pelos computadores.

Mas vamos ao filme: nele os dois se conhecem online e começam a se conversar por trocas de e-mails. Também tem um pouco de drama, porque ela é dona de uma livraria e ele é dono de uma megaloja concorrente, mas eles não sabem até então.

Até aí tudo bem, mas por que esse filme entra nos 10 mais legais?

Porque todas as locações são reais. Cada cena, cada história é um pedacinho de Nova York retratado fielmente pela diretora Nora Ephron.

Destaque para o aconchegante Café Lalo, utilizado pela Meg Ryan no filme para envio dos e-mails para seu admirador secreto, e é um cantinho próximo ao Museu de História Natural que deve ser explorado.

Veja post no blog sobre o Café Lalo.


3) Ghostbusters – Os Caça-Fantasmas (1984)


O que seria de Nova York sem os Caça-Fantasmas? Sim, Bill Murray e sua turma salvaram a cidade de fantasmas malignos que assombravam nos anos 80.

No filme Peter Venkman (Bill Murray), Ray Stantz (Dan Aykroyd) e Egon Spengler (Harold Ramis) são três cientistas da Columbia University que se dedicam a estudar casos paranormais, até que resolvem abrir uma empresa exterminadora de fantasmas.

Um clássico dos anos 80 que vive eternamente na memória de muita gente.

O carro dos “Ghostbusters” passeia pela cidade em pontos como Columbia University, Manhattan Bridge, Rockfeller Center, Central Park e etc.

Se você quer conhecer o Quartel General dos Ghostbusters, o prédio existe, com o clássico símbolo dos caça-fantasmas na calçada, vale a pena tirar uma foto lá, vai ser no mínimo engraçado.

HQ Ghostbusters
Endereço: 8-14 North Moore Street


2) Big Daddy – O Paizão (1999)


Esse filme pode não ser considerado nenhum clássico do cinema, mas é impossível não associar Adam Sandler a cidade de Nova York. O ator nasceu no Brooklyn e nunca esconde suas origens.

Em “O Paizão”, ele vive um vagabundo de cidade grande, quando resolve adotar uma criança apenas para se mostrar responsável para sua namorada, que o abandona logo em seguida. Agora, Sonny está sozinho e agora com uma criança para cuidar.

No filme, Sandler utiliza uma camiseta da Syracuse University em quase todo o longa metragem, em referência a famosa universidade localizada ao norte do estado de Nova York.

São várias cenas em locações como Soho, Central Park e o restaurante Hooters.

O trailer é sensacional!


1) Homem-Aranha – Spider Man (2002)


Em primeiro lugar poderia estar filmes clássicos como Os Bons Companheiros, Máquina Mortífera, Esqueceram de Mim e até King Kong, mas vou escolher Homem-Aranha e explicarei abaixo.

Antes dessa onda com dezenas de filmes sobre super-heróis que pipocam no cinema todos os meses, lá em 2002 as telonas de todo o mundo receberam um filme que revolucionaria toda a história junto com X-Men (2000).

Finalmente, estreava Homem-Aranha, personagem clássico dos quadrinhos estrelado por Tobey Maguire no papel do nerd Peter Parker que viu sua vida mudar depois de ser mordido por uma aranha geneticamente modificada.

Até aí tudo bem. O mais legal é que o filme respira Nova York em todos os momentos:

  • Peter estuda na Columbia University. (West 116th Street)
  • O prédio onde fica o apartamento do Norman Osborn existe de verdade. (East 40th Street and 1st Avenue)
  • Ben, tio de Peter Parker, dá uma carona para ele até a New York Public Library (5th Avenue and 42nd Street)

No final do filme, a cena clássica no Bondinho para Roosevelt Island, que já escrevi no blog.

Entre outras locações ao longo do filme que fazem você se sentir em Nova York.

– Cena clássica no Roosevelt Island Tramway


 

Espero que vocês gostem da lista e mande sugestões para criar uma lista feita por vocês! Deixe sua mensagem para conversarmos.

🙂

Comentários do Facebook

Jornalista de formação e profissional de marketing com master pela ESPM de São Paulo. Criador e redator no blog Dicas Nova York, coleciona experiências e histórias marcantes não só em Nova York, sua cidade, mas também de leste a oeste dos Estados Unidos. O blog é uma paixão antiga e o espaço é utilizado para compartilhar informações e experiências na cidade, para que todos conheçam a Big Apple de um jeito diferente e descontraído.

Seja o primeiro a comentar